quinta-feira, 17 de setembro de 2009

O terreno da discórdia...

A "doação" de bens públicos a entidades, quaisquer que sejam suas naturezas(de classe, associações, beneméritas, etc)deve guardar estrito respeito a princípios claros de moralidade, publicidade e legalidade...Portanto, não basta a formalidade strictu sensu do ato administrativo, mas a MORALIDADE, lato sensu...

No caso da promessa de doação de um terreno que seria convertido em "sede campestre" da OAB, ainda pesam suspeições, principalmente, se o imóvel em questão estiver adistrito ao fundo municipal de previdência dos servidores, o PREVCAMPOS...Todos sabem, esses fundos, embora geridos pelo poder público, não integram o Erário, pois tem sua origem na contribuição retirada dos vencimentos dos servidores...

O que nos causa estranheza é o oportunismo de certos candidatos a presidência da OAB...

De acordo com suas próprias palavras, que reproduzimos aqui, estava ciente do fato desde a Exposição Agropecuária, ou seja, em julho desse ano...Leia:

"(...)O blog soube que o pedido foi feito pelo Presidente da OAB, em público, na Exposição Agropecuária. Claro que a doação não foi coercitiva, mas não podemos deixar de levar em conta o elemento surpresa do pedido.(...)"

Mas ainda assim, tentou manter obsequioso silêncio para, quem sabe, não admoestar os poucos votos que espera angariar dentre seus pares...Se desse errado o pedido, "meteria o pau", como deu "certo", calou, para não divulgar um feito do "outro", e para, como dissemos, não estrilar os advogados...No fundo, porque coaduna com o que foi solicitado...Quem é contra, é contra em qualquer situação, e em qualquer tempo, ou seja, desde o início, e não quando surge a polêmica...

Não adiantou, a blogosfera, que serve para divulgação, para a ampliação do direito humano a liberdade de expressão, mas que também, cumpre papel fiscalizador incansável, impeliu o candidato "imparcial" a ter que abandonar "sua cômoda eqüidistância" desse incômodo debate...

Foi atropelado pelos fatos, e agora tenta "correr atrás do prejuízo"...
Mas afinal, está certo ou está errado...??? A prefeita acertou em atender ao pedido...??? Ou a culpa é só de quem pede...???
Equilibrou-se em malabarismos semânticos para não "ofender" seus "donos e patrões da pmcg", o casal de napoleões...

Mas não teve jeito...Cada vez que fala, mais se afunda na lama movediça de sua incongruência...

De agora em diante, esse blog deixará de lado esse assunto(temporariamente)da eleição da OAB...Temos coisas mais importantes a tratar...

Até porque, no caso do "dotô imparcial", suas próprias palavras são sua condenação e sentença...


PS: só a título de curiosidade: doação coercitiva...??? o que é isso...se há coação, não se fala em doação, nobre causídico...Tanto malabarismo, só para livrar a "cara" dos napoelões...tsk,tsk,tsk,...Alguém mande esse rapaz a um cursinho básico de língua portuguesa, por favor...

5 comentários:

Anônimo disse...

Um município que está com seus hospitais sucateados, não tem dinheiro para comprar álcool gel para as escolas das crianças, não tem dinheiro para comprar remédios para os necessitados, tem uma rede de esgotos e galeria pluviais que abrange menos da metade da necessidade, está sem verba para tapar os intermináveis buracos das ruas, paga salário de fome aos seus servidores e professores, entre muitas outras mazelas, não pode se dar ao luxo de presentear uma entidade que não tem qualquer problema financeiro e, ainda que tivesse, não caberia à administração pública socorrê-la, principalmente fazendo doação para que seus sócios tenham mais lazer. Que interesse social existe nisso?
Não tenho dúvida de que é um caso típico que exige a atuação do Ministério Público.
Até a OAB entrando na mamata! Que vergonha! Será que seus membros aprovariam isso?
Nascimento Jr
nascimento.jr@bol.com.br

Anônimo disse...

Está na hora de algum advogado ajuizar uma ação popular para anular o vergonhoso ato lesivo aos cofres públicos.
Não se esqueçam, peçam a anulação liminarmente.
Uma ação dessa fará bem à integridade da entidade.
Área de lazer sim, mas não com o dinheiro público.

JOTA disse...

Aqueles que apedrejam serão os mesmos que se deleitarão nas águas da piscina da futura sede campestre!

Anônimo disse...

Mais uma vez a Trolha detonou o "dotozinho imparcial". Parabéns pelas sábias considerações, data venia. rsrs

Axel disse...

Pô, gente...

Doutorzinho tava na exposição agropecuária com seu stand de campanha.

Tipo, era o evento certo para ele se apresentar.

Mas deve ter sido dificil pro pessoal da exposição, não sabiam deveria ser exposto junto aos suínos, equinos ou bovinos...

Oh, dúvida cruel !!!