segunda-feira, 27 de abril de 2009

Segue a Democracia na América Latina...


A reeleição do Presidente do Equador, Rafael Correa, logo no primeiro turno, com 51% dos votos não deixa dúvida de que a América Latina vive um momento propício para a reafirmação das conquistas das suas populações marginalizadas, sempre dentro do espectro democrático...

É claro, que durante a sedimentação desse processo, muitos acidentes de percurso ocorrerão, uma vez que as elites conservadoras quase sempre não estão dispostas a aceitar as regras do jogo que eles mesmos impuseram...

Mas na ausência da bipolaridade presente nos tempos da guerra fria, e com os EEUU enredados em seus próprios problemas sócio-econômicos, e geopolíticos, que sempre assumem proporções gigantescas e globais, há uma oportunidade sui generis para que esses líderes conduzam seus países para um lugar de destaque nesse novo tabuleiro mundial, sem descuidarem dos interesses da maioria das suas populações, sempre marginalizadas e alheias a qualquer benefício das fases capitalistas durante séculos e séculos...

A crise econômica, que atingiu em cheio os centros do mercado financeiro, e as economias dos países que estavam mais próximas a ele, abre condições de repactuar a divisão internacional do trabalho em termos mais justos...

5 comentários:

Raskolnikov disse...

As democracias sulamericanas dão testemunho de seu vigor através do caráter plebiscitário do presidencialismo. Com a vigência do sufrágio universal "a vera" temos a rara oportunidade de conciliar a "vontade de todos" com a "vontade geral"!
Saudações rousseaunianas

Anônimo disse...

Caro Xacal, parabéns pelo blog; gostaria, por favor, de lhe fazer a seguinte pergunta:

"Por que o Roberto Morares defende eleições diretas para diretores das escolas municipais, mas quando se trata do IFF(CEFET) não mantém a mesma defesa democrática?"

Faço essa pergunta AQUI, porque no blog do citado, ele insiste em bloqueá-la.

P.S.: A minha pergunta apresenta alguma impropriedade(vulgaridade)?

Essa é a desculpa que o Roberto apresenta para não postá-la.

Tradução: eleições diretas no colégio dos outros é refresco.

Ou, se preferir: que saudades do Lenílson Chaves.

Obrigado!

Anônimo disse...

Esse Rafael Correa é um pau mandado do Hugo Chaves.
Esses povos latino americanos continuam fazendo muita merda! Não aprendem a votar nunca!

É brasileiro, venezuelano, argentino, equatoriano. Tudo a mesma Bosta!!!

Aprendam a votar suas bestas!! Não veem que estão sendo ludibriados por eses esquerdistas de merda??!!

Xacal disse...

Caro comentarista,

Pelo que sei, e creia, o que sei sobre a atual conjuntura do IFF é muito pouco para uma análise mais depurada, há um prazo institucional para que as unidades de ensino do governo federal, ao mudarem de status, concretizem seus processos eleitorais...

Isso aconteceu em todas as transições da Escola para Cefet, e agora para IFF...

Respeito sua opinião, e acredite, tenho muitas críticas a forma do grupo do IFF fazer política, e por aqui até já as expus(de forma não muito elegante, vocês se lembram)...

Mas algumas coisas devem ser esclarecidas:

Esse grupo que se originou com D'Ângelo, passou por Moraes, Luiz Augusto e agora tem na Cibele, os condutores da Instituição, nunca, eu disse NUNCA fez qualquer movimento de cercear as eleições ou qualquer outro processo democrático decisório...

As pessoas têm todo o direito de não concordar com os rumos, ou as decisões desse grupo, e para isso existem instâncias democráticas, como as eleições, para que a comunidade ifiana possa escolher qual a melhor proposta...

Não há dúvidas, que assim que as etapas de transição estejam cumpridas, a reitoria do IFF promoverá as eleições, para consolidar um trabalho, que críticas à parte, orgulha todos os campistas por termos uma escola como essa, fruto do esforço de todos os funcionários, professores, alunos, etc...

É preciso, enfim, que tomemos muito cuidado para que as cobranças de eleições no IFF não se misturem com a luta por eleições nas escolas estaduais e municipais...

Lembremo-nos: Já há eleições na ETFC, CEFET há anos, e nada indica que o rumo será mudado..e não é à toa que essa Instituição de Ensino é uma das melhores do Brasil...

Agora, já no caso da rede municipal e estadual de Ensino, a palavra democracia não passa de enfeite para cartaz de trabalho de OSPB...ou atual sociologia...!

Espero ter colaborado para dirimir suas dúvidas,

Um abraço...

Xacal disse...

Caro comentarista das 22:30 dia 27/04,

Concordo com você...

Quem sabe bush jr, e sua tropa de patetas "falcões neocons" não possam desembarcar aqui, e junto com os gênios como heráclito fortes, aleluia e o falecido ffhhcc, possam nos dar uma opção decente:

os demo-tucano-falcões...

Rogo a deus todos os dias para que esse dia chegue, e possamos enfim, substituirmos as eleições por um pool de pesquisas bancadas pelo PIG...

Aí sim, esse país vai para frente...!

Oxalá, oxalá...