domingo, 8 de novembro de 2009

Pensando bem...

Caetano é um idiota...

43 comentários:

Anônimo disse...

leu o post do professor Fábio?
Não sabe O que é "CAmninhandocontra o vento"!kkkk

Xacal disse...

li sim...

faz tempo que o miolo mole não caminha contra o vento...muito ao contrário...

ao ofender lula, é certo que ele tenta capitalizar e aparecer...quer ganhar e solidificar seu "mercado" junto aos leitores de veja-globo...

sem mencionar que vive a tungar dinheiro público para sua turnês...

Anônimo disse...

O jornalista Gilberto Dimenstein vem batendo em Caetano Veloso na sua coluna na Folha de S. Paulo.


Dimenstein se diz contrário ao fato de o cantor e compositor baiano requerer dinheiro público - 2 milhões, para a turnê de lançamento de seu novo disco Zii e Zie.


Como se sabe, a Comissão Nacional de Incentivo à Cultura negou patrocínio para a turnê, por achar o projeto comercialmente sustentável. E aí entrou na linha Paula Lavigne, produtora do ex-marido, e também o próprio ministro Juca Ferreira.


E Dimenstein pergunta:
- Caetano precisa de ajuda?


Anos atrás o mesmo se deu com uma turnê da cantora Maria Bethânia, com patrocínio negado e depois concedido em outra instância.


Ainda que o patrocínio para Caetano Veloso seja completamente legal, essa história é mesmo esquisita. E não só em relação a ele -de quem gosto muito.


Os ingressos de muitos cantores de primeira linha são muitas vezes muito caros, os shows ficam lotados, e ainda assim precisam ser viabilizados por dinheiro público?


É um tema que precisa mesmo ser mais discutido.

Anônimo disse...

CAETANO SEMPRE FOI ISSO!
FOLHA DE SÃO PAULO


A Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), que analisa os projetos aspirantes ao benefício da Lei Rouanet, negou autorização para que os produtores do músico baiano Caetano Veloso captem patrocínio para o novo trabalho do artista, o CD “Zii e Zie”.

Em reunião do último dia 21 de maio, a comissão decidiu que o projeto “Tour Caetano Veloso”, no valor de R$ 2 milhões, não precisa de incentivo por ser comercialmente viável. O projeto prevê a realização de shows em 22 capitais.

No entanto, é muito provável que essa decisão seja derrubada nos próximos dias pelo ministro da Cultura, Juca Ferreira.
Ao ministro cabe rever as decisões da CNIC. No ano passado, ele derrubou o veto da comissão à turnê da cantora Maria Bethânia, que pedia autorização para buscar R$ 1,8 milhão em patrocínio.

Naquela ocasião, a CNIC rejeitou o show pelo mesmo motivo que nega agora autorização para o show de Caetano: a receita de bilheteria “tornaria desnecessária a utilização de incentivo fiscal na realização do evento”. Ferreira derrubou a decisão e viabilizou o patrocínio de Bethânia, com dinheiro de renúncia fiscal.

Naquele episódio, como agora, o ministro dizia concordar com o sentido da decisão do CNIC, mas não com a forma. Segundo Ferreira, a Lei Rouanet não possui um critério específico para impedir o patrocínio de espetáculos comercialmente viáveis. Para ele, a orientação da CNIC seria justa, mas não legal.

Esta suposta omissão legal é justamente um dos motivos pelos quais o ministro pretende reformar a Lei Rouanet.

A Folha apurou que Ferreira também foi alvo de forte pressão de Paula Lavigne, ex-mulher e empresária de Caetano, para que a decisão da CNIC fosse revertida.

Em debate anteontem, Ferreira referiu-se obliquamente à decisão da CNIC no caso de Caetano. Disse que “estão tentando”, sem sucesso, usar o episódio para causar intriga entre ele e um conterrâneo (Juca Ferreira e Caetano Veloso são baianos).

Questionado pela Folha sobre o tema, Caetano comentou, por e-mail: “Não. Não há nenhum estremecimento entre mim e o ministro. Ele foi assistir ao meu show em Brasília e conversamos bastante”.


