quarta-feira, 20 de maio de 2009

Informe TROlHa sindical...

Aí companheirada, levanta, anda e fala alto: quem não luta por seus direitos, vive a espera de favores...

Leia aí o informe do SEPE...

Profissionais de educação intensificam luta por eleições nas escolas municipais


Os profissionais da educação da rede municipal, reunidos em assembleia convocada pelo SEPE/Campos (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação), decidiram intensificar a luta pelas eleções diretas para diretores das escolas minicipais.


A assembleia convocada pelo SEPE aconteceu ontem no Sindicato dos Bancários e os profissionais resolveram ampliar a Campanha "Eu Quero Votar: Eleições Diretas para Diretores de Escolas" com visitas as unidades de ensino e discussões específicas sobre o tema com toda a comunidade escolar (pais, professores, funcionários, alunos,associação de moradores).


A categoria rejeita as indicações dos diretores das unidades por parte do governo municipal e entende que a democracia nas escolas e a gestão democráticas só são possíveis com a livre escolha dos gestores.


A próxima assembleia do SEPE acontece no dia 24 de junho, às 17 no Sindicato dos Bancários.


3 comentários:

Professor Indignado disse...

Caro Xacal, enquanto isso na rede estadual está havendo um fato novo. Lembra do Sr. Tinho dono da boita Kaxanga na época de Mocaiber?
Ele agora visita Escolas Estaduais se apresentando como assessor do deputado Cabral e força diretoras a comprar com determinada firma que segundo ele fornece de tudo de obras a merenda. Como professor da rede estou apavorado, ele ainda ameaça as diretoras lembrando que seus cargos são de confiança.

Monica disse...

Xacal, meu bem,
É muito importante pra nós, profissionais da Educação, termos o apoio de seu blog!!!
Chegamos bem, cansadas mas bem!
Beijos

Anônimo disse...

Para refletir:

"Todas as crianças deveriam ter direito à escola, mas para aprender devem estar bem nutridas. Sem a preparação do ser humano, não há desenvolvimento. A violência é fruto da falta de educação."
(Leonel Brizola)