terça-feira, 22 de setembro de 2009

Cinismo...

Não há palavras para nomear o comportamento de nossos parlamentares...
Vejam o que descobri no blog estouprocurandooquefazer.blogspot.com...
Em meio ao escândalo que segue abafado, das "Meninas de Guarus", eis que um dos edis proclama sua hipocrisia aos quatro ventos...
Além do enorme escárnio conosco, ainda persite a prolixia parlamentar, muito bem diagnosticada pelas meninas superpoderosas: O poder executivo não precisa de Lei que o autorize a publicar campanhas contra a pedofilia...
Bom, a não ser que diante do "silêncio obsequioso" de todos, só se faça isso por força de Lei mesmo...é pode ser...Leia aí o disparate...resta saber quem estará para votar...

VEREADOR CARLOS ALBERTO MARQUES NOGUEIRA

- Projeto de Lei nº 0161/09 – Autoriza o Poder Executivo a colocar e fazer manutenção dos cartazes em transportes coletivos com mensagens para prevenção a pedofilia no Município de Campos dos Goytacazes, e dá outras providências.

12 comentários:

Torcedor disse...

Xacal, das duas uma: ou é falta do que fazer, ou ó projeto prevê algo com dinheiro do erário.

Anônimo disse...

Segundo comentários na cidade Ilsan Viana a mais nova vereadora de Campos .
Site TSE.

Anônimo disse...

TSE defere registro de vereadora eleita em Campos dos Goytacazes (RJ)
22 de setembro de 2009 - 21h39

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) restabeleceu na sessão plenária desta terça-feira (22) a sentença dada por juiz eleitoral que deferiu o registro de Ilsan Maria Viana dos Santos (PDT), candidata eleita vereadora em Campos dos Goytacazes (RJ) nas eleições de 2008. A Corte considerou intempestivo o agravo de regimento apresentado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) contra a decisão na origem.

O registro de candidatura havia sido recusado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), que alterou a sentença. O juiz eleitoral, por sua vez, havia rejeitado a ação movida pelo Ministério Público Eleitoral, baseada em incompatibilidade da vida pregressa da candidata.

Ainda de acordo com o MP, como subdiretora executiva da Associação de Proteção à Infância de Campos, mantida com recursos públicos, Ilsan Maria Viana deveria ter se desincompatilizado da função para concorrer ao cargo, segundo o que estabelece a Lei Complementar 64/90.

A defesa da candidata eleita, no entanto, salientou que não havia, na ocasião, tempo hábil de seis meses para a desincompatibilização e que a associação tem caráter particular, não sendo custeada por entidade pública, no caso a prefeitura de Campos.

O ministro Fernando Gonçalves, relator do processo, acolheu o recurso proposto por Ilsan Viana, restabelecendo o seu registro de candidata. O relator afirmou que o MPE não atendeu ao princípio da rapidez para a apresentação de recursos que a legislação eleitoral exige. O artigo 258 do Código Eleitoral estabelece que o recurso deverá ser apresentado em três dias da publicação do ato, resolução ou despacho judicial, sempre que a lei não fixar prazo especial.

“No caso, é preciso se ater à supremacia da celeridade exigida pela Justiça Eleitoral para a interposição de recurso”, ressaltou o ministro.

Anônimo disse...

Ilsan Viana vereadora de Campos ,agora vamos ter oposição.Junto com Marcos B. é lógico.

Anônimo disse...

Ilsan entra qual o vereador que sai?

Anônimo disse...

Enquanto isso do outro lado da moeda.
Site TSE.

Ministro nega liminar no processo em que Geraldo Pudim pede justa causa para deixar PMDB
18 de setembro de 2009 - 19h22
Ver Arquivos
O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marcelo Ribeiro (foto), negou liminar no processo em que o deputado federal Geraldo Pudim pede que seja reconhecida a justa causa para deixar o PMDB, partido pelo qual foi eleito em 2006 no Rio de Janeiro. O parlamentar pedia antecipação de tutela, ou seja, queria poder deixar o partido antes da decisão final da Corte.

