sábado, 30 de maio de 2009

Sexo, dinheiro e poder...

Essa tríade move o mundo, e não se sabe qual alimenta qual, em uma relação de causa-efeito cujos limites são difíceis de mensurar...

O novo escândalo de Silvio Berlusconi, chefe de governo da Itália, barão da mídia e do entretetimento esportivo(é dono do Milan FC), é uma ode a essa tradição humana...

Já dissemos por aqui, e ratificamos: Causa-nos estranheza que o PIG local e nacional nada mencione sobre o assunto, uma vez que praticou esse esporte predileto, caçada a reputação, quando falou das peripécias da alcova da sacristia, do então bispo Fernando Lugo, hoje mandatário maior do Paraguai...

Desde já refutamos o apelo melodramático, e ou hipócrita, sobre a conduta e vida pessoal de cada um, ou suas escolhas e preferências...

O problema é quando autoridades da estirpe de Berlusconi, adeptos aos temas fascistas, pseudomoralistas, arraigados a um ideário que mistura o que há de pior no conservadorismo cristão com liberalismo econômico, praticam às escondidas, o que criticam em público...

O jornal El País noticia, hoje, em sua página eletrônica, que a polícia italiana apreendeu centenas de mídias com material gravado de festas de fim de ano, promovidas pelo Il Cavaliere, em sua casa na villa Certosa, Cerdeña...

A suspeita é que a festa excedeu os limites da inocente "troca de presentes"...Entre as várias menores presentes(cerca de 40), estava Noemi Letizia, affair do Cavaliere, pivô do seu recente divórcio com a segunda esposa, Veronica Lario...

Nosso PIG faz ouvidos moucos, na mesma medida que ignora a tentativa de terceiro mandato de Álaro Uribe, na vizinha Colômbia, enquanto cerra fileiras contra essa possibilidade por aqui, e contra o que chama de "eixo do mal": Lula, Correa, Chávez e Morales...

Como já sabemos:
Aos amigos: tudo...Aos inimigos: a Lei...
Aos amigos: boas novas ou a discrição conveniente...Aos inimigos: o furor das manchetes e o assassinato de reputação...!



9 comentários:

claudiokezen disse...

Caro Xacal:

O Berlusconni é um canalha facista e todo mundo sabe disso. Suas declarações à respeito da condição feminina é de dar vontade de vomitar.

Creio que o que chamou atenção no caso Lugo foi, digamos, a "performance" do cara, digna de um sultão árabe, para ficar na nossa vizinhança.

Deve ter alguma coisa naquele chimarrão paraguaio.

Allah ahusarllah!

George Gomes Coutinho disse...

Prezado camarada Xacal,

Pela mais absoluta falta de tempo, e na impossibilidade de apresentar argumentos mais convincentes, prefiro meramente indicar e reproduzir palestra do professor Wanderley Guilherme dos Santos aqui:

http://outroscampos.blogspot.com/2008/08/wgs-sobre-imprensa.html

De todas as instituições, a despeito das lamúrias de um João Ubaldo Ribeiro (continuo respeitando o romancista e só), a imprensa é a mais tacanha, covarde e atrelada aos "pequenos favores" do Estado.

Não há papel moral algum exercido por este agrupamento no Brasil, salvo as raras e importantes figuras que por aí lutam contra o discurso acéfalo hegemônico. Seja entre a imprensa de esquerda ou de direita.

Enfim... na última polêmica com a Folha acho igualmente que o WGS nos fornece uma radiografia precisa do embate.. e dos interesses.

Abçs!

Anônimo disse...

tu tá precisando de óculos, sempre leio no O GLOBO a respeito das trapalhadas do sujeito, e PIG quem a representa é o fraco PH Tamborim que quer o terceiro mandato para ganhar mais um din-din fácil

Anônimo disse...

Crivella e Garotinho
Acordo com Garotinho facilita disputa de Crivella pelo Senado


O senador e bispo da Igreja Universal do Reino de Deus Marcelo Crivella, filiado ao PRB, pode se considerar eleito na corrida sucessória para eleições de 2010 para o Senado. Os eleitores do nicho evangélico, no pleito de 2002, depositaram nas urnas 17% dos votos da capital e outros 33 municípios de médio e pequeno porte deram a vitória ao bispo.

A outra vaga para o Senado deve ser disputada por Fernando Gabeira (PV), Jandira Feghali (PC do B), Lindberg Farias (PT) e Jorge Picciani (PMDB). A sucessão para o Senado é muito complicada para esses postulantes, depois que o ex-governador Anthony Garotinho, após a quinta mudança partidária, desembarca na sigla do PR para concorrer ao governo do estado contra o governador Sérgio Cabral, em parceria com o bispo e com o sistema Record.

O ex-governador Garotinho, vitorioso na sua trajetória política no estado, com dois governos, tornou-se um cacique do clã político tradicional da política brasileira por falta de novas lideranças no universo nacional e no estado, depois de Leonel Brizola.

Anthony Garotinho, sem espaço no PMDB, foi obrigado a se transferir para o PR. Seu estilo belicoso de comunicador fulmina os adversários. Parece o Demóstenes, o orador grego. Transforma a notícia e fatos na sua versão, que convence o eleitorado e nocauteia o adversário.

No debate contra Cesar Maia, na Band, destruiu os argumentos do candidato preparado do conservadorismo político do Rio de Janeiro. No debate da Globo, bailou sozinho. Venceu as eleições. Crivella e Garotinho merecem cautela, tática e ataque.

Wilson Diniz:Professor e economista
O Dia

Anônimo disse...

Acho que você vai gostar!
http://donamargaridadecampos.blogspot.com
Bjuss

Raskolnikov disse...

Falando nisso: que fim levou Cicciolinna?

Anônimo disse...

Cada dia que passa, o blog do Cláudio Andrade fica mais conservador e facista, é impressionante as postagens dele. Ele bate o tempo em Lula, nunca critica o Garotinho e a Prefeitura de Campos, está defendendo a CPI da Petrobrás, e defendeu recentemente a extradição do Batisti. Não estou criticando o blog do Cláudio Andrade ou ele, apenas dizendo que a direita está bem representada na rede de Blogs.

Xacal disse...

Caro comentarista, me permita "respeitar" a memória dos mortos...

Anônimo disse...

Ao anônimo (31 de Maio de 2009 10:37).


Parabéns! Estou querendo dizer há muito tempo. Porém, você teve a competência para fazê-lo.

Está a cada dia mais conservador.