quinta-feira, 17 de setembro de 2009

De volta ao que interessa...

Bom, depois desse breve interlúdio, onde fizemos um tour pedagógico, e mostramos como atrair e imobilizar, na blogosfera(é claro), uma campanha, voltemos aos assuntos realmente importantes...

O caríssimo George Gomes Coutinho nos envia mensagem...E como sempre, suas obervações são argutas, e enriquecem o debate...Nesse caso, trata-se do financiamento público de campanha, mas o pano de fundo é a hipocrisia dos jornalista de coleira e os donos da mídia, que fingem promover cruzadas moralistas, mas que sempre se afastam do cerne do problema, naquele nefasto e conhecido jogo de manter intactas as estruturas e interesses de seus "sócios" do poder....

Leia aí, e tire você mesmo suas conclusões...

Prezad@s,

Será que o Jornal Nacional ou Renato Machado amanhã comentarão, estupefactos, sobre a conexão entre as legendas partidárias (PSDB, DEM, PTB) e a NEGAÇÃO DA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES sobre quem financia as campanhas????

Diferentemente dos spams e outros elementos pouco construtivos para que se analise a política brasileira (resumido a factóides preconceituosos) esta informação é absolutamente verídica.

Duvido que tenhamos um debate sequer razoável na grande e golpista mídia.

Abçs

George


http://uolpolitica.blog.uol.com.br/arch2009-09-13_2009-09-19.html#2009_09-16_13_28_33-9961110-0 (acesso em 16 de setembro de 2009)


12h28 - 16/09/2009

Conheça quem votou a favor das doações ocultas

Os senadores decidiram nesta terça-feira (15.set) que as doações para políticos devem continuar ocultas até o dia da eleição. Desta forma, o eleitor continuará tendo de votar sem saber de quem seu candidato recebeu dinheiro durante a campanha.

Atualmente, o político só é obrigado a fazer declarações genéricas antes da eleição. O candidato só deve divulgar quem são os doadores depois do pleito.


Já as declarações dos partidos são feitas no ano seguinte à eleição, o que dificulta a fiscalização das contas pela Justiça Eleitoral.

Emenda de autoria do senador Eduardo Suplicy (PT-SP) ao projeto de lei da reforma eleitoral daria aos eleitores acesso a uma lista com os doadores de cada candidato nos dias 6 e 30 de setembro do ano eleitoral.

O texto rejeitado também obrigava os partidos a declararem as doações antes das eleições realizadas no mês de outubro.

A emenda foi derrubada por 39 senadores. Outros 23 foram favoráveis à transparência nas doações.

A seguir, a lista de nomes e e-mails dos senadores e como eles votaram sobre as doações ocultas para suas campanhas.

Contra o fim das doações ocultas:

