domingo, 31 de maio de 2009

Invencível...até hoje...


O tenista espanhol, número um do raking da ATP, e favoritíssimo ao título no saibro de Roland-Garros, caiu hoje, nas oitavas-de-finais do torneio mais charmoso do circuito internacional de tênis, e que já imortalizou nosso herói Gustavo Guga Kuerten, tri-campeão no país dos brioches...


O sueco Robin Soderling bateu o até então tetracampeão, que há quatro anos não perdia uma partida no torneio...


Por 3 sets a 1(6-2, 6-7, 6-4 e 7-6) caiu por terra(literalmente) o desejo de Nadal em se consagrar como pentacampeão em Paris...

Fonte: El País, e Libération...
Foto:Libération...

Com as correções enviadas por Bruno Buexm.

Duelo de Titãs: LA Lakers e Orlando Magic...

Estão definidas as finais da North-American Basketball Association, NBA, onde se enfrentarão so dois campeões das conferências oeste e leste...

O Orlando Magic, quinteto do Estado da Flórida, venceram por 103 a 90 os Cleveland Cavaliers, e chegaram a sua segunda final da NBA...Em 1995, os mágicos de Orlando perderam a disputa para o time dos foguetes de Houston, ou Houston Rockets, por quatro jogos a zero, em uma melhor de sete jogos...

Assim, teremos de um lado Dwight Howard(pelos Magic) contra Kobe Bryant(Lakers)...

No retrospecto desse ano, os Magic de Orlando já derrotaram os Lakers, de LA, nos dois confrontos, tanto em Orlando(106-103, em 26/12) quanto em Los Angeles(103-109, em 16/01)...

Destaques da TrOLha de hoje...

O secretário-geral do Partido dos Trabalhadores, em seu blog Conversando(felixmanhaes-conversando.blogspot.com) demarca com sua verve militante e aguerrida(concorde-se ou não com os argumentos), seu campo de visão acerca da legenda do Presidente Lula, e suas intempéries na sua seção local...Vale conferir...e debater, se você quiser...

Já o blog Razão e Crítica, do sociólogo, professor e sofredor botafoguense, o boa praça Maycon Bezerra, (razaoecritica.blogspot.com)anuncia o lançamento do PSOL nas plagas lamacentas e planas...Mesmo que os companheiros da ultra-esquerda, às vezes, pareçam ter tomado "(p)SOL" demais na cabeça, é importante que siglas com viés ideológico nítido surjam e se fortaleçam, em nosso espectro partidário...A existência de partidos como o PSOL fortalece os avanços democráticos e a condução de governos populares, como o de Lula, uma vez que funcionam como "grilos falantes", ou seja: embora estejam parados no tempo, como relógios quebrados, marcam a hora certa duas vezes no dia...

Não é bem assim...

Que os jornalistas de coleira do o(r)di(n)ário cumpram seu (ridículo)papel de incensar seu dono, o napoleão da lapa, isso já é previsível...

Mas quem acompanha mais de perto o desenrolar da política, sabe que a pílula não é tão dourada como pretendem os jagunços da informação dos bugres da lapa...

Sua ida, de mala e cuia, para o quitinete PR, o quinto ou sexto "domicílio político" do napoleão da lapa, com a fiança do governo federal, não é um gesto de escolha do chefe dos patetas da lapa...Não lhe restou outra opção, senão migrar com seu espólio de votos, uma vez que no PMDB não haveria chance para seus manifestos desejos de retorno ao Palácio das Laranjeiras...

Enjeitado pelo demotucanato fluminense, o napoleão da lapa tratou de pedir "arrego" ao Governo Federal, o qual passou seis anos batendo, impiedosamente, e que agora, refresca nas críticas, ao sabor de suas conveniências e oportunismos...

Não há embaraços ao staff presidencial de Lula, em acolher mais esse ex-detrator, como fez com diversos outros...Afinal, o Governo está onde sempre esteve(para o bem ou para o mal)...Quem mudou as "cores" da "plumagem" foi mais essa ave de rapina, que esperava seu ocaso e apodrecimento, para então, roer-lhe as entranhas...Como o governo federal "vende saúde", o napoleão de rapina virou papagaio de PiRata...Cansou de esperar "pela carniça" do governo...

Resta saber como ficarão os parasitas que orbitam ao seu redor...Não custa lembrar que os parlamentares da sua "base" poderão ter as vagas para concorrer a reeleição de seus mandatos negadas, como é o caso do pudim de chuchu no PMDB...Como não há, até agora, nenhuma janela de transferência para permitir a troca de legenda sem perda de mandato, os asseclas do napoleão parecem ter ficado expostos ao sereno...

Mas pensando bem, todo castigo para eles, ainda é pouco...

Il TrOLha internazionale...The TrOlha world wide live...La trOLhá au monde...

Devastação...
A crise econômica mundial, bem como os escândalos associados aos desvios de verbas públicas para gastos pessoais, derrubam o partido Trabalhista do Primeiro-Ministro britânico Gordon Brown nas eleições européias, onde os cidadãos de cada país-membro escolhem os representantes para o Parlamento Comum Europeu...De acordo com uma pesquisa do The Times, o partido governista alcançará apenas 16%(ou 12 eurodeputados), contra 30% dos Conservadores(ou 28 eurodeputados), e 19%(ou 15 eurodeputados) do Partido da Independência do Reino Unido(UKIP, em inglês, de coloração nacionalista e anti-União Européia)...


Sexo, mentiras e religião(católica)...
"Si no podemos ser castos, al menos seamos cautos".... nas palavras de Geroge Bernanos, ou seja, se não somos castos, sejamos cuidadosos...A ironia define com tinta fresca e crua a hipocrisia da Igreja Católica, que finge ser possível manter as aparências, frente a uma onde de denúncias de abusos sexuais de toda ordem...É possível ir além, e enxergar ness atitude uma cumplicidade criminosa, que mantém sob o veú da hierarquia e odebiência a violação de direitos dos seus fiés...
Agora a Irlanda, país de fortíssima tradição católica, se encontra às voltas com mais de 1.000 depoimentos de abusos em 216 escolas, orfanatos e reformatórios mantidos sob a administração da igreja de Roma...Detalhe mórbido: Geralamente, as vítimas são meninos e meninas de localidades pobres, onde a carência econômica fornece a "argumento" necessário para a dominação e exploração sexual...


Sinais de fumaça...
Cuba remete aos EEUU uma nota diplomática, onde manifesta o interesse do governo de Havana em retomar as conversações sobre temas relativos a imigração, remessas postais, dentre outras questões...Desde 28 de abril, Cuba e os EEUU mantêm um diálogo informal, que agora foi formalizado...Esta semana, os EEUU levantaramm as restrições para viagem de familiares a Cuba, e a remessa de dólares a Ilha...O gesto foi entendido por Raúl Castro como "um gesto de boa vontade, demarcado pelo respeito a soberania e o sistema político e social vigentes em Cuba..."

Fonte: El País, The Independent.

sábado, 30 de maio de 2009

Sexo, dinheiro e poder...

Essa tríade move o mundo, e não se sabe qual alimenta qual, em uma relação de causa-efeito cujos limites são difíceis de mensurar...

O novo escândalo de Silvio Berlusconi, chefe de governo da Itália, barão da mídia e do entretetimento esportivo(é dono do Milan FC), é uma ode a essa tradição humana...

Já dissemos por aqui, e ratificamos: Causa-nos estranheza que o PIG local e nacional nada mencione sobre o assunto, uma vez que praticou esse esporte predileto, caçada a reputação, quando falou das peripécias da alcova da sacristia, do então bispo Fernando Lugo, hoje mandatário maior do Paraguai...

Desde já refutamos o apelo melodramático, e ou hipócrita, sobre a conduta e vida pessoal de cada um, ou suas escolhas e preferências...

O problema é quando autoridades da estirpe de Berlusconi, adeptos aos temas fascistas, pseudomoralistas, arraigados a um ideário que mistura o que há de pior no conservadorismo cristão com liberalismo econômico, praticam às escondidas, o que criticam em público...

O jornal El País noticia, hoje, em sua página eletrônica, que a polícia italiana apreendeu centenas de mídias com material gravado de festas de fim de ano, promovidas pelo Il Cavaliere, em sua casa na villa Certosa, Cerdeña...

A suspeita é que a festa excedeu os limites da inocente "troca de presentes"...Entre as várias menores presentes(cerca de 40), estava Noemi Letizia, affair do Cavaliere, pivô do seu recente divórcio com a segunda esposa, Veronica Lario...

Nosso PIG faz ouvidos moucos, na mesma medida que ignora a tentativa de terceiro mandato de Álaro Uribe, na vizinha Colômbia, enquanto cerra fileiras contra essa possibilidade por aqui, e contra o que chama de "eixo do mal": Lula, Correa, Chávez e Morales...

Como já sabemos:
Aos amigos: tudo...Aos inimigos: a Lei...
Aos amigos: boas novas ou a discrição conveniente...Aos inimigos: o furor das manchetes e o assassinato de reputação...!



Pensando bem...

" Eu não estou aí para semear ventos, eu prefiro que os outros colham as tempestades..."

Elis Regina, a "lilica", em entrevista no Programa Ensaio, TV Cultura/SP, 1973, com direção de Fernando Faro...

Deu LAKERS...


A Conferência Oeste da North-American Basketball Association, ou NBA, chegou ao seu fim...
O quinteto do Los Angeles Lakers, de Kobe Bryant, Pau Gasol(foto), dentre outros, venceu o Denver Nuggets, pelo placar de 119 a 92, e com isso, consignou a quarta vitória contra duas do time do Colorado...

Com isso, a série de jogos(melhor resultado entre sete) foi encerrada, e os Lakers alcançam sua 30ª final em 62 anos de NBA, dentre as quais, conquistaram 14 títulos...

Com 35 pontos, 06 rebotes e 10 assistências, Bryant mostrou que não está para brincadeiras, coroando a atuação do time, que teve coadjuvantes à altura da estrela principal, como o espanhol Gasol, com 20 pontos, 12 rebotes e 06 assistências...

O time parece disposto a esquecer a derrota do ano passado para o Boston Celtics, e confirmar sua história de hegemonia no esporte de baloncesto(como gostam os espanhóis), interrompida desde 2002, último campeonato conquistado, contra os New Jersey Jets...

Que venham as finais entre os LA Lakers, pelo oeste, que aguardam seu rival da conferência leste...


Fonte e foto: El País.

TrOLhadAs culturais...

Para quem já se esqueceu, ou quem não conhecia essa seção da TROlha, aí vai nossa dica de entretenimento para o fim de semana...

Para gostar de ler...
Quem não se lembra daquela coleção da Editora Ática, muito utilizada pelos nossos professores de português, lá nos idos dos anos 80 do século passado...
Foi ali, entre as coletâneas de crônicas de Drumond, Fernando Sabino, os contos-policiais de Marcos Rey, dentre outros, que nos aventurávamos pelas delícias do mundo das letras...Tudo como deveria ser, bem no início: linguagem leve, tramas simples, mistério, aventura, quase-gibi...

Eis que "viciado desde nas primeiras doses", nos aprofundamos, e buscamos "viagens mais pesadas"...

Entre a releitura que faço(de quando em vez) do Garcia Márquez, onde agora subo e desço o rio do Amor nos Tempos do Cólera, me encontro com os olhos pregados em um fantástico título que ganhei de presente do amigo Gustavo don cabezza Lopes: O Ministério do Silêncio, de Lucas Figueiredo, publicado pela editora Record, em 2005...

O livro traça um panorama minuncioso do Serviço, desde o nascimento até os dias do governo Lula, onde percorremos, guiados pela coragem, informação, pesquisa dedicada, todos os porões dos serviços de informação do Brasil, ou como gostam os especialistas: a comunidade da informação...

Ministério do Silêncio é fundamental para quem deseja entender uma boa parte das razões de um Estado(o nosso)criado e voltado para excluir aqueles para os quais deveria existir: seu povo...
O Serviço, aqui descrito com detalhes de autópsia, é um dos instrumentos utilizados e alimentados para dar sentido a essa nossa guerra particular...

Com a chegada de Lula ao poder, veio e continua o desafio da sociedade em lidar, conhecer e adequar esse setor sensível às novas demandas do poder, sob pena de que na omissão, podemos ser engolidos por ele...

"(...)
Um ditado muito apreciado por agentes do seviço secreto diz que a instituição não sabe multiplicar por menos um.(...)"

sexta-feira, 29 de maio de 2009

TrOlhada do leitor...

Bom, meu caro Hevilmar, aí está o seu comentário em destaque...Só um detalhe: o blog do Roberto Moraes tratou do tema, essa semana, no post, mas mesmo assim, reforçamos pela gravidade do tema: Pescadores reclamam da intervenção do grupo EBX/MMX/LLX...
Mas mesmo assim, reforçamos pela gravidade do tema...

É muito triste quando a censura prevacele.

O texto abaixo não consegue eco em nenhum meio de comunicação local. Será por quê?

Pescadores reclamam da intervenção do grupo EBX/MMX/LLX

Atendendo pedido de vários amigos, que são pescadores de Gargaú e tiram seu sustento do mar, escrevo para, se possível, possa dar publicidade através da Rede Blog, a uma calamidade que está ocorrendo em nossa região, que atinge diretamente não somente a estes trabalhadores, assim como aos demais pescadores que atuam na região marinha da costa dos municípios de Campos dos Goytacazes, São Francisco de Itabapoana e São João da Barra.

Como sabemos, a empresa MMX colocou em andamento um dos seus projetos mais ambiciosos, o Porto do Açu, que está sendo muito festejado por autoridades, imprensa e membros da comunidade. Nada tenho contra o progresso, e aos benefícios que este projeto possa estar trazendo para os municípios da região.

