segunda-feira, 3 de agosto de 2009

TroLhaDa do leitor(A)...

Essa nos chegou ontem à noite, e veio do Gustavo don Cabezza Lopes...Por pura preguiça, deixamos para publicar hoje, pela manhã...

"A estrada é de terra, deserta. O homem solitário desce do carro para a simples operação da troca de pneu e constata que está sem o macaco. Um ponto de luz no topo da montanha dá-lhe esperança, há homem ali, há macaco. O homem caminha em direção à luz. Certamente aquele ermitão tem um macaco. Emprestará? Claro que sim. O macaco Pode estar quebrado. Não estará quebrado. Alguém pode tê-lo roubado. Ninguém o roubou, mas o ermitão poderá simplesmente não emprestá-la. Claro que não emprestará, é um veado o ermitão. Não emprestará de forma alguma; Aquele idiota não vai emprestar. o macaco: Não vai mesmo, aquele imbecil quer que o mundo se foda. Pensamentos ruins vão se formando na mente do homem solitário, enquanto seu fígado é estragado pelas enzimas do ódio. Ele nem percebe que caminhou oito quilômetros. Pára em frente ao casebre. Bate na porta. Um senhor vem abri-la, sorri gentilmente, pois não, ele diz. Enfia o macaco no cu."

[O Matador (Patrícia Melo)]

Um comentário:

Anônimo disse...

Grande companheiro "Big Head".
Um dos caras mais sensatos politicamente que eu conheço. Também não é para menos, com essa cabeça.

Abraços

Bicho Possuído