O argumento do deputado é de que vem sofrendo discriminação pessoal por parte dos dirigentes da legenda. Além disso, afirma temer não ser escolhido em convenção partidária do PMDB para concorrer à reeleição no ano que vem e, dessa forma, ficar sem legenda para a disputa eleitoral.

Esta preocupação se justificaria pelo fato de o partido considerar “persona non grata” aqueles que não aceitarem o posicionamento do diretório estadual fluminense em apoiar a reeleição do governador Sérgio Cabral. Esse seria o caso de Pudim, que é um dos simpatizantes da candidatura do ex- governador Anthony Garotinho ao governo do Rio de Janeiro.

Ao negar o pedido, o ministro ressaltou que não ficou comprovado o receio de dano irreparável ou de difícil reparação que justificasse o atendimento ao pedido de liminar. Isso porque “eventual desligamento do requerente dos quadros do PMDB não importa em perda automática do mandato, que ficaria condicionada a eventual propositura de ação para esse fim e não ao reconhecimento da justa causa”. E, nesse sentido, o ministro lembrou que o próprio deputado disse na inicial do processo que o partido não pretende pedir a perda do mandato obtido nas eleições 2006.

Por fim, o ministro destacou que para concessão do pedido de liminar se exige prova inequívoca das alegações, o que não ocorreu no caso em questão, pois as provas apresentadas pelo deputado apresentam falhas, tais como cópias de ofícios sem autenticação e notícias veiculadas em mídias eletrônicas sem que as fontes tenham sido citadas.

Processo relacionado:
Petição 3005

Xacal disse...

Essa é a questão:

a ex-última-dama fará oposição a quê...???

ao modelo ao qual ela mesmo se locupletou por anos...???

ela disputará com o vereador aludido a primazia de contestar práticas que eles mesmos foram e são beneficiários...???

depois que ela devolver os 1.8 milhão que "torrou" para virar destaque na Sapucaí, quem sabem poderemos falar da "sinceridade" de seus propósitos...

tenham paciência...

Anônimo disse...

7X0 no TSE.
O que diz o TRE?

Anônimo disse...

xacal nao to aqui pra dizer se esta certo ou errado!!! mais dizer q ilsan eh isso ou aquilo longe de mim...
mais na boa essa mulher realmente vale a pena entrar nessa camara que ai esta!!! pois ela eh guerreira SIM, por mais que se teve desvio do que for mais ela teve pulso firme e grandes projetos q pos em pratica e foi se deteriorando ao longo dos anos por nao haver manutençao dos mesmo!!!
mais torço e espero q ela tenha voz e vez nessa camara e nao se deixe levar por este grupo q so soube detoná-la...
Enfim SUCESSO!

Anônimo disse...

ABAIXO A PEDOFILIA !!!
Pedofilia é uma coisa totalmente mosntruosa!

Xacal disse...

comentarista das 23:57,

você tem todo o direito de "torcer" a apoiar "quem quer que seja", inclusive uma figura, no mínimo, "controversa"(apenas para ser elegante)...

o que você não tem direito é distorcer os fatos em nome de seus anseios...

não sei se está certo ou errado...??? como assim: torrar dinheiro público, desrespeitar todas as normas, utilizar um dos maiores esquemas de captação e aliciamento de eleitores, enfim, participar de um governo corrupto como o do marido, e você não sabe se está certo ou errado...???

guerreira...??? só se for pelo dinheiro nosso...

projetos...???

pelamordedeus, vai ser cínico assim lá na Marquês de Sapucaí...!!!

Anônimo disse...

Nem acredito qdo vejo alguém defendendo essa mulher que era apenas mulher de Arnaldo e derrepente se torna uma das maiores donas de móveis e imóveis daqui, búzios e afins. Fez birra com a APIC em detrimento dos usuários apenas por vaidade e sem trocadilhos......cadê a reputação??