sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Pato novo...

Nutro um profundo respeito pelo professor Andral Tavares Filho...Advogado de feições humanistas, mestre em oratória, texto fácil e inteligível, o professor Andral é uma dessas pessoas das quais pode se discordar ideológica e politicamente, mas a quem se deve reservar o respeito merecido e o benefício da dúvida de que suas intenções são louváveis...

É uma liderança que desponta, em um cenário de ignomínias, e da política rasteira...

Mas essa condição de reserva moral não lhe deve subir a cabeça, afinal, não há Olimpo onde se pratique a "alta política", em detrimento dos arranjos subalternos da realpolitik...Uma hora ou outra, o professor Andral, assim como seus pares, deverão escolher entre fazer coro na "nova banda de música da nova UDN", ou contribuir para o debate democrático, e a elaboração e execução de propostas que nos tirem desse lamaçal institucionalizado...

Seu texto, publicado hoje em um ex-jornal(aquele-que-não-devemos-nominar, como na série teen Harry Potter, quando aludem a encarnação do MAL), é uma expressão desse dilema que o professsor Andral deverá enfrentar, como aliás, todos nós...

Suas críticas ao pragmatismo de Lula, que estaria a submeter um "legado históriso petista" a seus caprichos caudilhescos na defesa de sua governabilidade, podem ser sinceras e corretas, mas não resistem a um exame detalhado, sob as lentes da lupa da coerência...

Como criticar o auxílio a sarney, se o pv, o partido ao qual os neoudenistas se encontram, tem como um dos seus mais influentes quadros, o ex-ministro do meio ambiente, o primeiro-filho do coronel do Maranhão, o zequinha sarney...???

Nem mencionemos o fato de que o pv tem sido linha auxiliar do demotucanato, e que em nossa capital, a cidade maravilhosa, o pv foi legenda de esteio e aluguel do prefeito césar maia, um dos próceres das práticas que o professor Andral tanto criticou, e que teve seu ápice desafinado na construção da Cidade da Música, capaz até de "envergonhar" o clã Marinho(tão acostumados as negociatas), que rejeitaram batizar aquela caixa de Pandora musical com o nome de seu patriarca, o dr Roberto...

Menos, professor Andral, menos....Como nos ensina o velho dito: pato novo evita mergulho em água funda...

8 comentários:

Anônimo disse...

Xacal,
Andral é uma ótima pessoa, e tem todas as características e qualidades que um gestor público precisa, no entanto, ao analisar sua entrada no PV, e agora, após ler o seu artigo no tal jornal, pensei na mesma coisa que você escreveu nesta postagem...
Li recentemente, que Juca de Oliveira, atual Ministro da Cultura, disse que com a entrada da Marina no PV, o partido se "refundaria" (não igual a FEC aqui de Campos... cruz credo!)e que não seria linha auxiliar do PSDB.
Vamos aguardar

Laguardia disse...

Off Topic

Em conjunto com o Blog o Mundo by Thaís, estamos lançando uma campanha de protesto virtual para o período de 07 a 20 de setembro.

Gostaríamos muito de contar com a sua participação e a dos seguidores de seu blog.

Esta é uma campanha de todos os brasileiros patriotas e não de um ou outro blog.

A campanha é de todos nós que queremos um país melhor para nossos filhos e netos.

Detalhes em http://omundobythais.blogspot.com/ ou http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/

Divulgue esta idéia.

O Brasil mais do que nunca precisa de você!

Xacal disse...

pelamordedeus...esse negócio é do tipo: marcha com deus, pela família e propriedade...

arrghhh... blerghhh...xô udn, xô tfp, vão te catar, bem longe daqui...

Xacal disse...

parece com aquele troço de ame-o ou deixe-o...

Anônimo disse...

Partido Verde ou das verdinhas?

Apenas um quarto das propostas dos deputados do PV tem relação com o meio ambiente. Bancada heterogênea e falta de afinidade de parlamentares com a questão ambiental são desafios que Marina Silva terá de enfrentar


A iminente chegada de Marina ao PV já mexe com o partido. Apesar de não ter confirmado sua filiação, a senadora acreana indicou dez pessoas de sua confiança para participarem de uma comissão que está revendo o conteúdo programático da legenda. Uma das preocupações da senadora é a falta de afinidade de alguns parlamentares com a questão ambiental.


O partido, porém, ainda corre o risco de ficar nos próximos dias sem sua principal fonte de recursos.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ameaça vetar o repasse de R$ 7 milhões a que o PV tem direito como fundo partidário.

A legenda é acusada de ter cometido irregularidade na prestação de contas, como falsificação de notas fiscais, fraudes na apresentação de despesas e desvio de recursos.

A direção do partido alega que houve apenas desorganização na prestação das contas. O caso está nas mãos do ministro Arnaldo Versiani.

Blog Vitor Longo disse...

Caro Xacal,

Dr. Andral é um "pato novo" que já merece até comentários elogiosos, característica não muito comum sua.

Dr. Andral, vai dar muito trabalho para os políticos de Campos e, em sequencia, alvo de muitos post's elogiosos, como este, do seu Blog. Não tenho dúvidas.

Dr. Andral é o nome mais limpo, descente, ético, capaz e, de imensa capacidade de liderança, que a política do nosso município teve nas últimas décadas. Pode acreditar.

Xacal disse...

Caro professor Vítor Longo,

não ceda aos estereótipos, apenas para destacar seu entusiasmo correligionário pelo prof.Andral, que a seu critério, é legítimo...

o xacal não costuma "desperdiçar" elogios porque tem alergia a hipocrisia elegante que permeia as relações sociais, da nossa "boa sociedade", que come ovo, arrota caviar, e adora defender conceitos privatistas e anti-estatais com o dinheiro público...

claro, esse não é, nem nunca será seu caso...

você, inclusive, já foi alvo de bons elogios por seu incentivo a práticas esportivas saudáveis...

o elogio banalizado está a um passo da bajulação subserviente, e isso, não é "nossa praia"...

mas voltemos ao tema principal:
o Prof. Andral...

veja que o elogio não está despregado de uma crítica fraterna, mas severa:

não basta honestidade, retidão e bons modos: isso é obrigação, e não qualidade competitiva...

resta saber o que pensa o prof Andral sobre o Estado, para quem devem servir os recursos disponíveis, pois, esta é a forma pior de corrupção, que os discursos moralistas e vestalistas escondem:

a quem serve o dinheiro que é de todos...???

aos poderosos grupos de comunicação, para comprar "elogios", como e o caso do ex-jornal onde escreve o prof Andral...???

ou para democratizar o acesso a informação de qualidade...??

para que servem as causas "ambientalistas"...?? para incluir ou excluir...????

para que serve o "moralismo neoudenista"...???

para garantir a máxima façam o que mando, mas não façam o que eu faço...

as companhias as quais o prof Andral arregimentou para essa sua cruzada cívica nos autoriza dizer que ele será um "museu de velhas novidades"...

pode ser que sim, pode ser que não...

um abraço, e obrigado pela democrática participação...sempre...

Blog Vitor Longo disse...

Caro Xacal,

Tudo tem o seu tempo. Vamos aguardar com um entusiasmo ansioso.

É verdade, eu sempre fui elogiado por ti. Desculpe-me.