sábado, 31 de outubro de 2009

Começo tímido...

Se esse aqui fosse um espaço dedicado a auto-promoção, ou envergasse a arrogância típica dos meios tradicionais de mídia, que se arvoram de donos da verdade, e faróis da Humanidade, com certeza diríamos que integrantes da cúpula do governo estadual andam lendo essas mal traçadas linhas...

Mas não é nada disso...É tudo uma feliz coincidência...Feliz mesmo, para nós, presumo...

Durante a semana, enquanto "especialistas", "autoridades", etc, etc, clamavam por um "endurecimento" das ações contra os varejistas de droga nas comunidades carentes da capital, outros aplaudiam o furor homicida da polícia, e por fim, transformavam as mortes de policiais abatidos em helicópteros em "espetáculos de insanidade e manipulação do terror", falávamos aqui da necessidade de ações que deixassem a hipocrisia de lado(não se deve travar "guerras perdidas"), e que a principal possibilidade de diminuir os índices de prejuízos sociais causados pelo comércio ilegal de drogas é atingindo seu financiamento...

Ontem, o governo estadual e seus esquemas de mídia deram larga cobertura a prisão e confisco de pessoas e bens ligados ao Isaías do Borel, preso em Catanduvas...

Carros, apartamentos e "laranjas" foram serão levados às barras dos tribunais...

Ora, ora, ora, parece óbvio que é muito mais eficiente e "limpo" atacar a realimentação financeira que proporciona poderio de fogo a esses varejistas a tentar extrair das comunidades onde atuam os frutos dessa realimentação, ou seja: é mais fácil tirar-lhes o dinheiro a tirar as armas compradas com esse dinheiro...Se a droga é o produto da atividade ilícita, o dinheiro adquirido é PODER...

No entanto, fica a dúvida se essa correta ação policial e judicial se espalhará a degraus mais altos dessa "estrutura empresarial" do tráfico...Isaías do Borel é um "café pequeno"...Não é inofensivo, que fique claro, mas nem de longe é uma engrenagem fundamental da indústria do tráfico...Tanto é verdade que as cadeias estão cheias de "inimigos nº 1", como ele, e o tráfico persiste, cada vez mais forte...

Assim, a mudança de foco pode ser um alento, um sinal de que os neurônios das nossas autoridades estavam intactos...Ociosos até agora, é verdade, mas, felizmente, intactos...

Afinal, seria de bom tom vermos as autoridades e a sociedade exibirem coragem em extirpar de seu meio cidadãos e suas atividades "acima de qualquer suspeita", esses sim, verdadeiros sócios(patrocinadores/lucradores)de nossa tragédia diária...
Bancos, gerentes, empresários, parlamentares, médicos, juízes, promotores, advogados, policiais, indústrias, etc, etc, etc...
A lista é interminável, e a revelação de nomes e setores relacionados a lavagem internacional do dinheiro do tráfico de drogas e armas poderá nos dar assim a real dimensão desse problema...

Veremos assim, porque é tão inócuo colocar a polícia para dar tiro em "barracos" pendurados nos morros...

Aguardamos...

Nenhum comentário: