quarta-feira, 13 de maio de 2009

Contraponto final...A inauguração do cemitério de jornais de coleira, tablóides e outras aberrações...

No dia de hoje, a folha de embrulhar peixe podre tentou fazer uma cronologia dos fatos, que em tese, resultaram uma "suposta crise" no IFF...

Para início de conversa, cabe dizer aqui, mais uma vez, que o IFF e seus grupos políticos, aliados ou adversários, têm maturidade e capacidade de operar seus processos sucessórios de forma  intensa porém responsável...É assim para quem está acostumado a democracia...Ambiente o qual não viceja o jornalismo de coleira praticado pelo tablóide...

Qual a diferença entre uma informação errada e uma informação mentirosa...? Ora, ora, o erro acontece por falta de zelo, capacidade ou por ambas hipóteses...Já a inverdade, é o dolo de manipular e torcer os fatos para adequar seus interesses, na maioria das vezes, inconfessáveis...

Nessa salada de datas, que muito pouco importa para a discussão de fundo promovida pelo "sensacionalismo marronzista"(como diria o saudoso Odorico Paraguaçú), que pretendia desqualificar os blogs(que ameaçam de perto a pretensa hegemonia que os "barões da mídia" reclamavam para si) e atingir um adversário que julgam ter pretensões eleitorais(o que aliás, não é nenhum crime), ficou escondida a face mentirosa do tablóide......

Como bob pai & bob filho parecem ter dado a sua extensa coluna, esquartejada em pequenos pedaços, um viés temporal para conferir "credibilidade" ao que escreviam, vamos cortar o mal pela raiz, e desmascarar a mentira...

De quebra, revelamos a MÁ-FÉ escabrosa que, mesmo recebendo uma missiva de um dos líderes estudantis do IFF, nesse caso o presidente do DCE do IFF, que representa os estudantes do ensino superior da Instituição, os gendarmes do conservadorismo goitacá, ignoraram o conteúdo e partiram para o "reino das especulações", ainda que o interlocutor tenha entregado a cópia das atas, que também não forma mencionadas...

Dito isso, antes que vocês leiam o texto do Marcel Cardoso, vão aqui nossas condolências aos amigos e familiares da folha de embrulhar peixe podre, que acaba de falecer por absoluta falta de jornalismo a correr em suas "veias"...

Como o Odorico, da obra do Dias Gomes, vamos , finalmente inaugurar o cemitério da mídia tradicional representada pela falecida folha, enquanto comemoramos o fortalecimento da mídia virtual, nascida e crescida na luta pela democracia e liberdade de expressão...

Descanse em paz, arautos do atraso...!

Leia o texto do Marcel...

Encaminho para vocês um texto que escrevi para o dono da Folha da Manhã, sobre infelicidades e inverdades que ele vem relatando em sua coluna. 

"Caro Aluysio Cardoso

Como você poderá ver ao final do e-mail, sou presidente do Diretório Central dos Estudantes do IFF, entidade que representa os universitários dos campi Campos- Centro, Cabo Frio e Macaé. Não acompanho muito os jornais de Campos, até por falta de tempo, mas tive o prazer de ler a sua coluna justamente no dia em que o senhor teceu comentários sobre o embate político em nossa instituição. Me refiro as análises feitas no dia 30 de abril.
Digo prazer exclusivamente porque todas as informações que o senhor colocou em sua coluna posso afirmar que não são verdadeiras porque estou acompanhado de perto todo esse debate. Sou membro do extinto Conselho Diretor, que se reuniu extraordinariamente no dia 16 de abril, para se informado sobre a implantação do IFF. Dentre elas a comissão que irá discutir o PDI, eleições para o Conselho Superior e estimativa de que ocorra até o final de 2009 as eleições em Campos e Macaé.
Provo, e irei encaminhar para a redação do seu jornal, as xerox da convocação da reunião do conselho, do ofício da Reitoria solicitando os nomes pra a comissão do PDI, datada do dia 24 de abril e a ata da reunião do Conselho Diretor com todas as informações sobre o ocorrido na reunião.
Por coincidência, a entrevista do professor Luiz Augusto, ao qual admiro muito, e apoiei enquanto ele era Diretor, é do dia 26 de abril, devendo ter sido feita no dia 25 de abril. Então o senhor irá me desculpar, mas são inverdades que o senhor coloca em sua coluna.(...)" 

12 comentários:

Anônimo disse...

posso dormir aliviado!

Anônimo disse...

Xacal,
O que você achou do posT "eu não sabia" do dotô Cláudio Andrade?Ironia? inocência ou maledicência?

Anônimo disse...

É Xacal,
Você com precisão cirúrgica está com facilidade matando o "metido" a intelectual dono de jornal que há muito vive da mamata pública. Ele não se conforma que o IFF seja uma boa escola, não apenas de formação pública, mas de gestão.
Simbora e em frente Xacal. Você está escrevendo uma nova história da mídia em Campos. Quanto mais o filho da Folha de Embrulhar peixe cavar, maior será seu buraco.

afcsagaz disse...

marcel só esqueceu de informar no tal texto que ele mesmo só fez parte do conselho diretor graças à canetada, já que nunca foi feita nenhuma assembléia pra escolher o representante do corpo discente pra tal conselho...

Anônimo disse...

Caro Xacal, dê uma olhada no jornal O Diário(14/05/09; hoje) na coluna "Falam por aí".

Trata-se de apologia às drogas.

Mete a Porrada disse...

Xacal,
Vai lá, leia e comente, da um apoio...
http://meteaporrada.blogspot.com/

Xacal disse...

caro comentarista das 22:22,

em respeito a memória dos mortos, não os cito ou faço qualquer comentário sobre eles...

e você já deve ter lido aqui o obituário do "distinto"...

um abraço...

Anônimo disse...

O dotô adEvogado Claudinho Andrade nao tá muito sastisfeito com o xacal mesmo não. Botô lá no blog dele um texto sobre os blogs que é horrível. Não teve coragem nem de defender os blogueiros da acusação de desocupados.
Aí os dotôzinho lá do “outros campos” escreveram um texto hj que parece ser uma resposta ao outro Dotô adEvogado.
Eh dotôzada!!!!
vai ter resposta xacal? Eu quero ver é peia!!!!

Anônimo disse...

Xacal, não se discute sua inteligência, seu ponto de vista, mas, pela sua profissão você deve também sentir necessidade em ouvir o outro lado. O negócio é sério no IFF. Marcel não pode falar por todos os universitários, não.

Xacal disse...

Caríssimo comentarista,

obrigado pela deferência, mas vamos lá:

1-tudo se discute, meu ponto de vista, minha suposta inteligência, enfim tudo...

2-o que não se discute que embora o Marcel não fale por todos, na medida individual de cada universitário, no quesito coletivo, ou seja , institucionalmente como presidente da entidade representativa(DCE)dos universitários, é ele quem deve falar em "nome" de todos os universitários...
É claro que essa "fala" não se estende a todos os movimentos do embate político, ou seja, é legítimo que as oposições a gestão do DCE queira, também se manfestar...

Mas nesse caso, o jogo democrático preza que a defesa da Instituição IFF e suas instâncias deve ser executada pelos organismos formais(direção, sindicatos, e entidades estdantis)...

3-A trOLha está a disposição de todos os setores para que se manifestem aqui, como total liberdade, sem edição ou qualquer outro artifício para manipular discursos...

4-Desde o início, está claro a todos que temos proximidade política com setores do IFF, mas isso nunca nos levaria a interferir nesse processo interno que é da Escola, e seus integrantes já demonstraram maturidade suficiente para superar momentos muito mais severos...

5-Nossa preocupação sempre foi que o açodamento natural do processo, leve a armadilhas em veículos que não a menor credibilidade para servir de porta-voz desse ou daquele grupo...

6-Reafirmamos: estamos a disposição de toda a comunidade da Escola para servirmos ao debate, e não nos servirmos dele...

Xacal disse...

Tá phoda...

Editando:

(...)em veículos que não tem a menor credibilidade(...)

Anônimo disse...

Obrigado, Xacal,sempre soube de seu espírito humanitário, crítico e defensivo. Mais uma vez , nós lado oposto da situação estamos aguardando o andar da carruagem.