segunda-feira, 27 de julho de 2009

Intolerância...


Os conflitos entre nigerianos muçulmanos, que se autodenominam Boko Haram, seguidores de Mohammed Yusuf e forças do governo nigeriano, deixou cinco agentes da polícia, e cerca de 150 mortos, no estado de Bauchi...

O enfrentamento começou após a prisão de líderes do movimento que se opões, violentamente, ao ensino público laico na região...

De orientação talebã, o clérigo acusa as escolas ocidentais de desrespeito ao Lei Islâmica...

Um amostra crua(e morta) do quão perigoso é a mistura de fé, escola e Estado...

Os insurgentes executam ataques sistemáticos as forças oficiais, e teriam incendiado uma comissária de polícia...


Fonte: El País...

Nenhum comentário: