sábado, 15 de agosto de 2009

TrOLhada do leitor...

Leia aí a nova proposta que surge do movimento
Beremiz disse...

Beremiz gostaria de propor um boicote não somente à compra do folheto da manhã, mas também (e principalmente) dos produtos e serviços das empresas que anunciam neste veículo.

Acredito que comprar o folheto ninguém ainda o faça, mas precisamos ir além, ou seja, atacar uma parte de sua receita financeira que é oriunda das empresas anunciantes.

Há de se responsabilizar também aqueles que ainda utilizam este decrépito meio para propaganda. Há de se cobrar não somente responsabilidade moral e ética dos anunciantes, mas imputá-los prejuízos caso ajam de forma diferente. Este é dos poucos "enforcement" compreendidos pelos empresários: o seu próprio bolso!

Precisamos de um movimento que imponha custos à empresa jornalesca e aos seus colaboradores (patrocinadores).

Que os anunciantes deixem de anunciar, que os intelectuais deixem de colaborar com entrevistas e artigos (se é que ainda existe algum que ainda o faça), que os leitores desprezem solenimente as publicações. Enfim, que façamos uma contra-investida séria, organizada e eficiente!

Grande abraço,

Beremiz



21 comentários:

Jules Rimet disse...

Sugiro a criação de uma logo marca, do tipo 'EU NÃO LEIO A FOLHA DA MANHÃ", para camisetas, que tal?

felixmanhaes disse...

Xacal, postei no meu blog e estou sugerindo que o criador da logomarca ou alguém produza adesivos que poderiam custar um valor a ser definido (eu sugiro 10 reais). O meu já podem reservar.
Essa arrecadação seria feita de forma transparente (o seu blog poderia criar um portal da transparência para acompanhar a campanha). Ao final, se não fosse necessária a utilização dos recursos, seja por desistência da Folha da Manhã, o que é o mais recomendado ou, o piamente acreditamos, o ganho de causa para o nosso companheiro Roberto, esses recursos teriam uma destinação que a própria Rede Blog decidiria.

Anônimo disse...

Eu assino embaixo. Podem contar comigo. Ideia ótima!

Roberto Torres disse...

Gostei dessa idéia tb.

Anônimo disse...

Acho no mínimo questionável a decisão de retorno às aulas neste momento. Os motivos me parecem óbvios:

1) O clima continua propício à disseminação viral;
2) O nível sócio-econômico da grande maioria dos alunos torna quase risível esperar que se eduquem de um dia para outro (lavar as mãos, obstruir espirros e tosses, etc);
3) Países onde houve contágio semelhante, como Argentina e México, o número de casos só caiu com fechamento de cinemas, escolas, teatros, shoppings. Medidas muito mais sérias do que distribuir copos de plástico e cartilhas;
4) Não há como lecionar sem nos expormos (e aos nossos familiares). Principalmente os que temos esposas gestas e /ou filhos pequenos.
5) A recomendação é que alunos com sintomas gripais sejam afastados...como faremos mesmo isso? Pagaremos o risco de um processo por discriminação?? Nos ausentaremos da sala se não houver solução?
6) As infecções por influenza ocorrem em 'ondas' (de 3 a 4) como divulgado pelos pesquisadores...de acordo com a expansão no número de casos estamos na primeira.
7) Não houve estabilização no número de óbtidos suspeitos e confirmados, fator este dito determinante no retorno às atividades usuais em grupo.
8) Como serão substituídas as servidoras/trabalhadoras grávidas?
9) O diagnóstico de gestação é realizado cerca de 50 dias após o início do período gestacional, fase em que há grande fragilidade imunológica da grávida. Quantos óbtidos serão contados nessas gestantes desavisadas?
10) Várias greves e outras sitações supracotidianas já impuseram aulas em período extraordinário. Os óbitos anotados e os que ainda estão por vir não seriam uma situação mais do que adequada ?
11) Convivemos, a grande maioria, com alunos que urinam no chão dos banheiros (e até pátios), cospem nas pias e torneiras (no chão nem se comenta) e muitas vezes o fazem como reação a atitudes disciplinadoras dos professores...imaginem um escolar ou mesmo universitário que não se importe com o próximo e se sinta excluído?
12) Os recursos na grande maioria das escolas e universidades não permite a compra de quadros negros e carteiras. Espera-se que forneçam de hora para outra bebedouros com garrafões de água mineral? Pois é óbvio que os bebedouros comuns são uma ótima fonte de contaminação (saliva), mesmo usando-se copos descartáveis.
13) Finalizo com uma pergunta: os colegas imaginam que 40, 60 alunos permaneçam em sala com clima frio por 3, 4 h sem espirrar ou tossir sem proteger o próximo (para o alto)?


Leandro Bastos, Pós-Dsc.
Prof. Titular Ciências da Saúde/ Virologia UFF
Campus Valonguinho - Niterói, RJ.
21-98675534

Anônimo disse...

Gostaria de parabenizar a exposição de motivos apresentada pelo Prof. Dr. Leandro Bastos, da UFF/Niterói que, num simples comentário nesse seu blog, Xacal, dá uma verdadeira aula de cidadania.
Acho uma irresponsabilidade muito grande a decisão por parte das autoridades educacionais e até sanitárias em permitir a volta às aulas nesta próxima segunda-feira.
Graças a Deus, o Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação começa a se inquietar perante à decisão.Dizer que a situação em Campos dos Goytacazes está sob controle é BRINCADEIRA, É DESRESPEITO. Só quem tem acesso aos hospitais, postos de saúde, laboratórios tem como sustentar e dizer que vivenciamos dias muito sérios com relação à disseminação do vírus da gripe suína. Sugiro ao Xacal que é uma pessoa antenada com questões sociais das mais relevantes que traga o comentário do Prof. Leandro sob forma mais destacada.
Abram os portões das Insituições de Ensino e aguardem os resultados. Infelizmente, o profissional sério não têm voz ativa. Talvez só seja consultado em momento extremo.Estamos de braços abertos colocando nossas vidas em risco a espera do doente que quando nos chega , já não há muito o que fazer.

Bicho Possuído disse...

Sobre o comentário do Prof. Leandro Bastos nção precisa dizer mais nada, pois está completo e perfeito.
Xacal, cabe até um post para ele.
Como já tinha dito antes, se não fosse caso de gravidade o Secretário Paulo Nagazaki Hiroshima não teria mandado a sua família para a praia. Ou será que eles estão lá curtindo férias?

Quanto ao boicote da Folha da manhã a ideia de fazer adesivos para carro é excelente, pois desta forma estaremos exteriorizando este ato contra a censura que está adstrito somente aos leitores dos blogs, e que infelizmente, não alcançam a maioria da população.

Poderíamos estender posteriormente o boicote ao jornal "O Diabo".

Bicho Possuído

Anônimo disse...

O boicote deve ser também contra o jornal o diário, afinal , ele representa o mesmo estilo de impresa, no entanto, sob o comando de Garotinho.

Anônimo disse...

Sugiro um movimento, em decorrência do movimento de liberdade de expressão, chamado "Vem Roberto Moraes".
É hora de uma nova era...
Abraço
Paulo Sérgio

Anônimo disse...

Realmente é um completo absurdo o retorno às aulas.

Pergunta: o secretário de saúde(Dr Hirano)e o vice-prefeito(Dr Chicão) deixarão as suas respectivas filhas retornarem às aulas no dia 17?

Anônimo disse...

Xacal, parabéns pela campanha a favor da liberdade de expressão e repúdio a censura. No entanto é preciso cuidado para não caírmos no radialismo exacerbado. O macarismo odioso e tão condenável quanto...O foco é a liberdade como via de mão dupla, sempre...

Anônimo disse...

xacal vc e um babaca - todo homem se se esconde no anonimato nao e homem - vc deve ser uma bichona revoltada(jornalista)q foi mandado embora de um desses jornais por incompetencia
o justiceiro do mato(anderson souza) - cpf 344900167-87
eu mato a cobra e enfio o pau na xacalzinha - ops cho q vc nao vai postar isso
coisa de bicha ficar escolhendo nomezinho de campanha contra um merda de um jornal a ditadura q ja acabou a anos e q vc nao viveu nem esses babaca q escrevem aqui - ninguem aguentaria nem um bafo de um capitao interrogando-os- vai arranjar alguma coisa produtiva para fazer
Esse tal de roberto moraes e um politico frustro so ecreve babaquice - pinta uma coisa q nao e

Anônimo disse...

Para completar o comentário das 18:13, apenas uma observação. O Secretário de Saúde cancelou aniversário de uma criança da família. Eles sabem como nós sabemos o perigo que anda batendo às portas de todos nós, INDISTINTAMENTE.
Por favor, repensem Direções de Instituições de Ensino se devem abrir realmente as aulas na segunda-feira.Não é vergonha retroceder.

Bicho Possuído disse...

Poderíamos aproveitar os movimentos de campanha para lançar outra:

"Suma Garotinho".

Bicho Possuído

Xacal disse...

parece que a memória mais recorrente que o "justiceiro do mato"(uiii...será uma super-paca...???)tem é o bafo do capitão no cangote...!!!

conta mais, minha filha, conta mais, o que fizeram com você no pau de arara...isso se você não estiver com as mãos e a boquinha ocupada...

Anônimo disse...

Acho que postar comentários como do imbecil anônimo das 20:23, não acrescenta nada de bom pro blog!
Mariana Arêas

Bicho Possuído disse...

Xacal,

São os carrapatos do saco do coronel da Lapa aparecendo.
A merda é que eles se proliferam em uma velocidade espantosa. Haja Triatox para acabar com todos eles.
São uns verdadeiros parasitas sugadores de dinheiro público, assim como seus hospedeiros da Lapa.

O secretário Paulo Hiroshima Nagazaki é tão bonzinho, só que com a família dele, pois enquanto cancela a festinha da criancinha da família, obriga os dentistas atenderem, mesmo não sendo serviço de urgência. Isso sem contar que não tem luva apropriada (usam a ginecológica), a mesma máscara para todos os pacientes, e economizando papel toalha.

Enquanto isto sua família Hiroshima está em quarentena na praia.
No dos outros é refresco.

Bicho Possuído
"matador de carrapatos"

Xacal disse...

mariana, eu concordo...em parte...!

a publicação serve, no entanto, a alguns propósitos, bem definidos, e para os quais estamos sempre atentos:

1-garantir, mesmo que em baixo nível, a pluralidade e democracia que eles nem de longe são capazes de praticar, ou seja, sempre poderemos dizer: aqui vocês falam o que não nos permitem dizer por lá;
2-expor ao ridículo esses imbecis, intelectualmente inferiores, incapazes de articular e proferir algo de aproveitável;
3-utilizá-los como "sparrings"...

é só isso, nada mais...

Anônimo disse...

Quanto ao comentário da Marina... é assim que os jornalistas pagos e de diploma, e os funcionários de garotinho e da folha, se comportam diante de um debate, afinal, eles não tem conteúdo.
Fazem isso para tentar desqualificar o local de debate, tirando o foco do que está sendo discutido, e tentar levar para o seu jornal, o "verdadeiro" debate.
Mas, como disse, são fracos de conteúdo, além disso, se perdem quando, neste blog, Xacal consegue tirar suas máscaras.
Por isso, também concordo que o boicote deve ser contra a folha e o jornal de garotinho,o diário.
Abraço
Paulo Sérgio

Beremiz disse...

Beremiz achou muito interessante a idéias dos adesivos e camisetas. Só não gostou do slogan conter o nome do jornal porque com alusão direta estaríamos fazendo progapanda.

Como já temos um logotipo (ainda acho que poderíamos procurar um nome para o mascote, aquele computador amordaçado, que tal uma votação?), poderíamos utilizar os desenhos com slogans variados, desde que não utilizemos o nome do folheto para não fazermos propaganda, e nem com nomes individualizados (para não permitir que nos acusem de fazer campanha eleitoral e também porque a força do movimento reside exatamente no fato da ação ter atingido direitos de toda a coletividade e não somente do réu; por ele devemos correr a sacolinha e mobilizarmos recursos para cobrir os custos judiciais).


Abraços do Beremiz



abraços do Beremiz,

Anônimo disse...

Há, em nosso município, 822 casos confirmados de gripe suína.