segunda-feira, 22 de junho de 2009

Crônica de mortes anunciadas...

Ninguém imagina deter o progresso, nem as oportunidades que aparecem com a chegada de grandes investimentos...

Em uma região castigada por anos de ostracismo econômico, e que vive às custas do extrativismo mineral(petróleo), a implantação de plantas de infra-estrutura, como o porto do Açu, o porto da Barra do Furado, o aeroporto do Farol, assim como outros empreendimentos de escala, torna o cenário futuro promissor...

O problema é que tais acontecimentos encontram pela frente governos totalmente despreparados e subservientes, que não impõem a força de seus mandatos populares para proteger a população dos impactos sócio-ambientais, bem como exigir as contrapartidas necessárias para minorar tais transformações...

Quem se aventurar pela BR-356, trecho Campos-SJB, saberá do que falo...

Se antes do início das atividades do Porto do Açu, a estrada já demonstra que não agüenta o "tranco", imaginem quando os caminhões estiverem a circular com o terminal em plena carga...

Além dos buracos, que trazem prejuízos materiais, há outros incalculáveis: vidas humanas...

Está claro que a pista em mão-dupla não suportará o aumento de fluxo, somado a demanda do período de verão, tradicionalmente, uma época de aumento das estatísticas de incidentes...

Por ora, só ouvimos os governantes aproveitarem a onda de popularidade conferida pelos empregos gerados...

Mas a pergunta é: a que custo...? Será que esses mesmos governantes que comemoram tais feitos, já adotaram as providências preventivas para impedir a morte, criminalidade, violência, especulação que estão por vir...?

Tomara que sim...No entanto, nossa história recente nos mostra que, muito provavelmente, estaremos entregues a própria sorte...

3 comentários:

Anônimo disse...

...

Não vejo sentido em se falar de progresso quando a qualidade de vida do cidadão fica em ultimo plano.
Lembrando aos administradores que tudo que EXISTE e que os olhos conseguem VER foi feito para servir ao homem.
Por incrivel que pareça, qualquer coisa que se possa pensar ou imaginar existe somente por um motivo!... SERVIR AO HOMEM.
Muitos esqueceram dessa verdade.
O esquecimento dos administradores(prefeita Rosinha) é tal que o simples ato de tapar os milhares de buracos da ruas, estradas, calçadas... da nossa cidade Campos dos Goytacazes, não é executado.
Hoje vi pessoas colocando fogo em pneus na rua Formosa em protesto contra o descaso da prefeitura em relação aos buracos que aaaa meses existem e que aumentam em tamanho e quantidade a cada dia.
Será que é tão caro consertar os buracos das nossas ruas?!
Como sabemos que não é, percebemos o tamanho do desgoverno que estamos envolvidos.
Se o governo dos mil patetas não consegue enxergar os buracos das ruas e avenidas essencias da nossa cidade, como eles poderão VER as necessidades para proteger a população dos impactos sócios-ambientais geradas por empreendimentos futuros ?!
Que a sorte acenda uma luz na mente dos nossos governantes e que essa luz ILUMINE !

abs xacal .

Anônimo disse...

'Cerimônia de filiação ao PR

Festa fecha trânsito na Avenida Presidente Vargas'

OLHEM A FOTO COM ESSE ENUNCIADO ACIMA NO BLOG DO GARROTINHO.
NÃO É QUE O SAFADO DO RUSSO PEIXEIRO,ESTÁ LÁ................
Só tem 171 e 22.............

Xacal disse...

ótimo enfoque dado pelo comentarista...

as bases do progresso devem ter o HOMEM como causa, objeto e fim...

talvez, quando essa premissa for adotada, empreendimentos como o citado pelo post tragam menos desastres para nossas vidas...

um abraço, e obrigado...

me permita colocar no TrOLha em destaque...