sexta-feira, 21 de agosto de 2009

TrOlHada do leitor(a)...


Podemos ser machistas, mas nunca anti-democráticos...Publicamos a reclamação da leitor(a), e de quebra, uma tirinha do Laerte, aí em cima, sobre o que pensamos do assunto...Cilque para aumentar a imagem...Ahh, e antes que eu esqueça: a "doutora" prefere "terapia individual ou grupal"...???Para mim, tanto faz...

Anônimo disse...

Quanta grosseria. Acho que você sofre de transtorno bipolar. Ora lúcido, ora insano. Uma certa dose de loucura é fundamental mas o comentário machista e preconceituoso é de péssimo gosto.

21 de Agosto de 2009 14:57

9 comentários:

Xacal disse...

só um comentário adicional...vejam como a doutora se enreda na própria teia:

"Uma certa dose de loucura é fundamenta(...)"

ué, mas como saber a medida exata, qual é a régua que define esse limite...

hummm, quer dizer que algemas pode, mas beijar na boca nunca...hummmm, entendi...!!!

tenha paciência minha querida recalcada...

Anônimo disse...

"Podemos ser machista mas não antidemocráta". Há dicotomia? Não há nada mais antidemocrata que um homem machista. À propósito: por que podemos ser machista? fica melhor assumir o seu discurso na primeira pessoa do singular- posso ser, sou - essa neutralidade não lhe cabe bem. Quanto a uma certa dose de loucura, fundamental, não há realmente como saber a medida exata, já que não é matematizada. O que não vale é a grosseria...

Xacal disse...

reconhecer-se machista já um passo rumo a Democracia, ou não...???

sem determinismos, doutoura...e não se leve tão a sério, não me leve tão a sério, e nem nos leve tão a sério...

essa pirraça feminista não resiste a uma boa taça de vinho, umas flores e uma bafejada no cangote...

tudo com doses de loucura e sanidade, rigorosamente prescritas e recomendadas pela nossa doutora...

o e-mail tá aí do lado...

Anônimo disse...

""essa pirraça feminista não resiste a uma boa taça de vinho, umas flores e uma bafejada no cangote..."

Anônimo disse...

""essa pirraça feminista não resiste a uma boa taça de vinho, umas flores e uma bafejada no cangote..."


Que coisa mais machista!
Eca!!!!
Mariana

Xacal disse...

eu também acho Mariana,

mas veja você, que para determinados tipos de recalcadas, só comentários machistas resolvem...

o que não é o seu caso, é claro...!!!

você só receberá os melhores comentários...

Anônimo disse...

"essa pirraça feminista não resiste a uma boa taça de vinho, umas flores e uma bafejada no cangote" Recursos de um bêbado brocha! Já que você dormiu depois da "bafejada no cangote" escrevo para acrescentar que a mulherada não resiste mesmo a uma boa "pegada"!! Tomou?

Xacal disse...

se o seu desempenho responder tão rápidos aos estímulos, como a sua resposta(quase um ano depois), não há "cristão" que resista: é brochante e sonolenta mesmo...

tente outra vez, pegue q senha e entre na fila...mas vê se não demora tanto...

eu sei, eu sei que os pouquíssimos neurônios não ajudam, mas se esforce, vai doer um pouquinho, mas compensa...

Xacal disse...

editando: (...)tão rápido aos estímulos(...)