Sob muitos aspectos, Caetano Veloso é o mais — sei lá: poderoso, importante, respeitado, escolham aí… — artista brasileiro.

Ele precisa de renúncia fiscal para fazer show? Os desdentados têm Bolsa Família, e Caetano, Bolsa Show! É evidente que não há razão que justifique a concessão.

A não ser, como lembrou o próprio ministro da Cultura, o tal Juca Sei Lá do Quê, o fato de que, bem…, Caetano é seu “conterrâneo”. Então é o Bolsa Dendê.

Anônimo disse...

Agora entendi o que Caetano queria dizer com “vaca de assombrosas tetas” e com “sou o seu bezerro gritando mamãe.”

Anônimo disse...

Caetano é uma decepção! O saudoso Zé Rodrix dizia que “o dinheiro de todos não deveria ser usado para bancar o capricho de alguns”. Se eu não comprava nada do Caetano Vaidoso, continuarei a manter essa posição. Que vergonha!

Anônimo disse...

CAETANO VELOSO

De boca fechada ele é um poeta! Um mala sem alça que fica metendo o bedelho em tudo e so fala essas coisas para aparecer na midia. Seus 2 ultimos trabalhos sao fraquissimos com uma banda pessima, que parece banda de garagem de adolescentes.

Anônimo disse...

Decadência


Caetano teve o seu momento, entretanto caiu muito(ele sabe disso), por isso precisa chamar a atenção o tempo todo, deveria fazer como Chico Buarque: percebeu que não estava criando mais músicas interessantes, partiu para a Literatura.

O baiano nunca criou nada. O que foi o tropicalismo? A antropofagia de Oswald de Andrade, sem teor político.

Tom Zé xinga Caetano Veloso em show em São Paulo

O músico baiano Tom Zé rebateu com um xingamento um elogio de Caetano Veloso. "Caetaaaanooo, vai tomar no...", disse Tom Zé no domingo, 23, durante show no Auditório Ibirapuera, em São Paulo.

TOM ZÉ:
"Não, Caetano (...) eu não posso aceitar agora o seu colo e do grupo baiano, que durante todos esses anos me separaram até do que era meu, enquanto gozavam todo o prestígio e privilégios, talvez como ninguém mais neste país analfabeto."

PRECISA DIZER MAIS ALGUMA COISA?

Anônimo disse...

xacal,

Parece que voce não saber ler ou então le e interpreta de acordo com suas conviniencias.
DESDE QUANDO A PIG GLOBO G1 E TAL VIVE A ATACAR O LULA ???
Voce xacal, tenta passar uma imagem de que o pig é contra o lula.
Se fizermos estatisticas de cm2 e tamanho de letras etc e taiss veremos que é o contrário :
E pra quem pensa que o lula "é o cara" o termo seria é o cara de palhaço, pois levantariamos a questão: porque??? é o cara?
...lógico que interesses internacionais $$$ justificam.
Continuando xacal de merda... quem é voce pra chamar caetano veloso, de miolo mole ?
Diante da obra maravilhosa e fantastica produzida pelo internacional CV, quem é voce xacal ?
Talvez apenas e tão somente um pequeno cahorro do rabo pequeno mas de ego grande.
Outra coisa chacal:
Acho que vc nao sabe que CV não precisa mais de dinheiro para suas turnes...
----------------------------------
o POST do sabe-tudo-petista


Xacal disse...
li sim...

faz tempo que o miolo mole não caminha contra o vento...muito ao contrário...

ao ofender lula, é certo que ele tenta capitalizar e aparecer...quer ganhar e solidificar seu "mercado" junto aos leitores de veja-globo...

sem mencionar que vive a tungar dinheiro público para sua turnês...
___________________________________
Se for comentar, favor fazer dentro do enfoque e contexto.

Xacal disse...

caro comentarista, ou seria um bacante do veloso...?

os fatos sobre o dinheiro público estão aí, nos comentaários dos leitores...basta você contestá-los...

quem sou eu para chamá-lo de miole mole...? bom, eu sou eu, e minha opinião é minha...ele é um imbecil, defendido por um bando de idiotas como você...

dizer que o pig e a globo estão cooptadas pelo lula não é só burrice, é canalhice e má-fé...

só publiquei esse lixo para que vejam que tipo de racista neonazista defende esse lixo autoritário caetanista e fernandista...

roman polanski fez ótimos filmes, mas é um estuprador condenado...

aprenda a separar a obra da pessoa, meu caro...o fato de ter tatento para a música não é salvo-conduto para ofender e difamar alguém que detém 80% de popularidade e faz o melhor governo da hsitória desse país...

agora eu pergunto: quem é caetano para chamar lula de analfabeto...????

que tipo de opinião é essa...afinal de contas que tipo de merda o caetano tem na cabeça...???

deve ser o mesmo tipo da cabeça de seus defensores...

Xacal disse...

PS: eu tenho certeza que o verme do caetano não precisa de dinheiro público...mas ele pede assim mesmo, porque é uma canalha aproveitador...

Anônimo disse...

Perfeito: "canalha aproveitador".

Máfia do Dendê, "os baianos que gostam de cantar na televisão".

É a turma encabeçada por Caetano, disfarçada de liberal e intelectual, que controla a produção de música brasileira e apoiu Antonio Carlos Magalhães.

Ninguém ousa desafiá-los: não tem espaço, se for músico; e perde o emprego, se for jornalista.

É um esquema canalha e corrupto, mas nunca discutido. Um método grotesco de promoção da mediocridade, que afoga a criatividade e cala a resistência. Isso é, em bom português, ditadura.

Imposta exatamente pelos metidos a bacanas que, há poucas décadas, brincavam de oposição.

Mas não é, na verdade, só de moleza que eles gostam. Caetano, por exemplo. Em 1993, quando um jornalista foi procurá-lo em Londres para uma entrevista, foi curto e grosso: só concederia em troca de uma coisa. E vocês sabem qual é. O homem saiu correndo. E quase perdeu o emprego por causa disso. É assim que funciona: a Máfia do Dendê também tem os seus métodos próprios de tortura.

Quem conta essa história, com todas as letras, é o premiado jornalista investigativo Cláudio Tognolli. E aponta, ainda, os membros da Máfia, que todo mundo sabe qual é: além de Caetano, Gilberto Gil, Maria Betânia, e Gal Costa.

Essa turma nojenta encontra, na imprensa brasileira, um único opositor, segundo Tognolli: Luís Antônio Giron, "o homem que mais entende de música". Mas seu empenho solitário dificilmente será suficiente.

A Máfia do Dendê abafa com facilidade ruídos dissonantes. E, com insistente promoção, cativa novas gerações, que mereceriam, coisa melhor ou, no mínimo, diferente do que seus pais, há três décadas, tiveram.

A doutrinação, que começa na escola - com Caetano elevado a poeta erudito - e passa pela imprensa - como se fossem eles expoentes do bom gosto -, está na hora de acabar. Esta ditadura está longa demais. Cansou.

Anônimo disse...

Todas inverdades comentadas pelo anonimo das 18:25.
Mesmo que 90% do que escreveu for verdade, o restante é sufuciente para justificar uma existencia.
Caetano Veloso é estoria e história desse nosso brasil.
Só como exemplo podemos citar o movimento tropicalia reconhecido mundialmente.
Alegria alegria, é um hino de uma geração que o anonimo revoltado faz de conta que não existiu ou não conheçe !

" A doutrinação, que começa na escola - com Caetano elevado a poeta erudito - e passa pela imprensa - como se fossem eles expoentes do bom gosto -, está na hora de acabar. Esta ditadura está longa demais. Cansou. "


O doutrinação não começa na escola mais nao.
Começa em casa com a maldita televisão apresentando uma inversão dos valores.
Falando em bom gosto, é estranho perceber que nas novelas, são as musicas "antigas" (incluindo Caetano Veloso) que tocam !
E na época da real didadura ?!
Aonde estava o anonimo ?
No anonimato ???
É facil chamar " essa turma de nojento" .
Tambem é facil descobrir o tamanho da abra deixada por Caetano Veloso e seus amigos.
Basta saber ler !!!
O Cláudio Tognolli é apenas mais um esperto investigativo que sempre e sempre mete o pau em tudo e todos !
Bom se ele voltasse para a italia onde poderia vender bastante do seus livros.

Xacal disse...

Mesmo diante dos fatos, o idiota não cansa, e continuar a bater cabeça na "parede"...

Não apresenta contra-argumentos, só rumina:

Pobre imbecil, ninguém questionou o valor da "obra" do miolo mole...ainda que ela não seja unanimidade, pois nenhuma forma de arte desfruta dessa condição, rendemos nossas "homenagens" ao fã de ACM e do carlismo...

Pelé é um imbecil, mas é o rei do futebol...

Diego Maradona é um arrogante desbocado e desequilibrado, mas um gênio da bola...

Romário é um idiota, mas é um craque...

João Ubaldo Ribeiro é um escritor renomado, mas um imbecil em política...

João Gilberto é um babaca...

A lista é enorme...

Quando caetano expõe, sabe-se lá porque, seu racismo udenista, e ataca o presidente, não no campo das idéias, ou dos erros do seu governo, mas na sua origem de classe, ele se nivela ao que há de pior nesse país, representado pelo PIG e por idiotas como diogo mainardi...

a partir de agora, essa discussão infrutífera, pois o debatedor só se debate "se debatendo", sem apresentar argumentos críveis, está encerrada...

dá até para ouvir caetano cantando, não dá é para discutir as asneiras que ele "vomita", quando decide falar de política...

um lixo retrógado e autoritário...senil...debilóide...enfim, miole mole, como bem disse o José Guilherme Merchior...

Anônimo disse...

Enfim, se Caetano falar bem de Lula e do PT passa a ser tudo de bom.

Anônimo disse...

TROPICALISMO

Símbolo da Mais Burra Alienação
(Augusto Boal)

1. O Tropicalismo é neo-romântico –
Todo ressurgimento do romantismo baseia-se no ataque às aparências da sociedade, agride a usura desumana (o que faz supor a usura humanizada), agride os burgueses pederastas (excluindo os garanhões) e as burguesas lésbicas (excluindo as bem-aventuradas). Agride o predicado e não o sujeito.

2. O Tropicalismo é homeopático – Pretende destruir a cafonice endossando a cafonice, pretende criticar Chacrinha participando de seus programas de auditório. A participação de um tropicalista num programa do Chacrinha obedece a todas as coordenadas do programa e não às do tropicalista – isto é, o cantor acata docilmente as regras do jogo do programa sem, em nenhum momento, modificá-las: veste-se à maneira do programa, canta as músicas mais indicadas para este tipo de auditório dopado e, finalmente, se essa platéia já está habituada a ganhar repolhos, o cantor, mais sutilmente, atira-lhe bananas.

3. O Tropicalismo é inarticulado – Justamente porque ataca as aparências e não a essência
da sociedade, e, justamente porque essas aparências são efêmeras e transitórias, o Tropicalismo
não se consegue coordenar em nenhum sistema – apenas xinga a cor do camaleão. Seus defensores conseguem apenas alegar vagos desejos de "espinafrar" ou mais moderadamente declaram que
"não há nada a declarar".

4. O Tropicalismo é tímido e gentil – Pretende épater, mas consegue apenas enchanter les bourgeois. Quando um outro cantor se veste de roupão colorido, isso me parece falta de audácia. Eu vou começar a acreditar um pouco mais nesse movimento quando um tropicalista tiver a coragem de fazer o que Baudelaire já fazia no século passado: andava com cabelos pintados de verde com uma tartaruga colorida atada por uma fitinha cor-de-rosa. No dia em que um deles fizer coisa parecida é capaz até de dar uma boa dor de cabeça a algum policial... (Será sem dúvida uma contribuição para a revolução brasileira...).

5. O Tropicalismo é importado – desde o desenvolvimentismo de JK, quando apareceu o cinema novo,
a bossa nova e a nova dramaturgia brasileira, o Brasil não importava arte. Agora, em cinema, é comum assistir a filmes dirigidos por Vincent Minelli (ou quase) para a MGM, coisas do gênero Garota de Ipanema; em teatro, assiste-se à avalancha inglesa misturada com a crueldade provinciana, copiada de Grotowsky Living Theatre; em música, depois do iê-iê-iê, vemos a maioria dos nossos cantores procurando fantasias e até Roberto Carlos, que já era símbolo acabado da mais burra alienação, voltou da Europa com os óculos e os bigodes de John Lennon.

Augusto Boal:
O dramaturgo, diretor teatral e ensaísta Augusto Pinto Boal nasceu em 16 de março de 1931 no Rio de Janeiro.

Um dos nomes mais importantes do teatro brasileiro, Boal foi um dos principais líderes do Teatro de Arena de São Paulo nos anos 60 e foi o criador do teatro do oprimido, metodologia que reúne teatro a ação social.

Boal faleceu neste ano de 2009 no dia 2 de maio.

Xacal disse...

não, seu imbecil...ele não precisa falar bem do Lula...ele tem todo o direito de criticar lula, ou qualquer outro governo, embora seja uma enorme contradição fazê-lo quando se diz admirador do carlismo malvadeza...

o problema é que ele, logo ele, vítima de toda a sorte de preconceito(com os quais eu NÃO pactuo e NÃO concordo, como ser viado, promíscuo, maconheiro e alienado), não pode, repito, NÃO PODE expressar seu preconceito impunemente...

é uma questão de coerência, qualidade que ele já provou não ter...

fala do governo e pede dinheiro público para "VENDER" sua arte...

um idiota hipócrita, idolatrado por um bando de beócios...

Anônimo disse...

Caetano Veloso e a Perfeita Imbecilidade Ególatra


Disse o baiano ao jornalão dos Mesquitas, declarando seu voto em Marina Silva:

- Ela é meio preta, é cabocla, é inteligente como o Obama, não é analfabeta como o Lula, que não sabe falar, é cafona falando, grosseiro. Ela fala bem.

A declaração é reveladora. Serve bem a desmascarar esse Caetano ególatra, subproduto pós-moderno de si mesmo, tolo que substituiu o poeta sem lenço e sem documento.

O atual Caetano, aliás, converteu-se numa espécie de Gabeira sem carreira parlamentar.

Folga em construir frases de efeito (?) que ecoem o pensamento da malta conservadora.

Aliás, ególatras, tanto um quanto outro, pronunciam aquilo que os eleva a ícones publicitários da mídia reacionária e monopolista.

Para Cagabeira, bons alunos de FHC, princípios e história estão em segundo plano. Vale a exaltação do "eu", muitas vezes doentia, muitas vezes ridícula, quase sempre deprimente.

Cabe lembrar que, no agora decadente, ambos não se envergonham de adular o tucano-demismo. Julgam-se, assim, diferentes, autônomos, batutas...

No caso do compositor baiano, não há acanhamento na rotina de visitas à casa grande. Pede-se a "bença" ao coronel, como se isso fosse "bonitinho", supimpa.

Logicamente, ao sair, entregam-lhe na varanda uma cesta de pães amanhecidos, uns maracujás murchos e até uns tostões, prova da generosidade do senhor de engenho.

Caetano se julga o gênio da raça, o supra-sumo da cultura mestiça brasileira, o sol da Tropicália, o sabe-tudo que, de tão sabedor, pode desprezar os incultos da pátria. Blasé por desejo divino e necessidade.

O poeta se julga mais poeta porque inventa coisas enigmáticas que o povo não compreende. Acredita, desde sempre, que se distinguiu dos mortais da arte ao reproduzir os voos concretistas dos irmãos Campos e de Décio Pignatari.

Qual seria, então, o conceito caetanista de analfabetismo? E o que seria "saber falar"? Para quem cagou montes para a regra, o vetusto Caetano agora se arroga protetor da norma culta.

Metido com os descolados gurus da Semiótica, tão afeitos à subversão das formalidades da língua, Caetano vai terminando a vida como um ortodoxo, rabugento e tolo capataz copista.

Talvez o que incomode Caetano seja justamente a inteligência de Lula, sem verniz, sem laços, fitas e rimas forçadas. O pernambucano comunica-se, transmite a mensagem e, mais que isso, faz de sua locução uma poderosa arma de transformação. Lula, para completar, é autêntico e "faz acontecer".

