segunda-feira, 1 de junho de 2009

POetaDas da TROlha...Da série: Ou rima ou sai de cima...!

Eis que aventuro por caminhos que, nem de longe sei como trilhar, ou os destinos aonde vão dar...

Mas esses poeminhas chinfrins, expostos a minha vergonha e execração, pela má qualidade e pouca inspiração, servem a um propósito único: desenvolver a capacidade de ficar indefeso...

Por isso, essa série: ou rima ou sai de cima...onde publicaremos alguns rotos esboços, do xacal, e de quem mais desejar fazer companhia...

Cabeça de Burro.


Dizem que por aqui,

Nas plagas da terra aplainada,

Tem cabeça de burro enterrada,

Que nos condenou pra sempre,

A ser um pedaço de nada.


Ledo engano,

O problema não é a cabeça do burro,

Enterrada.

E sim aquelas que andam por aí,

Na superfície, ali e aqui.

Todas orgulhosas de si.


aos décimo quinto dia, do mês de maio, do duomilésimo sexto ano da mina desgraça...ou, 15/05/2006...
Para João do Rio, e seu conto: Cabeça de Papelão...

6 comentários:

Mesper disse...

Nessa mentira da Rosinha até eu acreditei, tolinha né...

Dúvida de Armando
Esse informante de Mester, muito correto e responsável, não gosta de falar nada sem estar cheio de razão. Por isso mesmo, vem pedir ajuda ao leitor, para clarear a sua memória. O pessoal da Super Via não havia prometido à Prefeita Rosinha e a duplicação da pista começaria no trecho Campos-Macaé ou isso não aconteceu? Armando ficou em dúvida, depois que viu anunciado que esse trabalho irá ter início em Niterói e que o serviço teria sido dividido em 10 lotes.

Xacal disse...

Em respeito à memória dos mortos, e quase-mortos, a trolHa se reserva o direito ao silêncio(nada obsequioso)...

Tetê disse...

Mr. X,


"...
Eu vou sem saber pra onde nem quando vou parar
Não, não deixo marcas no caminho pra não saber voltar..."



Entre rima e sai de cima:

atenção à velocidade e às placas de trânsito,
quanto ao resto...
a estrada é certa,
o motorista é habilidoso
e não se preocupe com trilhas,
ou destinos...
já sabemos que o mundo dá mesmo suas voltas
e o bom do caminho é a certeza de se chegar,
mesmo que a lugar algum...


Forte abraço.

CARCARÁ disse...

Putz esse gatinho que nada herdou e vive sempre no que não herda, bem que poderia ter outro nome:
Convoco a todos os blogueiros pra me ajudarem nesta.
vamos dar outro nome a este "Gato de Bostas"!
Que tal Arnaldo em vez de Armando ?

O DUPLO disse...

Que coisa mais fofa: exercitar a capacidade de ficar indefeso! Conseguiu senhorita? Rs rs rs

Anônimo disse...

Xacal, o patativa do assaré dessas plagas!