sábado, 3 de outubro de 2009

Os riscos da terceirização...

Falemos aqui sobre hipóteses, e esse é um exercício complicado...Mas o eixo do nosso discurso mantém-se intacto, quaisquer que sejam as conclusões das apurações do "vazamento" das provas do ENEM, promovidas pelo MEC./FINEP...

Sinceramente, sem cinismo algum, torço para que a possibilidade do vazamento ter "apenas" motivos "econômicos", ou seja, alguém se utilizou da sua condição privilegiada de acesso aos exames para auferir vantagem financeira...Mas, infelizmente, para a nossa Democracia, o que parece ganhar contornos de realidade, é a tese de que uma quadrilha utilizou o acesso as provas para vazá-las, e assim, colocar todo o prejuízo moral(para os alunos), e patrimonial(custo da impressão de noas provas, e toda logística envolvida), na "conta" do Fernando Haddad, Ministro da Educação, e virtual candidato a cargo eletivo, em SP...

Seria, se confirmada essa segunda, e mais provável hipótese, um desastre para a Democracia, como já dissemos, pois nossa cena política carece de uma oposição digna desse nome...O país carece disso, até para que o governo avance...


Bom, mas ainda que essse ou aquele resultado advier das investigações, fica a certeza de que a TERCEIRIZAÇÃO pode não ser uma mal em si mesma, mas é, de fato, um RISCO a mais, a ser considerado, toda vez que um ente de governo, quer seja federal, estadual ou municipal, deleguem a TERCEIROS as tarefaas que lhes são exclusivas...

O afastamento da esfera pública dos interesses públicos, para colocá-los sob a tutela dos interesses particulares, orientados por lucro, e todas as outras categorias de interesses vinculados a essa noção(a de lucro), colocam em alto risco as garantias que o contribuinte tem de fiscalizar e acompanhar a execução da admministração pública...

Esse exemplo catastrófico das provas do ENEM deveria servir de exemplo para a nossa Justiça, que anda "encantada" com a possibilidade de TERCEIRIZAR toda nossa administração municipal...

Infelizmente, os exemplos de fracasso das TERCEIRIZAÇÕES da atividade pública são freqüentes e escandalosos, ao redor de todo país...

Na revista Carta Capital da semana passada, nº 564, da página 28 a 30, sob título: "O embuste dos kits", está lá, a vergonhosa e escandalosa "terceirização" dos serviços de saúde do Governo do Distrito Federal...

Há muitos outros...muitos outros...alguns casos recentes, e pelos quais respondem até auxiliares muito próximos do casal de prefeitos(pecado capital), quando da sua gestão estadual...

Mas enfim, que é o xacal, senão um simples blogueiro, frente a "opinião fundamentada, técnica e acima de quaisquer suspeitas" das autoridades, juízes, e outras esferas de poder...?"

Um comentário:

Anônimo disse...

Xacal, você já reparou que na maioria das vezes quando o fato tem envolvido terceirização, nem sempre a idoneidade prevalece? O esquema de provas é um assunto muito sério. A equipe envolvida deveria ser bem mais selecionada, verificada, compromissada. Não, que ao serem utilizados funcionários ligados ao serviço público de qualquer esfera seja o ideal ( vaza e como vaza informação favorecendo a familiares e pessoas ligadas aos funcionários) mas, que o novo esquema de se contratar serviço terceirizado tem causado muito mais problema, tem.Roda mundo pra lá e pra cá, a criatura humana tem perdido a sua credibilidade há tempo.