Ora, isso causa muita inveja nessa turma dos pedidores de "bença", tantos deles enfiados na boa Bahia, uns rebolando em cima de trios elétricos pagos pela Philips, outros servindo de escribas para a família Marinho.


Ironicamente, o Caetano envelhecido, cruzado da gramática; Pontua mal, embanana-se em conjugações e, não raro, confunde-se nas regências.

Caetano faz papel de imbecil ególatra. Esta, pois, virou a sua sina.

Anônimo disse...

Os invejosos.

Caetano morria de inveja de Raul Seixas. Ele queria ser idolatrado tanto quanto. É como FHC quanto a Lula.

Caetano meteu os pés pelas mãos, esqueceu das fraldas, ainda vive na fase anal (psicanaliticamente falando). Verborragia ególatra. Quer sempre a atenção. Perdeu todos os pontos que tinha comigo! Vai demorar a recuperá-los!

Anônimo disse...

Passou...

Era o que estava nos faltando para completar a saga dos mortos, iniciada pela perambulação do FHC nas páginas da mídia com um papiro que ele trouxe do além. Agora é a vez do moribundo Caetano Veloso, numa típica declaração de quem não tem idéias para debater e mesmo assim se acha o supra-sumo da cultura mestiça, chamar o Lula de analfabeto. Caetano, cai na real, você hoje é uma chama esmaecida daquilo que um dia foi o sol da tropicália; do poeta que um dia quis aproximar o seu cantar vagabundo daqueles que velam pela alegria do mundo. Só mesmo os hermetismos pascoais, e os tons, os mil tons, seus sons e seus dons geniais nos salvam, nos salvarão dessas trevas, pois no que depender da caricatura pós-moderna e retrógrada que você se transformou, não teremos mais do que o tolo e sôfrego discurso oportunista de quem não pode prescindir da próxima novelinha global para divulgar o seu sonzinho cabeça. Caetano, esse papo teu tá qualquer coisa. Você já tá prá lá de Marraquesh meu caro. Mexe qualquer coisa dentro doida e deixa a gente festejar o Brasil em paz!

Anônimo disse...

Marina, que decepção.

Que Caetano demonstre seu caráter egocêntrico, preconceituoso, elitista e medíocre já é de se esperar.

Mas que Marina, inflada como um balão e envaidecida com o "elogio", não critique estas idiotices, mostra bem aonde vai desaguar sua ambição.

Logo ela que a vida inteira foi ridicularizada por essas figuras reacionária por ter sido alfabetizada com 16 anos no Mobral, agora aquiece e balança a cabeça para estes comentários lamentáveis.

Só uma pergunta: por que Marina mantém em seu blog uma foto sua ao lado de quem considera "analfabeto",
"grosseiro"?

Anônimo disse...

MACHADO DE ASSIS E LULA!

A família Veloso deve muitos favores a família de ACM na Bahia. Os aniversários de Caetano, sua irmã Bethânia e a mãe deles (D. Canô) são sempre destaques da TV Globo (da família de ACM) e no jornal Correio da Bahia (de ACM e reproduz matérias da Folha.

A família Veloso é cabo eleitoral do DEM no município de Santo Amaro(BA) desde o inicio da carreira política de ACM. Caetano depende da TV Globo. Ele precisa incluir suas músicas (ou de outros compositores) em trilhas de novelas para vender discos ou participar de eventos Globais.

Lula frequentou mais anos escolares que Machado de Assis, este estudou até a 4ª série primária.

O que Caetano define como alfabetizado? Ambos alcançaram o auge de suas carreiras com pouca escolarização.

Anônimo disse...

Caetano Invejoso

Fiquei muito irritada com esta entrevista do Sr. Caetano Veloso, mas hoje, após ler tantos comentários com tantos raciocínios efetivos, penso que esta entrevista não passou de uma OPINIÃO de um senhor que não tem a menor importância.

Um senhor que demonstrou, para quem ainda tinha alguma dúvida, que é racista, preconceituoso, baixo e pobre de espírito (entre outras coisas).

Anônimo disse...

Para mim esse caetano sempre foi um chato. Engana alguns gringos, outros marxistas estadunidenses e uns brasileiros que gostariam de ser estrangeiros.

Desde sempre se alimenta da miséria existencial brasileira e agora, depois de velho, está exercendo seu direito de falar merda.

Anônimo disse...

Gente! Não sabia que a carreira dele estava tão decadente!

Quer pongar na visibilidade que o PIG dá a quem fala mal do maior "PRESIDENTE QUE O BRASIL JÁ TEVE". Zii e Zie não está vendendo...

Anônimo disse...

Caetano é isto mesmo: órfão de Antônio Carlos Magalhães.

Henfil é quem sabia das coisas... Na sua famosa entrevista à Playboy, em maio de 1979: "Hoje há dedos-duros muito mais famosos do que o Simonal e com mais capacidade de enganar as pessoas. E o pior é que eu gosto deles. Principalmente do CAETANO VELOSO."

Sutil, não?

Bernardo disse...

Nunca vi tanta virulência e intolerância num assunto só.

Anônimo disse...

Caetano Veloso é aquele que deixou bem claro que é capaz de cantar qualquer coisa desde que venda um milhão de discos. É aquele que, por despeita, disse que Paulo Francis parecia a "filha de Fumanchu" - tudo por causa de uma entrevista com Mick Jagger. Eu não tenho dúvidas de que ele vota mesmo é em José Serra, e só está dizendo que vai votar em Marina Silva porque alguém da Globo deve ter mandado ele dizer - na Globo, ou você vota em Serra ou é demitido. Em outras palavras, é uma versão tropicália de Miriam Leitão: fala muito - contra Lula, sempre - e não diz nada.

Anônimo disse...

O Caetano é o Gilmar Mendes das artes. Adora um microfone e agrada sempre os senhores de engenho.

Anônimo disse...

Um velho decadente que não faz nada de bom em música há mais de 20 anos, que hoje em dia não passa de um cantor de churrascaria, e que por isso só tem como continuar aparecendo com essas frases que de polêmicas nada têm, que apenas refletem o que há de mais fétido no senso comum daquela parcela da classe-média brasileira que se acha muito informada porque lê Veja. O cantor de churrascaria tem ainda muitos amigos na grande mídia, que asseguram que suas baboseiras sejam reverberadas.

Anônimo disse...

Caetano foi grosseiro falando que Lula é grosseiro!


Caetano mente, pois sabe muito bem que Lula é MUITO inteligente e não tem nada de analfabeto, já que Lula entende o que lê e entende mesmo sem ler. Por fim, Caetano, Jô, FHC, Jabour etc MORREM DE INVEJA de Lula.

Anônimo disse...

Caetano é um sub-produto da mídia; nos 40 e poucos anos de gigolagem estéril qual a sua obra? A sua declaração é uma mistura de Danuza Leão, Gabeira e Jabor, pequena como a sua música e preconceituosa como seu caráter

Anônimo disse...

Alguns homens envelhecem e se tornam ainda maiores melhores.

Outros vão morrendo em vida, apodrecendo em praça pública pela exposição de suas vaidades vazias de razão, seus rancores, seus ressentimentos, seus catálogos de frustrações.

É uma pena que aquele que em sua gênese artística fez Alegria, Alegria, chegue ao ocaso bradando "inveja, inveja"!

Anônimo disse...

xacal,

melhor pedir dinheiro pra gastar com a pior das culturas do que deixar "lá" pro bando do PT ROUBAR !
E olha o grande xacal adjetivando de maneira a diminuir a pessoa (...NÃO concordo, como ser viado, promíscuo, maconheiro e alienado...e nao pode...).
Pra quem se diz acima dessas coisas vc estah na bosta do coco do cavalo de são jorge que estah na lua (tem uma melo do CV que fala sobre).
Essa foi mal pequeno cachorro do rabo curto.
Ainda bem que estah chegando dezembro e o dia em que ficaremos com saudades do cachorrito !!!

Xacal disse...

já eu não posso dizer o mesmo, não sentirei saudades de idiotas como você...!!!

não torça a minha fala para embasar esses excrementos que você vomita por essa cloaca que tem abaixo do nariz...

disse e repito: caetano, o miole mole não pode agir com preconceito quando foi a maior vítima deles...

pobre idiota...tsk,tsk,tsk...não entende nada de nada...

um miolo mole caetanista...

