sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Falta de controle, e ou amnésia seletiva....???

No período de transição, entre o governo dos telhadeiros de vidro e o atual, o dos pecadeiros da lapa, houve um fato singular, que revela boa parte das engrenagens que movem esse modelo de administração compartilhado pelas duas facções...

Vocês se lembram que em um programa radiofônico do torquemada da lapa, a "repórter" conhecida como feiamara realizou uma "investigação de campo", e decobriu que uma das fornecedoras da pmcg, à época, estava domiciliada no Farol de São Thomé, em um endereço residencial, e que no local, não havia nenhum vestígio ou indício que funcionasse uma atividade empresarial...

Logo depois, já no governo do mil patetas, o Diário Oficial do município, publicou um termo aditivo de contrato, onde a mesmíssima empresa, antes acusada de irregularidade, inclusive por receber por serviços e bens que não prestara(na ocasião, fornecimento de gêneros alimentícios e outros insumos a Fundação da Infância e Juventude), figurava como contratada da atual administração, especificamente, agora como fornecedora de serviços de engenharia civil(reforma)de escolas municipais...

Já causaria estranheza tanta "elasticidade" do contrato social, e "capacidade" de prestar serviços tão distintos: fornecimentos de gêneros alimentícios e afins, com engenharia civil...

Mas o fato mais estarrecedor é que uma empresa denunciada por práticas irregulares continuar a figurar como fornecedora da pmcg...

Eis que a estranha "coincidência" se repete...

Uma parte das empresas investigadas na Operação Alta Tensão, e que já se sabe, também participaram de "esquemas" fraudulentos em outros órgãos da pmcg, no fim do ano de 2008, continuam a prestar serviços e fornecer bens a atual administração...

Bom, as pessoas e empresas podem se regenerar, é verdade...Mas a julgar pelos acontecimentos dos últimos 20 anos nessa cidade, e a se considerar que boa parte dos "atores" continuam os mesmos, seria de bom tom evitar que tais "empresas" contratassem com o Erário...

Essa, inclusive, é uma das sanções previstas para quem frauda licitações e desvia dinheiro público...É certo que até que haja trânsito em julgado, todos não podem ser considerados culpados...
Mas uma boa "medida cautelar" seria esperar a conclusão das ações judiciais até que essas empresas pudessem voltar a participar de qulaquer certame, em qualquer parte do país...

Sim, porque há um modus operandi singular: muitas dessas empresas alteram seus contratos sociais, e parte do quadro societário, os laranjas, mas mantêm os "controladores de fato", os pilotos, e "migram" para outras cidades, "administradas" por governos "aliados"...É o "cruzamento" de contratos e empresas, uma "tecnologia" emprestada do nepotismo cruzado, onde um aliado nomeia o parente do outro aliado...

Ficam perguntas:

Que tipo de "controle" é exercido na pmcg...???

Para que serve o TCE...não há um cadastro de empresas em situação irregular, nos moldes do SPC, que protege o crédito contra maus pagadores...???

E a câmara...??? Os relatórios das CPI(zzas) não indicaram quais empresas e sócios deveriam ser impedidas, ao menos por enquanto, de contratar com o poder público...???

Eu acho que ninguém vai querer responder...Por que será...???

5 comentários:

Claudio Kezen disse...

Caro Xacal,

A resposta é simples. A atual administração sofre de um conhecido transtorno:

Fenômeno Ordinário De Amnésia Multi Seletiva Endógino.

Popularmente conhecido como:

FODAM-SE.

O Filho do Cabrunco disse...

Na verdade, uma das promessas de campanha da ilustre prefeita foi a de que não seria aceita a contratação de empresas envolvidas em esquemas fraudulentos nos últimos governos. Com a palavra, a prefeita Rosinha...

Anônimo disse...

Concordo com o Claudio Kezen!!!!

Anônimo disse...

Xacal, mais uma vez venho ao seu blog para lembrar de um caso parecido com este. O da TORONTO TE TERRAPLANAGEM E ELETRICA LT. Esta empresa passou por diversos governo desde 1996, atuando de forma fantasma, sem que o seu verdadeiro dono soubesse de seu uso indevido nos gorvenos. Mesmo quado ele descobriu o uso indevido denunciou ao prefeito da epoca, e o baixinho nada fez. A farra se desemrolou por anos a fio. Hoje tem libanês e gente grauda que viviam rindo com o CÚ na mão.HEHEHEHEHEHEH!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Garotinho gosta de criar fatos, fazer barulho, jogar para a mídia, mas na verdade faz a mesma coisa que condena. Ele é uma Canalha!