A reclamação é dos pescadores, a qual ninguém parece querer escutar. Afirmam que o material da dragagem que está sendo feita para aprofundar o leito do mar, aumentando a altura da lâmina d’água na área do porto, está sendo despejado em locais marcados em seus GPS’s, como corais onde efetuavam as pescarias de peruás, pargos, etc. Além do aterro que está sendo efetuado em uma longa extensão de corais, a “carga” lançada no mar pelo navio-draga, afugenta os peixes.

Segundo os pescadores, as sondas de seus barcos que localizavam os cardumes de peixe, hoje somente localizam “poeira” em suspensão na água. Trata-se de uma tragédia dupla: a ambiental, pois grande parte dos corais estão sendo soterrados em quilômetros de extensão, matando a vida marinha da nossa costa; e a humana, pois ao acabar com “pontos” de pesca de milhares de pescadores dos municípios citados, estão tirando o sustento destes trabalhadores, que já passam por necessidades.

A MMX ou LLX, tem feito palestras para os pescadores, na sua propaganda dos benefícios que está trazendo para a região. Dizem das compensações ambientais que estão fazendo, como doação de veículos, computadores e outros benefícios, para prefeitura(s). Dizem ainda, que não podem ajudar diretamente aos pescadores, pois somente fazem convênios com as prefeituras. Falta dizer como matar a fome e garantiro sustento desta gente e de suas famílias, pois se estão mandando recursos para prefeitura(s), estes nem de perto passam dos pescadores.

O pior é que estas tragédias poderiam ter sido evitadas, se antes a empresa tivesse feito contato com os pescadores e identificado os “pontos” pesqueiros (todos marcados em GPS’s), efetuando o despejo do aterro em locais mais distantes, onde os pescadores não atuam. Coisa de mais 20 km de mar, o que para a MMX, não representaria nada.

Quem quiser conferir esta história, basta ir a Gargaú e conversar com os pescadores. Para não relacionar uma lista imensa, podem procurar Carlinhos de Belinha, Gilmar, Gilberto, Lelé, Lauro, Venildo, Humberto, Cid; e quaisquer outros da localidade.
Grato pela atenção,
Hevilmar Carneiro Rangel.



Operação PACIFICAÇÃO...

foto: ururau.com.br

Ess é o nome da operação que se desenrola nesse momento, no bairro da Penha, e imediações, onde políciais civis da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, CRPI, policiais militares do 8º BPMERJ, Guarda Civil Municipal e agentes da Polícia Rodoviária Federal, em ação conjunta e integrada, "ocupam" as ruas da citada localidade, com atividade de prevenção, fiscalização e repressão de infrações e delitos de toda natureza...

De acordo com o delegado-coordenador da 4ª CRPI, Luís Maurício Armond Campos: "Trata-se da expansão de uma conceito utilizado na capital, como executação das orientações da política de segurnaça pública da Secretaria Estadual de Segurança Pública do RJ, do Ministério da Justiça, junto aos municípios, quer seja: Reprimir desde pequenas infrações associadas a trânsito e postura, por exemplo, aos crimes graves, como quadrilha, porte ilegal de armas, tráfico, roubo de veículos e de carga, etc, etc..."

Ainda nas palavras do coordenador: "é uma evolução a teoria de "choque de ordem", que é localizada e limitada pelo tempo, por uma atuação em ondas de ordem, que vão e vem, à medida que os índices de criminalidade crescem, ou migram para outros locais, em virtude da repressão do Estado..."

A operação PACIFICAÇÃO é acompanhada pelo Ministério Público Estadual, como forma de legitimar, fiscalizar e garantir uma ação policial do Estado, sempre dentro da legalidade, o que reforça a idéia de pacificação pela confiança e aproximação da comunidade com os agentes da Lei...

Mais tarde daremos os resultados da Operação...Aguardem...


Atualização do SITE: ururau.com.br(fotos, ururau.com.br)...

Uma ação em conjunto da polícia no bairro da Penha, em Campos, teve início às 7h desta sexta-feira (29/05) com homens das polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal, Guarda Civil Municipal e o Ministério Público Estadual (MPE). Um carro EcoSport, de placa LSC-1288 (preto) foi apreendido em uma residência. Depois de vasculhar oficinas e chegarem a residências suspeitas, os policiais encontraram uma kombi, de placa AIH-7638 – Campos dos Goytacazes, com o motor roubado. O veículo foi rebocado.

Com esta apreensão os policiais foram informados que em uma agência de carro, localizada na Avenida Felipe Uébe, haveria mais carros em condições suspeitas. Ao chegarem no local, os policiais iniciaram as averiguações e já encontraram um Gol, de placa KMU-6693, com adulterações no chassi. Todos os veículos desta agência estão sendo avaliados. 

A polícia segue trabalhando em outros pontos da cidade e afirmam que será um trabalho contínuo para coibir as práticas irregulares como o tráfico de drogas em pontos estratégicos.

HOMEM SE DIZ PREJUDICADO PELA AGÊNCIA
Marcelo Rangel de Almeida, 41 anos, tomou conhecimento que a polícia estaria na agência e foi até o local dizendo-se prejudicado por ter comprado uma Sprinter e tendo sérios problemas com o negócio efetuado.

“Eu tinha uma Besta 89 e vi aqui a Sprinter que eu queria comprar para fazer meu trabalho de transporte escolar. Fiz o investimento alto e acabei prejudicado. O carro estava financiado em nome de um e o DUT (documento único de trânsito) preso em nome de outro. Meu carro foi pego pelo DETRO, tive um prejuízo de R$ 12 mil para retirar do depósito em Itaperuna, e no Rio, fui informado que existia restrição judicial e o DUT estava lavrado. Quando vim falar com o Ronaldo, dono da agência, ele mandou procurar a justiça”, declarou Marcelo, pai de três filhos e que alegou estar tendo prejuízos por não poder trabalhar desde o mês de fevereiro, quando o carro foi apreendido. Marcelo declarou ainda que seguirá as instruções dos policias e irá dar parte na polícia do fato."


Contra a CENSURA...

Onde e contra quem ela se manifeste...

Que o napoleão da lapa não é um político afeito aos princípios democráticos todos sabem...Que o napoleão da lapa pratica o que critica, também sabemos...

Mas denunciar seus erros, não nos dá o direito de repetí-los...

É um grave erro, um retrocesso para a Democracia a decisão judicial de retirar do ar o blog com o "movimento" volta napoleão...

No seu "exílio da ilha de Santa Helena", onde com certeza morrerá intoxicado pelo próprio veneno que destila, o napoleão da lapa reclama, e desta vez, com razão...

Leia lá os argumentos do napô, e tire você suas conclusões...

A liberdade de expressão



TrolHa em destaque...

Hoje, o blog do Fábio(fabiosiqueira.blogspot.com) traz mais uma discussão importante, tanto pelo conteúdo em si, ou seja, a administração pública, servidores, etc, bem como por sua abordagem, que destoa dos lugares-comuns imbecilizantes praticados pela mídia PIG...Vale conferir e discutir...

