quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Calça de veludo, ou bunda de fora...

Com menos de um minuto do início do match, o Fluminense Football Club deu-nos a impressão que estava a todo gás...Um goal logo de início anunciava bons auspícios...

Qual nada...A surpresa se esvaiu junto com o fôlego do onze tricolor, vencido pelas condições armosféricas que tornam a prática do esporte bretão um suplício para quem não é ambientado no local...

Uma espécie de dopping, que torna desigual a peleja...

Os players das Laranjeiras, extenuados, espaçavam-se na cancha, sem condições de manterem-se coesos e ocuparem as lacunas...Com a necessidade de passes longos, erravam em profusão, e permitiam uma carga sobre sua linha de backs...

Adicione-se a tragédia a mudança de massa da bola, qua atinge velocidades e trajetórias diferentes daquelas que são chutadas ao nível do mar...

Lógico que o team equatoriano não se favoreceu apenas da altitude...É um bom team, mas que em condições ideais de "pressão e temperatura", não fariam cinco goals no goalkeeper Rafael...

A polêmica sobre matches em altitudes elevadas foi sepultada por motivos geopolíticos e interesses comerciais(aliás, como sempre)em detrimento da lógica científica e da eqüidade entre os contendores...

Mas ontem à noite, ficou claro que além de desigual, o match em tais condições é desumano...

O Fluminense Football Club tem uma tarefa e tanto pela frente...Para qualquer certame que olhe, é tudo ou nada...

Nenhum comentário: