domingo, 23 de agosto de 2009

Da série: ou rima ou sai de cima...

Campos dos G., intrépida amazona...

A vanguarda por aqui
Demora...
Chega sempre,
Por último...
Nossa vanguarda,
Do atraso...

O moderno aqui
Está ultrapassado,
Como um pós-moderno
Demodê,
Arcaico,
Usado,
E sem uso.

O tempo aqui
É anacrônico
E insiste,
Triste,
Em viver
Passado...


Xacal, aos vinte e dois dias do mês de agosto, do ano de dois mil e noventa e quatro...(25.08.2094)...

2 comentários:

Claudio Kezen disse...

Muito bom...

Xacal disse...

eu não gostei muito...na verdade, o ritmo ficou na última estrofe...é uma peça em desequilíbrio...

mas enfim, nada disso é poesia mesmo...!!!