Já o blog do Ricardo André, Eu penso que...(ricandrevasconcelos.blogspot.com)acerta em cheio com os posts GENI e CAMPOS E PIAUÍ, duas publicações que têm temas distintos, mas que se conectam em sentido amplo, ou seja, a propaganda como ferramenta de manipulação e distorção da ação política, a realpolitk...

Na outra ponta de nossa ronda virtual, está o Cléber Tinoco, com seu Campos em Debate(clebertinoco.blogspot.com), com mais um assunto de nosso interesse, sempre com o viés jurídico, mas sem abrir mão da linguagem de fácil acesso, e enfim, da democratização do acesso a informação de um tema tão caro e distante de nós: nossos direitos...e deveres...

O governo dos mil patetas, muita maldade, e nenhuma eficiência...

Eis que nossos informantes na sede do governo dos mil patetas continuam a nos fornecer "munição"...

Lógico que na TROLha todos nós sabemos, que esse "vazamento" se presta a minar adversários na luta pela hegemonia no governo, a partir do domínio de seus setores estratégicos...

Mas a informação nos revela o modus operandi dos patetas da lapa, e desnuda os motivos, além da incompetência "endêmica e genética", propriamente dita, que levam essa cidade parecer uma grande cabeça-de-burro, enterrada na lama da planície...

Por isso, mesmo que saibamos que tais "torpedos" são "fogo amigo", nada descrendencia e retira relevância dos seus conteúdos explosivos...

Dito isso, vamos a mais um exemplo de como funcionam(?)as intrigas palacianas que imobilizam a administração local, e mobilizam a nós, a oposição...

Na secretaria de ação social, aquela mesma que tem a responsabilidade de executar as políticas públicas de assistência social, corre pelos corredores a notícia de que uma guerra particular é travada entre a titular da pasta, Joilza, e sua subsecretária, que vem a ser esposa do vereador papinha...

Consta que Joilza é da cota de Kelinho, e nessa condição, esvazia como pode o trabalho da subsecretária, que estaria a "pão e água", o que teria remetido a esposa do papinha a Idade da Pedra Lascada, sem computador, ou sequer uma máquina de escrever...

Longe de entrarmos no mérito dessas disputas, ou assumir a defesa de qualquer um dos lados, até porque, em nossa modesta opinião, eles se merecem,  fica evidente a falta de liderança e articulação da prefeita-marionete e seus auxiliares mais próximos, em "enquadrar" as "diferenças", a fim  de que se cumpram os seus objetivos(se é que eles tem algum, além de eleger o napoleão da lapa)...

A imagem que nos vem é um barco com vários ocupantes, cada qual com remando para um lado diferente...


Campos LUZ, câm(A)ra e (ENGAN)ação...

O sempre bem informado Ricardo André, em seu blog Eu penso que...(ricandrevasconcelos.blogspot.com) já deu a dica, no post GENI...

Parece que o roteiro que o "papinha benigni" escreveu pode ser definido assim: "a pizza está no papo"...

Muitos "efeitos especiais", cenografia, e propaganda para desviar o foco dos bastidores dessa "produção" encomenadada...

Se olharmos com cuidado, veremos que alguns vereadores que posam de "mocinhos" nessa fita, bem poderiam estrelar na condição de "vilões"...

Ao que tudo indica, essa confusão de papéis serve ao corporativismo da casa do telhado de vidro, em preservar a "imagem" dos seus "canastrões"...




quinta-feira, 28 de maio de 2009

DIVERSAX no Orfeão Santa Cecília...

O blogueiro Gustavo Rangel, lá do sociadadeblog.blogspot.com, anuncia a boa nova...


TEMPORADA DE 2009 COMEÇA COM RECITAL DE SAXOFONES

A próxima promoção do Orfeão de Santa Cecília traz a Campos um inusitado grupo musical, composto exclusivamente de saxofones (soprano, contralto, tenor e barítono): é o QUARTETO DIVERSAX, que tem três músicos campistas e mais um friburguense em sua formação – Dalton Freire, Osvaldo Lessa, Ademir Gomes e Aurimar Donato. Criado para difundir ao mesmo tempo as múltiplas possibilidades dos saxofones e o vigor da música instrumental em nosso país, o DIVERSAX mostrará, no próximo dia 29 de maio às 20 horas, no Salão Nobre da Santa Casa de Misericórdia, grandes sucessos populares e eruditos, além de três peças de autores campistas, dando prosseguimento ao Projeto Resgate da memória sonora de Campos, iniciado ano passado. A promoção do Orfeão de Santa Cecília (no aniversário de 60 anos da Sociedade civil, completados em 2009) tem o apoio cultural da Casa de Cultura Villa Maria da UENF e da Santa Casa de Misericórdia de Campos. A entrada é franca.

nosso site: www.orfeao.org.br

Pensando bem...

"Assessorias de imprensas são como cavalos...Desde o ínicío, você tem que "montá-las", manter o "cabresto curto" e dizer quem é que manda...."

Xacal Kissinger, ex-secretário de estado dos Estados Unidos da TROLha...

Conferência Municipal de Segurança Pública: Ecos e impressões...

Quem fosse hoje ao auditório Cristina Bastos, no IFF/Campus-Centro, teria a impressão de que a sociedade campista está mobilizada em participar desse inédito, e relevante episódio da história política e da gestão pública do Estado em nosso país...

Afinal, após anos onde a mobilização popular foi brutalmente reprimida pelo aparato policialesco do Estado, com total ausência de debate democrático durante os anos de chumbo, não é pouca coisa termos a possibilidade de instaurar uma discussão nacional, ampla a capilarizada sobre Segurança Pública...

O auditório estava repleto, e isso é em si um bom sinal...Mas não é só isso...

O problema é a inabilidade, e ou incapacidade do governo dos mil patetas em participar de qualquer instância de disputa política, sem querer "aparelhá-la", ou em outras palavras, tomar para si a primazia da direção dos rumos de movimentos que deveriam ser autônomos, porém não impermeáveis, a ação dos governos...

Fica no ar a dúvida de que o público é "claque de encomenda", recrutada entre DAS, e outras modalidades de servidores, e colaboradores de coleira...

O emblema dessa política de "correia de transmissão", que sufoca, ou coopta os movimentos sociais, teve um raro momento de desnudamento na abertura da Conferência...

O representante da comunidade, chamado ao púlpito para inaugurar os trabalhos, recusou-se a ler um discurso pronto e que lhe seria empurrado goela abaixo pelo coordenador muncipal de segurança, pascoutto, o guarda-costas da madame...

Constrangimento geral, e risos amarelos na mesa do evento, quando ficou clara a relação espúria que o governo dos mil patetas mantém com os movimentos sociais...

Repetimos aqui: Não há problemas na tentativa dos governos em influenciar as linhas de uma Conferência que, em última instância, definirá políticas que serão incorporadas e praticadas pelos Municípios, Estados e União...O problema é quando governos como os mil patetas tentam fazer das suas "verdades" razões de Estado...

Enfim, é por essa e outras razões, que tudo o que fazem é encarado sob o signo da ilegitimidade e da falta de credibilidade...


O IFF entre folhas de embrulhar peixe podre e assessorias que imprensam......

Dessa pseudo-celeuma provocada pelos interesses escusos de um grupo econômico que vende folhas para embrulhar peixes podres, e pelo seu desespero em encarar o real tamanho de sua irrelavância e incapacidade em auferir credibilidade as tentativas de posar como porta-voz de oposição das forças políticas que, hoje, dominam a cidade, ficaram algumas lições...

Já sabemos o quanto é pernicioso para a Democracia quando jornais assumem uma postura parecida com a da folha de embrulhar peixe podre no episódio...

O episódio serviu para colorir em tintas dramáticas, o que já sabíamos: a folha de embrulhar peixe podre é um veneno para a liberdade de expressão...

Bom, esse fato não elide certas críticas ao grupo que hoje administra com maestria os destinos de transformação do CEFET em IFF, e da conseqüente ampliação da estrutura em níveis jamais sonhados por essa região, como resultado da política do Governo Lula para o setor...

Sabemos todos, e os gestores do IFF também, que anos de exposição da administração e das suas injunções políticas inerentes a esse processo, desgastam as relações de grupo, e fazem surgir arestas afiadas nas relações institucionais e pessoais...

Na verdade, em parte, a incapacidade de certos integrantes desse grupo, em enxergar a relevância de seu papel, tanto para a comunidade interna, mas principalmente para a sociedade em geral, cliente e admiradora da excelência do Instituto, fez com que aprofundasse ao longo do tempo um autocentrismo impremeável, que de certa forma, os protegeu e consolidou as bases de projetos bem sucedidos, mas que agora, mostram-se ineficazes e incapazes de atender as demandas políticas que o IFF terá que enfrentar, como acontece com outras instituições, cujos processos políticos e administrativos são, felizmente, alvo da atenção a apropriação de toda a comunidade onde se encontram...

Ironicamente, os iffianos são acusados de praticar algo que lhes é estranho, ou seja, eles sabem pouco como fazer política para a comunidade externa, e seria ótimo que o fizessem, pela experiência altamente positiva em gestão e Democracia que construíram...

Com certeza, essa cidade estaria bem melhor se boa parte dos iffianos figurassem como quadros políticos e de gestão desse município encravado na lama...

É podre e ruim o "peixe" embrulhado pela folha, porque tenta desqualficar os iffianos pelo que eles poderiam ter de melhor: servir a cidade com sua vivência no IFF...

Esse não é o desafio pretendido por todos que fazem Educação de boa-fé...? Integrar escola X comunidade...? Essa integração pressupõe intervenção, e isso significa disputar poder com vários atores...

Um dos aspectos dessa "insegurança" dos iifianos em descobrir o tom certo, na defesa de seus postulados e posições, tanto enquanto grupo, tanto quanto representantes formais da instituição foi a relação dúbia com a mídia virtual, que se não ousaremos chamar de leviana(esse não é o tom), podemos sim denominá-la de vacilante e quem sabe, se adotarmos mais rigor na análise: covarde...

É certo que a "novidade" representada pelos blogs, que tem, por coincidência em um dos envolvidos, o professor Roberto Moraes, um de seus expoentes dessa forma de comunicação, assusta e repele as assessorias de imprensa "viciadas" em repercutir suas demandas em meios tradicionais...

Mas não queremos crer que tal postura nos revele uma prática oportunista, quando essas mesmas assessorias querem utilizar a velocidade, capilaridade e interatividade proporcionada pela blogosfera para algunas temas, como a divulgação das ótimas ações do IFF, e pretenda isolar esses mesmos blogs do debate institucional, como se pretendessem "dar conta" de seus laços, ou pretensões empregatícias junto aos donos da mídia local...

Pode ser também uma tentativa corporativista e de auto-preservação da sua legitimidade e relevância frente a um ambiente(a blogosfera e a internet) ao qual, em Campos dos G., estão à margem e patinam em projetos infrutíferos...

Quem sabe seja tudo isso, e mais um pouco...?

Mas dessa confusão, ficou a impressão que o excesso de cuidado e zelo com a "imagem" da Professora Cibele, o que é louvável, a deixou encastelada na cidadela da falta de autoridade e autonomia para impor sua direção no processo...

Lembremo-nos sempre...mídia=meio...e não fim em si mesma...

Não pode o IFF ficar aprisionado entre o "apetite golpista e econômico" dos folhas, e da incompetência de sua assessoria que imprensa...!

Destaque da TrOLha de hoje...

Está lá no blog Campos em Debate, do Cléber Tinoco, nosso mais ilustre jurisconsulto da blogosfera(clebertinoco.blogspot.com)...

O tema que ele aborda hoje é o gasto público municipal com publicidade...

O texto do Cleber é sempre preciso, embasado por forte fundamentação jurídica...Vale a pena conferir...

Pensando bem: "a propaganda é o corpo e alma dos negócios dos mil patetas"...

Educação e violência...

A desagregação do processo educacional público brasileiro, que se expressa através de todos os males que já conhecemos: professores mal-pagos e desmotivados(que são aspectos distintos de um mesmo tema); falta de estrutura materail, defasagem e insufuciência curricular, etc, etc...tornou a Escola Pública brasileira um alvo fácil de escalada de criminalidade violenta, e outros distúrbios comportamentais associados a vida em grupo...

A banalização da violência repercute de forma perversa no microuniverso frágil das comunidades escolares, onde há um dilema, aparentemente insolúvel, representado pela necessidade de incluir aqueles que já são excluídos, simplesmente e inicialmente, pelo fato de estarem sentados ali, em um bacno de Escola Pública...

Nesse microcosmo que tende "naturalmente ao caos", a entrada de ingredientes de brutalização e opressão das relações institucionais e interpessoais, transforma Escolas em "barris de pólvora, ou bombas-relógio"...

Esse não é um fenômeno brasileiro, nem adistrito aos países em desenvolvimento, como gostam de crer os que associam carência ecômica como causa única da infração a Lei...

Os jornais franceses Liberation a Le Figaro anunciam hoje que o governo francês, do presidente Sarkozy, baixou normas que endurecerão a repressão dentro das escolas, bem como autorizará aos diretores e gestores das escolas a adotarem, caso a caso, medidas de prevenção, como portais detectores de metais, revistas em mochilas, conforme o índice de incidência verificado em relatórios perenes...

Na outra ponta, o governo oferece também um agravamento das penas dos crimes (antes eram considerados infrações, como as nossa contravenções penais), praticados por estudantes em ambiente escolar, ou em seus arredores, contra servidores ou estudantes...

Pode-se questionar a natureza e o alcance das medidas, mas todos nós parecemos concordar que, tanto lá, como por aqui, medidas urgentes são necessárias, para que o Estado recupere esse espaço...

O desafio, da sociedade francesa, como qualquer outra que viva sob o regime democrático de Estado de Direito, é equilirar tais medidas com uma prevenção que atinja não só os fatos violentos, mas as motivações que os antecedem, bem como, evitar que tais "regimes duros" sirvam para aumentar estigmas e exclusões com viés classista...

