quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Cúmplices...

Que o PIG internacional funciona de forma articulada na defesa de seus interesses, repercutindo, a partir de cada país, apenas o que interessa para desgastar as alternativas de governos que enfrentem e afrontem o grande capital, não é novidade...

Vejam só que estranho e curioso: Durante esses últimos anos, todas as tentativas de prolongamento de mandatos, com a consulta popular(referendo)para modificação de cláusulas constitucionais, em países onde se identifica algum "cacoete" progressista, ou quando as teses caras aos EEUU e a Europa são ameaçadas nesses países, há uma grita geral...Editoriais, narrados e escritos em tom solene, valorização da Democracia como um bem universal(desde que garantidos os aspectos estadunidenses de fazer democracia), etc, etc, etc...Até o imbecil do arnaldo jabour dá as caras, ladeado por miriam leitão e outros escroques do gênero...!!!

São uns canalhas...uns canalhas...

O presidente Álvaro Uribe, aquele mesmo que cumpre o papel de cadelinha dos EEUU na América Latina, dirigente de um país que não respeita a soberania alheia(quando invadiu o Equador), e que agora se transformará em plataforma de "lançamento" dos aviões do Tio Sam, conseguiu que o Senado de seu país aprovasse o referendo que consultará a poulação sobre a possibilidade de um terceiro mandato...O projeto agora segue a Câmara daquele país, onde a votação deve ser mais equilibrada, mas que diante do "empenho" do governo, não deve ser obstaculizada...

O eufemismo que Uribe criou para a continuidade é a garantia, pelos colombianos, da segurança democrática...

A boa e velha receita: exacerba-se o pânico, agudiza-se a violência, suprimem-se direitos e garantias, tudo em nome da suposta luta contra um inimigo perigoso, nesse caso, as FARC, e depois, voilá, apresenta-se como solução...

Assim, Uribe seguiu a cartilha da "war on terrorism", de bush jr, e conseguiu seu "bilhete" para uma dinastia...

E a nossa imprensa, sempre tão atenta a Chávez, Morales e Correa, para não dizer de Lula, que foi bombardeado, incansavelamente, quando sequer manifestava seu desejo ou operava no sentido de um terceiro mandato...???

Nada...silêncio sepulcral...

Será que se acontecer um golpe, como em Honduras, os EEUU ficarão tão vacilantes...???? E a nossa imprensa...??? Hesitará em repudiar tal evento, como hesitou no caso daquele pequeno enclave centroamericano...????

Afinal, se um dos requisitos que apearam do poder Manuel Zelaya, presidente hondurenho eleito e deposto por Roberrto Micheletti foi a tentaiva de mudar a Carta Magna local através de um referendo, para a consagração de uma nova reeleição, por que não permitir aos opositores de Uribe que façam o mesmo...???

Será que como Zelaya, Uribe ficaria muito tempo longe de seu palácio...????

Silêncio obsequioso, como diria Mino Carta, da Carta Capital...!!!!

É uma lástima...Mas já sabemos: na América Lat(r)ina, imprensa livre não tem nada a ver com Democracia...

Um comentário:

Anônimo disse...

"Aumento em 2010: só R$ 2,47.Com a incorporação do Nova Escola, quase 8 mil professores vão receber uma passagem de ônibus de reajuste anual- Jornal ODIA - 19/08/2009"
Incorporação do Nova Escola e o silêncio do SEPE em Campos.
Educação, triste realidade!!!