sábado, 10 de outubro de 2009

Hã...?!?!

É para contar com esse tipo de jornalista de coleira, que a administração municipal, através do grupo que lá se encontra, quer gastar 7 milhões de nossos impostos, conforme publicamos aí embaixo...

Veja o primor de puxassaquismo, mas que de tanto bajular, acaba por macular a imagem do "chefe(a)"...O trecho se refere a "cobertura" da solenidade de entrega de viaturas policiais terceirizadas(dessa vez, pelo Estado)...

"(...)

O que esperavam os jornalistas de coleira...? Um discurso descabelado, destemperado e de baixo nível...Por que a surpresa...? Será que esse não é o "padrão" da prefeita, e por isso o destaque...?

8 comentários:

Bicho Possuído disse...

Mas foi a Malfeitura que adquiriu as viaturas?
Até nisso eles tentam aproveitar carona.
São uns babacas populistas.
Falar em babaca populista, por onde anda o Coronel da Lapa?
Na certa está nos bastidores falando com os seus bonequinhos de chumbo de DAS: "faz isso", "isso não", "faz direito".

Bicho Possuído

Anônimo disse...

Tão bom seria se roubasse só as cenas...

Anônimo disse...

"roubando a cena", será que foi 'ato falho'?

Anônimo disse...

Acho que estavam esperando um discurso de baixo nível, centrado no desinteresse público!

Anônimo disse...

Puxassaquismo ou ato falho?

"roubando"

Anônimo disse...

Roubou a cena nada, eu estava lá, ela ficou falando que como todo profissão, na policia tb tem profissonais bons e ruins, só não entendi pq ela disse isso num evento para entregar a doação de carros.
Sem dizer na meia duzia que ela levou para vaiar Cabral, ai ai, ô povinho...

Anônimo disse...

A Sra. Prefeita não rouba a cena porque a sociedade a conhece muito bem. Tem um discurso fluente, sem dúvida que tem, tem lábia para convencer, tem( tem um professor e tanto ao lado) mas, infelizmente,ninguém acredita em nada. Deixa o tempo passar.Você verão.

Bicho Possuído disse...

o verbo foi muito bem colocado pelo jornalista de coleira. Roubar é o verbo mais praticado pelo exército pijaminha da Lapa, desde que surgiram na política.

Bicho Possuído