Direitos e deveres...

A existência de um direito, pressupõe uma obrigação, cuja prestação pode ser da responsabilidade do titular desse direito, ou daqueles contra os quais esse direito se opõe...

Ou seja, se temos o direito a informação sobre ações governamentais, essa prestação de contas não poderia ser um favor, e sim, obrigação, sempre exercida em todos os meios disponíveis...

O companheiro do blog outroscampos.blogspot.com, George Gomes Coutinho, nos envia mensagem, pelo correio eletrônico, onde nos avisa que o Governo Lula deixa mais um legado que consolida a República...

A partir de hoje, os órgãos públicos deverão divulgar em meios eletrônicos(internet)a prestação de contas, bem como os atos relacionados a compras e contratos governamentais...

Mais uma vez, o governo dos mil patetas é atropelado pelos fatos, e perde outra oportunidade de validar suas promessas de campanha, que agora, nesse caso, terá que ser cumprida por força de Lei...

Obrigado, Walnize...

Eis que nos honra a atenção e carinho dispensados pela poetisa e escritora, cuja a arte de lapidar palavras está impresso no DNA...

Salve Walnize, que justifica a descendência do nosso saudoso Waldir de Carvalho...

Leiam o comentário enviado ao nosso correio eletrônico, sobre o post da Elis...

Elis
Caixa de entradaX

Walnize Carvalho

 para mim
mostrar detalhes 15:42 (8 horas atrás)
Responder
Acompanhar mensagem
Caro Xacal,
Seu post sobre Elis, antecipado de puro conhecimento e entendimento
sobre mitos,calou-me bem fundo.
Fui buscar este poema dito por ela em sua última apresentação em
público ( show "Trem Azul" - outubro/81). É de autoria de Fernando
Faro: "Agora o braço não é mais o braço erguido num grito de gol.
Agora o braço é uma linha, um traço, um rastro espelhado e brilhante.
E todas as figuras são assim: desenhos de luz, agrupamentos de pontos,
de partículas, um quadro de impulsos, um processamento de sinais. E
assim - dizem -
recontam a vida. Agora retiram de mim a cobertura de carncarne,
escorrem todo o sangue, afinam os ossos em fios luminosos e aí, estou,
pelo salão, pelas casas, pelas cidades, parecida comigo. Um rascunho.
Uma forma luminosa feita de luz e sombra. Como uma estrela. Agora eu
sou uma estrela."

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Populismo, imagens e stalinismo...


Com o advento da utilização das imagens fotográficas, como veículo de propaganda para a ação política, que, de certa forma, popularizou um conceito inaugurado com o mecenato praticado pela nobreza, e outras elites, junto aos grandes pintores dos períodos compreendidos como Idade Média e  Idade Moderna, como "retratistas do cotidiano do poder", surgiu a possibilidade de melhor manipulação da mémoria e das mensagens que os poderosos querem fixar no imaginário popular...

Vejam vocês que um dos ícones, e precursores da idéia de "editar" imagens, a serviço dos seus propósitos expurgatórios, e em outros casos, na unção de aliados, se revela em Stálin, o homem-da-vontade-de-ferro, líder da ex-URSS...

Aqui, em nossas plagas lamacentas e planas, onde reinam os patetas da lapa, ou bugrs do napoleão, a prática de exprimir seu descontentamento com alguns, premiar e legitimar outros, e dizer, nas entrelinhas, a que se prestam suas ações administrativas, pode ser entendida com a "leitura" dessa imagem, produzida pela SECOM do governo dos mil patetas...

Nada aqui é casual, embora esse seja o tom pretendido...

A presença do prócer da mais conservadora e retrógada Igreja Católica, representada pelo discípulo de Bento, e herdeiro do integralismo-religioso te-efe-pista de plínio salgado, dom ryffan, é uma sinalização de suposta "neutralidade", à direita, como forma de consagrar o "pluralismo" religioso do casal da lapa, confessadamente evangélico...
Na tentativa de posar de tolerantes, atropelam o laicismo do Estado, e vinculam ação social, supostamente pretendida com o cheque-coleira-cidadão com religião...A presença do bispo, abre posibilidade de defesa da presença dos seus obreiros em futuras ações...

A presença na mesa do staff, conhecido como núcleo duro dos patetas, quer mostrar coesão...

Mas comete um pecado mortal: a secretária Joilza, titular da pasta que tem a responsabilidade em formular e executar as polpíticas públicas ali anunciadas, não aparece na foto...

A imagem do dono da SECOM, o competente Mauro Silva, finalmente, demonstra que "propaganda é a alma no negócio das almas"...

Stálin ficaria envaidecido com a homenagem prestada, na medida que até hoje, seus métodos são tão caros ao exercício da política...




TROLhada do leitor(a)....

Leia aí o recado da professora Luciana, e tire, você mesmo, suas conclusões...

Autoritarismo contra professor da rede municipal
Caixa de entradaX

luciana gonçalves de oliveira

 para mim
mostrar detalhes 23:22 (13 horas atrás)
Responder
Acompanhar mensagem
Olá Xacal, aqui é Luciana, sou professora da rede municipal, venho através desse e-mail fazer um desabafo de indignação de uma situação absurda e real em que fui submetida hoje. Tudo prova da ilusão política de valorização profissional.
A tão falada Avaliação Externa da rede pública municipal de educação de Campos, acompanhada do rótulo de diagnóstico, venha submersa em sua falta de clareza em relação aos critérios. O fato é que a E.M. Marlene Henriques Alves, no Jardim Aeroporto, onde seriam aplicadas tais avaliações no dia 22 de maio de 2009 para as turmas de 3° e 5° ano, aguardou a equipe responsável pela aplicação das mesmas no dia e horário estabelecidos pela SMEC. No entanto, a equipe não compareceu no turno da manhã, onde seriam avaliados alunos do 3° ano, turma 3A101. Na segunda-feira, dia 25 de maio de 2009, a equipe chega à escola, não encontrando o número desejado de alunos da turma em questão, sugere então, que sejam avaliados alunos da turma 3A102, sob minha responsabilidade, nesse momento fui perguntada sobre qual seria minha opinião, se concordaria ou não já que não seria a minha turma contemplada. Minha resposta foi que não concordava, pois na minha opinião não seria justo, uma vez que meus alunos não haviam sido preparados para utilizarem o cartão resposta. Fui informada pela representante da SMEC, que deveríamos, todos, trabalharmos com atividades para este fim. Ressaltei a dificuldade que há em elaborar esse tipo de atividade, pois faltam materiais, nem mimeógrafo que funcione há na ecola e que as avaliações bimestrais foram custeadas pelos professores. Obtive como reposta que anos atrás os alunos eram alfabetizados com "papel de pão".
E que nós professores deveríamos parar de reclamar e não usar a falta de materiais como desculpa. A unidade com amis de 500 alunos, segundo o que me foi informado, estava sem pedagoga até o dia de ontem, 25/05/2009, depois nós é quem reclamamos demais.
Hoje, dia 26 de maio de 2009, por volta das 9 horas da manhã, fui surpreendida com a equipe que aplica as avaliações adentrando minha sala e comunicando aos alunos que eles fariam uma atividade que representaria os alunos do município. Parecia até que não havia professora na sala. Não fui comunicada! Não ouvi um bom dia, ou com licença, coisas do gênero de pessoas educadas.
Sem entender o que estava acontecendo, fui pedir esclarecimentos à diretora, quando cheguei à sala da orientação pedagógica fui atendida por outra pessoa que também fazia parte da equipe da SMEC. Perguntei, então, qual era o motivo da entrada em minha sala; fui informada de que naquele momento meus alunos estariam sendo avaliados. Perguntei o motivo pelo qual houve essa mudança, já que a turma que seria, até então, avaliada estava em sua maioria presente, enquanto que a minha de um total de 29 alunos estavam presentes 18. Como resposta ouvi que eram ordens da secretaria, as coisas estariam tomando esse rumo devido ao registro que eu fiz no livro de ocorrência da escola no dia anterior sobre o fato ocorrido e os motivos da minha discordância. Disse que senti-me desrespeitada por não ter sido comunicada, fui "informada" que não há nada que determine que o professor seja informado sobre a avaliação que será aplicada aos seus alunos! Absurdo!!! Fato desmentido pela própria diretora, que informou que a SMEC mandou material de apoio para preparar as turmas que seriam avaliadas, material esse que nunca chegou as minhas mão já que minha turma não seria contemplada. Ao sentir um autoritarismo, liguei para o SEPE (Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação), onde prontamente fui atendida e alguns minutos depois, um dos diretores, apresentou- se na unidade. A maior de todas as contradições, que inclusive foi muito bem questionada pelo representante do SEPE, foi o fato de estar publicado no site oficial do município a data de 25 de maio de 2009 para o término das avaliações externas. E o mais ilário, o tema da produção de texto dos alunos, era um pedido para que estes descrevessem seu professor!!! Com que objetivo se pede que uma criança descreva seu professor? Teria sido a minha turma a única "contemplada" com a avaliações externa no dia 26 de maio de 2009?
Hoje também foram registrados os fatos no livro de ocorrência da unidade escolar, assinado por mim e pelo representante do SEPE.
Estudei no tempo em que professor era respeitado e antes de entrarem na sala, batiam na porta e pediam licença, educa-se também pelo exemplo, ou acham que os alunos são alienados e não enxergaram o que aconteceu hoje? Sou da época em que professor era alguém de valor, mas não fui alfabetizada e nem escrevi em papel de pão, e olha que a prefeitura na minha época de estudante a prefeitura não tinha a arrecadação que tem hoje.

Obriaga pela atenção, se for conveniente, publique minha indignação em seu blog.
 Ass: Professora Luciana

O bom e velho "aparelho"...

Para quem não sabe, porque esteve "adormecido" pela manipulação ideológica dos anos de chumbo, pós-64, porque não quis, ou até mesmo, porque nem havia nascido, ao termo "aparelho" nasceu como designação que os militantes clandestinos da resistência de esquerda, aos arbítrios praticados em nome, e pelo aparato repressor do Estado, davam aos locais onde se reuniam e articulavam suas táticas e estratégias, ora planejando/executando ações, ora se escondendo mesmo...

Com o tempo, e a redemocratização, o termo foi apropriado pelo debate político mais amplo, e seu significado transformou-se, sem no enttanto, abandonar a conotação utilitarista de outrora...

Assim "aparelhos" são as entidades civis organizadas, e instituições públicas e, ou privadas que eram ocupadas por miltantes políticos, para ali imporem ao conjunto das comunidades ora representadas, todo o ideário político dos grupos aos quais se filiavam, e que eram esógenos a essas estruturas de representatividade de categorias sindicais, associações, clubes, etc... 

Em outras palavras: cabia a esses militantes "aparelhar" suas entidades de classe, para transformá-las em "correias de transmissão" da sua ideologia partidária, às vezes, à revelia dos seus pares nesses movimentos setorizados...

O desafio da militância de esquerda digna sempre foi equilibrar sua ação política partidária, sem contaminar suas entidades de classe, uma vez que são instâncias distintas de ação política, e ambas relevantes, desde que respeitados esses limites...

Qual não foi nossa surpresa, hoje, após a ronda virtual pela blogosfera, nos depararmos com um bom texto no blog do Fábio, o qual reprozimos aqui...

"Em entrevista à Folha da Manhã no último dia 10 o professor Paulo César Marques, presidente do SINASEFE, denunciou uma suposta "utilização política" do IFF (ex-CEFET Campos) "para fins partidários".
Esse blogueiro, tão idiota quanto o Eremildo do Elio Gaspari, não entendeu quando soube que a festa de lançamento do PSol na cidade - com a presença dos parlamentares Chico Alencar e Marcelo Freixo - vai ter lugar no sindicato por ele presidido!
O blog saúda a organização da legenda na cidade, liderada por respeitáveis militantes como Erik Schunk e Maycon Bezerra. Mas será que o universo dos filiados ao SINASEFE aprovaria a utilização de sua sede para fins políticos partidários?
Deixo claro aqui que não sou por princípio contrário à utilização de um espaço sindical para eventos desta natureza, mas no caso de quem criminaliza a militância partidária e produz hilações levianas a sobre a conduta de terceiros essa liberalidade não me parece muito coerente.

É estranho que o sindicalista em questão, sr Paulo Cesar Marques tenha ocupado, nos últimos dias, as páginas da folha de embrulhar peixe podre, para denunciar uma suposto "aparelhamento" do IFF, instituição a qual está vinculado, na condição de representante dos servidores daquele Instituto, e agora, como que por "encanto", repita as práticas contra as quais bradou no hebdomadário...

Descortina-se assim, a voz da incoerência, a serviço da voz do patrão da mídia, em uma estranha relação de "aparelhamento", deveras inédita: mídia-sindicato-partido...!

Ou nas palavras mais ácidas de alguns: um triste papel de boneco de ventríloquo, sentado no colo, e a serviço dos "supostos" donos do quarto poder local...

Reiteramos, e fazemos nossas as palavras do blog do Fábio, na defesa da livre expressão, e da livre ação política dos militantes do PSOL, onde quer que seja...O problema aqui são as tintas e o roteiro canastrão com que inauguram sua história...

Definitivamente, o PSOL,  e seus valorosos companheiros já citados no texto do prof.Fábio, não mereciam um "cartão de visitas" como esse...

Pensando bem: diga-me com quem folhas e te direi quem és... 

Para além dos estereótipos...Aos nossos mitos e heróis, nossa devoção...!...


Desde a Antiguidade, a idéia humana da criação de mitos, atende sua necessidade de referenciar fenômenos os quais desconhece a natureza...