Adelmir Santana (DEM-DF) - adelmir.santana@senador.gov.br
Alvaro Dias(PSDB-PR)- alvarodias@senador.gov.br
Arthur Virgílio (PSDB-AM) - arthur.virgilio@senador.gov.br
César Borges (PR-BA) - cesarborges@senador.gov.br
Cícero Lucena (PSDB-PB) - cicero.lucena@senador.gov.br
Eduardo Azeredo (PSDB-MG) - eduardoazeredo@senador.gov.br
Efraim Morais (DEM-PB) - efraim.morais@senador.gov.br
Epitácio Cafeteira (PTB-MA) - ecafeteira@senador.gov.br
Expedito Júnior (PR-RO) - expedito.junior@senador.gov.br
Fernando Collor (PTB-AL) - fernando.collor@senador.gov.br
Flexa Ribeiro (PSDB-PA) - flexaribeiro@senador.gov.br
Francisco Dornelles (PP-RJ) - francisco.dornelles@senador.gov.br
Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) - garibaldi.alves@senador.gov.br
Geraldo Mesquita Júnior (PMDB-AC) - geraldo.mesquita@senador.gov.br
Gerson Camata (PMDB-ES) - gecamata@senador.gov.br
Gilberto Goellner (DEM-MT) - gilberto.goellner@senador.gov.br
Gilvam Borges (PMDB-AP) - gilvamborges@senador.gov.br
Heráclito Fortes (DEM-PI) - heraclito.fortes@senador.gov.br
Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) - jarbas.vasconcelos@senador.gov.br
João Tenório (PSDB-AL) - jtenorio@senador.gov.br
João Vicente Claudino (PTB-PI) - j.v.claudino@senador.gov.br
José Agripino (DEM-RN) - jose.agripino@senador.gov.br
Kátia Abreu (DEM-TO) - katia.abreu@senadora.gov.br
Lobão Filho (PMDB-MA) - lobaofilho@senador.gov.br
Lúcia Vânia (PSDB-GO) - lucia.vania@senadora.gov.br
Mão Santa (PMDB-PI) - maosanta@senador.gov.br
Marco Maciel (DEM-PE) - marco.maciel@senador.gov.br
Marconi Perillo (PSDB-GO) - marconi.perillo@senador.gov.br
Marisa Serrano (PSDB-MS) - marisa.serrano@senadora.gov.br
Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) - mozarildo@senador.gov.br
Papaléo Paes (PSDB-AP) - gab.papaleopaes@senado.gov.br
Raimundo Colombo (DEM-SC) - raimundocolombo@senador.gov.br
Renan Calheiros (PMDB-AL) - renan.calheiros@senador.gov.br
Roberto Cavalcanti (PRB-PB) - robertocavalcanti@senador.gov.br
Romeu Tuma (PTB-SP) - romeu.tuma@senador.gov.br
Rosalba Ciarlini (DEM-RN) - rosalba.ciarlini@senadora.gov.br
Sérgio Guerra (PSDB-PE) - sergio.guerra@senador.gov.br
Tasso Jereissati (PSDB-CE) - tasso.jereissati@senador.gov.br
Valdir Raupp (PMDB-RO) - valdir.raupp@senador.gov.br

A favor do fim das doações ocultas:

Aloizio Mercadante (PT-SP) - mercadante@senador.gov.br
Antonio Carlos Júnior (DEM-BA) - acmjr@senador.gov.br
Antonio Carlos Valadares (PSB-CE) - antval@senador.gov.br
Augusto Botelho (PT-RR) - augusto.botelho@senador.gov.br
Cristovam Buarque (PDT-DF) - cristovam@senador.gov.br
Delcídio Amaral (PT-MS) - delcidio.amaral@senador.gov.br
Eduardo Suplicy (PT-SP) - eduardo.suplicy@senador.gov.br
Fátima Cleide (PT-RO) - fatima.cleide@senadora.gov.br
Flávio Arns (Sem partido-PR) - flavioarns@senador.gov.br
Flávio Torres (PDT-CE) - flaviotorres@senador.gov.br
Ideli Salvatti (PT-SC) - ideli.salvatti@senadora.gov.br
Inácio Arruda (PcdoB-CE) - inacioarruda@senador.gov.br
Jefferson Praia (PDT-AM) - jefferson.praia@senador.gov.br
João Ribeiro (PR-TO) - joaoribeiro@senador.gov.br
Marcelo Crivella (PRB-RJ) - crivella@senador.gov.br
Marina Silva (PV-AC) - marinasi@senado.gov.br
Neuto De Conto (PMDB-SC) - neutodeconto@senador.gov.br
Osmar Dias (PDT-PR) - osmardias@senador.gov.br
Pedro Simon (PMDB-RS) - simon@senador.gov.br
Renato Casagrande (PSB-ES) - renatoc@senador.gov.br
Sérgio Zambiasi (PTB-RS) - zambiasi@senador.gov.br
Serys Slhessarenko (PT-MT) - serys@senadora.gov.br
Valter Pereira (PMDB-MS) - valterpereira@senador.gov.br

(com reportagem de Piero Locatelli, do UOL, em Brasília)

Por Fernando Rodrigues



3 comentários:

Anônimo disse...

Não esperava outra coisa do senador Aluizio Mercadante!

George Gomes Coutinho disse...

Será que o anônimo leu o texto postado?

Xacal disse...

é muito difícil...é por essas e outras que dia 29.12, eu passo a bola...