quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Dos vírus e outros parasitas...

Não se trata de advogar contra ou a favor do cancelamento das aulas, em virtude da pandemia de pânico e de h1n1...

Como dizem os pesquisadores mais sérios, em meio a uma situação de urgência, diante de uma novo sorotipo da cepa A, do influenza, a h1n1, não há estudos acadêmicos disponíveis para estabelecer certezas e protocolos...

Ou seja, cada caso deve ser analisado como tal, até que padrão de conduta seja encontrado...

O óbvio: métodos pessoais de higiene são muito mais eficazes que máscaras e Tamiflu...

Assim, é ainda prematuro dizer se as autoridades erraram ou acertaram em permitir a volta às aulas...Em certos países, devido ao grau de infestação, o isolamento e confinamento de pessoas em suas casas é uma medida necessária...Mas o que se verifica é que essas providências têm limite e alcance determinados...Não funcionam como panacéias...

No entanto, chama a atenção, a dubiedade de comportamento dos vereadores...Enquanto "homologaram" seu apoio ao reinício do ano letivo, e dizem que nada há para temer, exilam os seus em cidades vizinhas, e diminuem a freqüência das sessões do plenário...

Como em tudo que fazem, os vereadores, nesse caso, exacerbam seu comportamento sem qualquer senso público: façam o que nós falamos, mas não façam o que fazemos...Ou ainda: h1n1 nos outros é refresco...

Nenhum comentário: