quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Palpite...

Como já disse, o que me preocupa na questão do fechamento do jornal Monitor Campista são as pessoas...Os bons jornalistas e os amigos...

Nesse sentido, vai aqui uma opinião idiota...

Por que os funcionários, junto com a AIC, Sindicato dos Jornalistas, etc, etc, etc, não se mobilizam para negociar o título com os herdeiros do Diário Associados, e apresentam um projeto ao FUNDECAM e ou ao BNDES, para que haja recursos para aquisição do jornal pela cooperativa de funcionários e quem mais se interessar, bem como a alocação de recursos para modernização e compra de bens de capital e, também, capital de giro...

A garantia seria o próprio imóvel onde funciona a sede da redação, e parte dos créditos trabalhistas, como multa rescisória, e FGTS, por exemplo...

É só um "pitaco"...

4 comentários:

Bernardo disse...

Xacal

Tenho debatido em outros blogs sobre este problema. Todos opinam que alguma coisa deve ser feita, mas ninquém diz o que. O Monitor é uma empresa e como tal se o proprietário não tem lucro, ou vende ou fecha, esta é a verdade nua e crua. Se ele depende de ser o diário oficial do município para sobreviver é porque já é inviável há muito tempo. Opiniões românticas não vão salvar o jornal. Sua idéia é a primeira que leio e que representa um caminho realista que pode ser seguido. Nessa hora não adianta sonhar tem que viver a realidade.

Jane Nunes disse...

É isso mesmo Xacal! Na manifestação de hoje já foi agendada inclusive uma reunião amanhã às 10 horas na sede da Associação de Imprensa. Queremos financimanto do Fundecam, para montar a cooperativa!
Esse Bernardo quer desqualificar a luta e vem com esse papo de romantismo forçando a idéia de dependência em ser Diário Oficial.
Você sabe quantos contratos comerciais estão sendo cancelados senhor Bernardo?
Liberem o financiamento pelo Fundecam e vamos ver se temos ou não condições de brigar no mercado.

Anônimo disse...

Bastante iluminada a sua idéia.
Acredito no processo cooperativo.
A "bola" está lançada.

Herval Junior disse...

Grande sacada! E ainda fortaleceríamos um jornalismo independente.´
Vamos nessa!