Dessas representações, a que nos chegou com mais força foi a mitologia grega, e por vários e óbvios motivos, a saber: A Grécia é considerada um dos berços do pensamento ocidental, embora não o único, e porque a tradição religiosa cristã, e outros monoteísmos, bebem na fonte grega para sistematizar suas denominações e dogmas, a partir da livre apropriação de conceitos consagrados pelos gregos...o mais importante deles: a humanização dos deuses...

Assim, a idéia de personificar as divindades, santos, anjos, e todas as outra formas de materialização dos entes espirituais é de forte influência grega...No entanto, como as religiões são sistemas muito mais complexos que a adoração dos deuses do Olimpo, e como tais, elas (as religiões) sejam inerentes ao processo de diversificação das redes sociais de interação humana, e que de certa forma,  se servem e serviam a normatizar condutas e comportamentos, para auxílio e exercício de alguma forma de poder temporal, foi necessário abandonar o viés da imperfeição que caracterizava a humanização grega de suas divindades...

Ou seja, a infalibilidade de deus, materializado em seu filho e seus apóstolos (na denominação monoteísta cristã)se adequava a idéia de uma Igreja hieraraquizada fortemente, e destinada a mediar conflitos em sociedades que já nasciam sob o signo das desigualdades...Junto a purgação dos "pecados" pela expiação da culpa no sofrimento e dor...

Eis que esses conceitos de heroísmo construiram boa parte da sustentação filosófica de várias culturas, e mais tarde, sua antítese, o anti-heroísmo também foi largamente utilizado em outros setores, com objetivos determinados...Não é a toa que o fanatismo serve tanto às religiões, como a adoração dos heróis dos jogos e artes...

No show bizz, por exemplo, a idéia do anti-herói, ou bad-boy, ou bad-girls, regados a excessos, liberdade e libertinagem, consagrados na tríade sexo-drogas-rock'n'roll, caiu como uma luva para vender a idéia de eterna constestação para consumo de uma faixa de clientes...Hoje esse "princípio" se estendeu a todas as áreas do entretenimento e da produção de bens culturais...Pensando bem, essa idéia já existia há tempos, presente, por exemplo, nos excessos boêmios da juventude lapiana e talentosa no início do século XX...Agora, ela se hegemonizou como fim em si mesma, ou seja, não como resultado de inconformismo, mas sim como pré-requisito para o recinhecimento público...

Penso nisso tudo quando, pois ao chegar em casa hoje, após um breve passeio pelas cercanias da Riviera Pelinca, adquiri em uma banca de jornal, em frente a agência do banco dos Setúbal, uma jóia rara, não pelo ineditismo, mas pelo exuberante conteúdo...

Um DVD produzido pela TV Cultura/SP, com as imagens do programa Ensaio, de 1973, com Elis Regina...

Eis que escrevo sob o impacto do reencontro com "pimentinha", na faixa Atrás da Porta, da lavra do duo Chico Buarque/Francis Hime...

(...)

Pausa para retirar um "cisco" do olho, que insiste em precipitar fluído lacrimal sobre o teclado...

(...)

Adentra Canção do Sal, de Milton Nascimento, o bardo das Alterosas...

Sobre Elis tudo já se escreveu... e ainda é pouco...

Mas o que me intriga, e retorno ao eixo principal desse raso raciocínio, é como o show bizz cria, potencializa e, literalmente, explode seus mitos, em roteiros suicidas, como se a tragédia dessas almas geniais e torturadas pelos limites impostos pela realidade medíocre que os cerca, fosse sempre o alimento perfeito para a fornalha dos negócios e lucros...

É certo que nem todos têm a "legitimidade da dor" para cumprir essa via crucis autodestrutiva como Elis, Janis, Hendrix, Raulzito, Cazuza, e tantos outros...
Nos debilóides e mal dotados, personagens destinados a ocupar a faixa destinada a um consumo rápido de bens culturais, esse figurino e papel de insatisfação é sempre fake, e revela só a vulgaridade impotente e prostituída...

Tanto faz, em ambos os casos, o desfecho previsível é sempre a tragédia da tristeza ostrascista, ou tragédias tristes...

No caso de nossos heróis, o mais paradoxal é que a "autenticação" de sua "imortalidade" se dá, justamente, através de mortes traumáticas...

Quanta saudade da estereotipada e heróica Elis, com sua divina imperfeição humana...

E como ela canta agora: "É com esse que eu vou...", de Pedro Caetano...

Fecha o pano...

Diário de bordo...


Ementa: Reunião da Nau Grupo dos Treze, sábado, 30 dias do mês de maio, do ano da graça de Vossa Presidência...

Aos vinte e sete dias do mês de maio, duomilésimo nono ano da graça de Vossa Operária Presidência, eis que consigno tais ocorrências, a mando do capitão-mor, e comandante desta Nau, doravante denominada Núcleo Lenilson Chaves, sob o estandarte rubro e da estrela alva, onde se lê as insígnias dos domínios de Vossa Presidência, o Partido dos Trabalhadores...

Cumpre-nos informar que recebemos mensagem da nau Grupo dos Treze, também missão de Vossa Presidência, de reconhecimento, pacificação e conquista, nessas plagas planas e lamacentas, governadas pelos bugres da lapa, estes sitiados pela tribo dos telhadeiros de vidro, ambos grupos conhecidos como vorazes devoradores de verbas públicas...

Nesta missiva, enviada pelo nau Grupo dos Treze, está o aviso de que no próximo  sábado, às 16 horas, do dia trinta desse ano da graça de Vossa Presidência, lançará âncoras na baía do Recantos dos Prazeres, capitania aprazível, das posses do ilustre médico e servo da causa, e de Vossa Presidência, Doutor Adilson, da linhagem dos Sarmet, sediados, principalmente, à margem esquerda do Rio Parahyba do Sul...

Do encontro de Vossa valorosa esquadra, que por ora realiza os procedimentos de reconhecimento de possíveis aliados, e dos inimigos irremediáveis, terão vez a definição das melhores táticas e estratégias de ocupação dessa lamacenta planície, que já dissemos no manifesto de batismo dessa humilda nau, Núcleo Lenilson Chaves, é pródiga em recursos de toda sorte, e amaldiçoada por parasitas de todo azar...
Na oportunidade serão proferidos e lidos os editais de análise de conjuntura nacional, regional e municipal, relatórios das missões de reconhecimento com os nativos, recepção dos recém-convertidos nativos, candidatos a tripulantes, que chamamos filiados novos...

Bens sabes Vossa Presidência que nossos recursos são parcos, mas não faltam as tripulações o brio e o moral elevado para desempenhar a missão que nos foi confiada...

Sendo o que basta por esse momento, queira nos permitir o registro de nossa dedicação, onde reafirmamos nossos laços de solidariedade...

Fraternalmente,

Lugar-tenente xacal, artilheiro e escrivão da nau Núcleo Lenilson Chaves...



Aos vinte e sete dias do mês de maio, do ano da graça de Vossa Presidência, a margem direita do Rio Parahyba do Sul, em Campos dos Goytacazes...
Em deus nós não confiamos...!