terça-feira, 23 de junho de 2009

Essa foi demais...


Do blog das meninas superpoderosas, estouprocurandooquefazer.blogspot.com/...

Como bem disse o professor Fábio Siqueira em seu blog, impagáveis...


6 comentários:

DESPETALADA22 disse...

AS SUPERPODEROSAS SÃO DEMAISSSS...ADOROOOOO

Anônimo disse...

Xacal, me explica essa:

Secretaria de Comunicação Social
EXTRATO CONTRATUAL
PROCESSO: 2.09/2139-3
FATO GERADOR: Dispensa de Licitação
OBJETO: Produção gráfica, diagramação, impressão e expedição de
exemplares do Diário Oficial do Município de Campos dos Goytacazes
para publicação dos Atos Oficiais
CONTRATADA: IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
CONTRATANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES
FORMA DE PAGAMENTO: mensal
Campos dos Goytacazes, 15 de junho de 2009.
Rosinha Garotinho
Prefeita
Id: 789399

Publicado no Diário oficial de ontem se não me engano...Kd o valor do objeto? Será que o Estado só recebe R$1,00 por exemplar vendido?

não entendi.

Anônimo disse...

maravilhoso!!!!!!!! elas são demais!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

de doido ele não tem nada!!!!!!!! ele só é doido para roubar o nosso dinheirinho!!!!!!!!!!!!!!

Amaro disse...

Xacal

Estou denunciando o fato abaixo, antes que se transforme em tragédia anunciada.

Na Avenida Presidente Vargas, na Pecuária, logo no inicio da estrada para São Fidélis, existe um posto de gasolina, que estava desativado há bastante tempo, e que agora foi reaberto como garagem e área de manutenção das carretas que transportam pedras para o porto do Açú. Até ai nada de mais, só que essas carretas estão sendo estacionadas no acostamento da rodovia de ambos os lados, formando em determinadas horas do dia e principalmente à noite, um estreito corredor por onde passam os veículos em alta velocidade.

Esse estacionamento irregular impede o uso dos acostamentos como área de fuga em uma emergência, além de retirar a área para desaceleração dos veículos, que vão entrar nos três condomínios residenciais existentes no local. Devido ao acostamento estar ocupado de forma irregular os motoristas são obrigados a desacelerar os seus veículos na pista da rodovia, correndo o risco de uma colisão de traseira. E ao sair desses condomínios são obrigados a colocar os veículos quase que dentro da pista, para terem visibilidade do transito e poderem entrar nesse pequeno trecho da rodovia que já é urbana.

Nada adianta ligar para aquele numero que consta nos caminhões com os dizeres informe como estou dirigindo, no caso o numero é (22 27413702), que a mensagem é sempre a mesma “não foi possível completar a sua chamada verifique o numero discado”. Não sei se isso já é prova de má fé da empresa.

Agora a quem cabe fiscalizar essa situação?

A Guarda Municipal, por o trecho ser urbano e até já ter a denominação oficial de Avenida Presidente Vargas, inclusive os prédios já possuem numeração ou a Policia Militar Rodoviária, por esse trecho, ainda por uma questão burocrática, ser considerado trecho de estrada estadual? Ou a ambas?

E a EMUT porque não aparece? Para colocar placas proibindo o estacionamento, além de outras providencias para alertar e regulamentar a circulação de veículos, nessa área urbana, cujo movimento é bastante intenso.

E a área de Posturas e de meio ambiente da Prefeitura, que como sempre permanecem omissos.
Está área está legalizada para o uso que está sendo feito dela? As normas ambientais estão sendo cumpridas? Já que a água de lavagem desses caminhões junto com a terra e o lixo retirado deles está sendo jogado a margem da avenida. E o óleo que foi retirado dos motores está sendo colocado aonde?

Com a palavra as autoridades competentes. Espero que se manifestem e atuem, antes que ocorra algo mais sério.

Gayrotinho disse...

Que a CPI da Campos Luz fui eu que criei todo mundo já sabe, o que quase todo mundo ainda não sabe é que o Silvaldo meu amigo levou 20 milhões, mas só tem com a justiça uma pendência de 40.000,00 que logo logo será justificada.