segunda-feira, 18 de maio de 2009

Interesses "cruzados"...

Na nova "tecnologia" empregada para burlar a Lei, os princípios e a moralidade, nossos "patetas" vão "inovando"...

Depois do nepotismo "cruzado", que consiste em:eu emprego parente seu, e você emprega parente meu, os patetas da lapa avançam com uma possível, vejam bem, possível nova empreitada...

O fundo de transferir dinheiro público para empresário "carente", o (a)fundecam(pos), gerenciado por um ruralista do setor sucroalcooleiro, estuda a possibilidade de "enterrar" alguns milhões de reais em grupo hoteleiro, que por coincidência(que curioso, não...?)é também dono de usinas de forgo morto, que devem a "deus e ao diabo"...

Pode ser que que não haja nada ilegal, o que duvidamos muito, mas não deixa de ser de "arrepiar" a desconfiança de que o "gestor" esteja a favorecer um grupo econômico que poderia utilizar parte dos recursos para saldar dívidas com credores, que também por coincidência(quanta coincidência, não...?) são representados pelo nobre "gestor"...

Em resumo, os donos de hotéis e de usinas, poderiam bem transferir parte do caraminguá para pagar dívidas com os fornecedores de cana...

Onde alguns vêem coincidência, eu vejo conseqüência...!(citação do personagem Merovíngio, em Matrix Revolutions...)


5 comentários:

Anônimo disse...

Sem falar no fato do loteamento por eles realizado, e não concluído, trazendo enormes prejuízos a todos que acreditarm no Vila da Rainha, alguns com ações na justiça já por vários anos e sem solução.
Seria oportuno que se exigisse dos empreendedores, agora, antes de qualquer benesse, o cumprimento de suas obrigações para com os adquirentes das áreas.

Rosa Lee disse...

Não dá pra acreditar que cheguemos a tanto!

a hiena disse...

Aí, reside, meu caro Xacal, um dos grandes vazadores dos polpudos recursos do município. A exemplo da Usina Canabrava, onde foi montado um cenário, com caldeiras velhas e outras sucatas industriais e em seu entorno faltava o que de mais importantge que pode existir para uma usina que é o manancial hídrico. Acabou não dando certo, foram investidos enormes recursos do BNDES e do FUNDECAM, faliu, não se tem notícia do retorno desses recursos. Mesmo assim, estão retornando com uma nova Canabrava e ao que parece, estão contando com o FUNDECAM. É necessário que se criem organismos sérios, conselhos gestores para cuidar desse dinheiro, se não, mais uma vez a população vai levar pau. Outra coisa, se os empresários querem investir, que metam a mão no próprio bolso e não no nosso.

Cristina disse...

Infelismente usam o nosso dinheiro p essa pouca vergonha...
Esses safados são todos farinha do mesmo saco (tanto os patetas da lapa qnto ao Sr. diretor do fundecam)
Isso é uma vergonha!!!!!!!!!!!

Gayrotinho disse...

Por falar em Fudeucam, uma dupla afortunada investiu numa cervejaria artesanal ( num local muito bem localizado,em frente ao Rio Paraíba, pertinho do presídio e do Hospital Ferreira Machado, não tem como errar ) 1.200.000,00 e a Prefeitura entrou com o restinho 2.500.000,00, convoco a todos irem lá pra conhecer e prestigiar mais um fantástico empreendimento no ramo dos botecos ( em plena expansão ) e assim ver com seus próprios olhos o fantástico investimento do Nosso Dinheiro.
PS : Pelo menos gerou aí no mínimo 10 empregos, belo investimeto.
e a cara nem arde!!!