segunda-feira, 13 de abril de 2009

Tem cara de pau, nariz grande, e mentiroso...

Na literatura infantil, há um personagem que reúne as características aí do título, e se chama pinóquio...

Nos esquemas simples, feitos para ensinar valores a crianças, pinóquio é o mentiroso contumaz, que atravessa suplícios e se redime no final, pelo arrependimento, pela coragem e pela verdade...

Como prêmio, torna-se humano, e vive feliz para sempre...

Na vida polítca de Campos dos G., onde tudo funciona às avessas...

Lugar onde terceirizados e contratados que nunca deveriam ter sido, se tornam mais importantes que servidores concursados...
Onde empresas que eram fantasmas voltam e reformar escolas na atual administração...
Onde o que era um real para todos, é só para os cadastrados no cartão-coleira...
E onde os vereadores do telhado de vidro, hoje são aliados imprescindíveis, o nosso personagem da lapa é um pinóquio de sinal trocado...

Aquilo que era esperança em 1989, nascido como um pequeno bom garoto, humano e fiel a princípios, virou uma figura bisonha, caricata e com os valores e jeito de pinóquio...

Só pode ser isso que justifica sua tamanha desfaçatez ao explicar o inexplicável: como é que o principal acusado de liderar um esquema de compra de votos, na localidade de Vila Nova, foi agraciado com o cargo de sub-secretário de Governo, uma secretaria "da cozinha do poder", ou "núcleo duro", como chamam os analistas especialistas...
Logo a secretaria onde habita rh(agar), o horrível, um dos "chamados" pilares morais dos cinqüentinhas da lapa...

Aqui um parêntese:
Será que rh(agar), o horrível de tudo sabia, e concordou...? Ou será que sua opinião e nada é a mesma coisa...?

Para ilustrar sua tese, o cinqüentinha da lapa diz que o placar eleitoral não favoreceu a sua marionete-esposa-prefeita, e portanto, não haveria como comprovar o esquema...

Pergunta-se, e se não comprassem os votos, a diferença não poderia ser mais dilatada em favor do arnaldo popozão, daí justamente a necessidade de montar o "esquema"...?

Ora, ora, ora...Corrijam-me os especialistas: mas o crime de compra de votos se consuma no aliciamento, e o resultado na urna é mero exaurimento, ou não...?

Por fim, o cinqüentinha da lapa diz que a diferença de votos entre a prefeita e o popozão foi de 22000...
Aí vai uma adaptação do adágio popular: de cinqüentinha em cinqüentinha, que a galinha enche o papo...!


7 comentários:

Raphael Scondin disse...

É muito simples e suponho que a Polícia Federal tenha dado atenção a alguns detalhes publicados na entrevista-denúncia da sra. Núbia à revista "Somos Assim".

1º) Núbia disse que a gerente de seu banco, ao notar o crescimento na movimentação da sua conta bancária, chamou-a para conversar. Dona Núbia teria explicado as razões e depois, para tranquilizar a gerente, a própria Núbia levou o Thiago Calil à agência bancária para explicar que o movimento bancário era por conta de "gastos" de campanha. Com certeza a gerente do banco deve ter sido ouvida pela PF.

2º) Núbia, ainda à "Somos Assim", disse que chegou procurar um figurão do PMDB em Campos (ela omitiu o nome), para se queixar sobre o calote que ela estava tomando. O figurão teria dito a ela que o dinheiro da "campanha" havia sido repassado ao sr. Thiago Calil e que, portanto, ela fosse se entender com o Thiago. Quem terá sido este figurão? Isso, por si só, confirmaria o esquema de compra de votos.

Para quem não sabe, a sra. Núbia integrava a equipe de campanha da prefeita Rosinha Garotinho e atuava ao lado do Thiago Calil. Ela emprestou a ele cartão de crédito e cheques assinados em branco, que foram usados em compra de materiais de construção, que foram distribuídos a moradores de Vila Nova. O calote levado por dona Núbia chegou a 25 mil reais. Foi cobrar a dívida, não recebeu, resolveu então jogar a merda no ventilador.

Resultado: Operação Cinquentinha.

Aos navegantes: Thiago Cali é subsecretário de Governo, atuando ao lado de Roberto Henriques. Legal, não?

Anônimo disse...

Z

Chinoca disse...

Estou adorando ler "A TROLHA". Começo a crer que aqui vou entender um pouco melhor o jogo/guerrilha do poder político de Campos.
É cruel saber que o vírus da corrupção contaminou a maioria das correntes partidárias e que poucos são os "homens/mulheres confiáveis”, mas ainda existem. Pena que são usados ou se deixam usar para dar uma “cara mais bonita” a algumas administrações que já estão podres mesmo antes de chegarem ao poder.
Mas pior do que a corrupção é a falta absoluta de competência administrativa (como é o caso da gestão da prefeita-marionete), ou seja, a incompetência de uma gestão pública coloca mais dinheiro no lixo do que nos bolsos dos corruptos e corruptores, pois não conseguem definir minimamente uma política pública que seja capaz de intervir nos graves problemas sociais da população. Acredito que a maioria dos políticos de Campos não sabe bem o que isto significa: gerir a coisa pública através de um conjunto ações articulada, com diretrizes e objetivos claros e alcançáveis.
Alguém já sonhou para Campos com uma gestão participativa? Com um orçamento participativo onde a população possa opinar e definir em que áreas devem ser destinadas os principais investimentos???!!!. Acho que pirei???!!!!! Ou será que é possível construir uma nova realidade na política local?
Se existe falta de um curso nesta cidade, "dita Universitária", é de Gestão Pública. Quem sabe a UENF não oferece este curso?
E se a sorte vira pro nosso lado e descobrimos numa sala de aula uma nova “raça de mandatários” competentes e honrados?

Anônimo disse...

Quanta sujeira!!!!!!!
Mas esse governo rosa, não era o da mudança????
Que vergonha!

Anônimo disse...

SÓ FALTA A PREFEITA FALAR QUE NÃO SABIA DE NADA!!!

Anônimo disse...

Chinoca, respondendo as suas perguntas.
Sim, alguém já pensou em gestão participativa. Esse alguém chama-se Professora Odete.

buscando a terceira via disse...

Querido Xacal,como um ilustre desconhecido e traidor pode ser o segundo nomeado para o governo da senhora da lapa,como aconteceu?Rh não indicou ou será que teve esta liberdade? afinal o safado do Marco soares aquele que conseguiu comprar no leilão uma fazenda de milhões é amigo do rh e também cargo de confiança do mesmo será q a senhora da lapa nada sabe,olha está dificil ficar nesta cidade de tantas ???,como viver sempre perguntando,vamos mudar ,vamos buscar um novo caminho e tirar estes patetas da lapa JÁ.Cade ODETE.?