Anônimo disse...

Caetano calado é um poeta.

Esse sujeito, outrora grande artista, mas nunca grande pessoa, hoje busca holofotes com supostas frases de efeito e/ou atitudes pseudopolêmicas.

E é uma maria-vai-com-as-outras dos modismos.

O que é o modismo hoje da turminha fútil-reaça-moderna-paga-pau-da-mídia, os únicos que ainda acham que a mídia ainda determina alguma coisa, qual é a moda hoje destes teleguiados? Dizer que vão votar na Marina.

Caê ia ficar de fora?

É ruim, meu rei.

Caetano, além de seu analfabetismo moral, faz o que sempre fez, querer aparecer mais que os outros, se achar o "gênio da raça", mas não passar de um bobo da corte.

Lambedor de botas da mídia e dos endinheirados.

Antes sua arte compensava sua imbecilidade e sua empáfia pseudointelectual e infantil.

Hoje só sobraram a imbecilidade e a empáfia pseudointelectual e infantil.

Anônimo disse...

Caetano(Alcir de Souza )

És simplorio folclore musical
Obtuso pensador local
Limitado vislumbrador mundial;
Incoerente planetário fecal !
Em momento de seca militarmente profana
Fostes erroneamente adotado pela burguesia insana
Versaste suas incoerências e desatinos
Redundaste em blasfêmias obtusas.


Chafurdaste na lama do nuveau
Falsos tabus transpuseste
Flatulências verbais compuseste
Afeto ao poder e a riqueza
Vassalo de acnes e cravos afins
Seborreica a tacanha explosão
Da fistula putrea inerente
Transformada em momento reluzente
Da covardia em ti patente
Do mediocre sim e não

Caetano

Vive teus louros indevidos
Aprecia a fama global tabloidea
Aconchega-te dos esbirros mentirosos
Que te endeusam asneamente
És o que és imutavel e pétreo
Obtuso e ignóbil
Resquício da arrogância
Da Bahia de Rui Barbosa
Em qual idioma quereis que vos fale?
Pelas asneiras e sandices proferidas
O silêncio é tua maior expressão!


Caetano:
Tu, calado, és um poeta profuso!

Alcir de Souza

Eu sou neguinha disse...

Se Caetano soubesse que ele aqui é o "falem bem ou mal mas falem de mim"vinha correndo pra cá com o patrocínio (è claro) da Prefeitura que nem o Romário!

Anônimo disse...

papagaio da elite, racista, e muitos outros adjetivos que não merecem ser citados!

Anônimo disse...

Caetano comentando política é um excelente cantor!
Podia ter dormido sem essa…

Anônimo disse...

Caetano é um grande artista, porém, prostituído, conforme boa parte da classe artística brasielira (talvez mundial).
Abraça e se apega as mamatas e fica irritadíssimo se lhe fecharem as torneiras das verbas públicas.
Grande artista, porém, personalidade que causa náuseas.
Quanto às críticas a Lula, acho que ele nunca teve e nem terá o mínimo de entendimento sobre a questão da miséria no Brasil, por isso está desqualificado para abrir a boca. Deveria mantê-la fechada, mas não o faz.
Usando do mesmo preconceito e falta de ética que ele usou, eu diria que ele é uma "bicha amarga".

Anônimo disse...

FAGNER X CAETANO


"Caetano adora e precisa que
eu fale dele. (Cantarola) Besta é tu, besta é tu...

Não, não acho que ele
seja besta, mas Caetano se excede
no ego. Transforma sua antena parabólica em antena paranóica. Sua importância se complica quando misturada ao ego. Deveria controlá-lo.

Como pensador que se acha, poderia pensar em Santo Amaro da Purificação e fazer valer sua importância para mudar a realidade de uma cidade que hoje está abandonada. Ele deixa esse sacrifício para dona Canô, a pessoa que mais luta por lá. Se fizesse algo, estaria ajudando a população e fazendo o mesmo que eu faço aqui pelo Ceará.

O artista também tem essa função. Nós temos problemas há muitos anos, desde o início da minha carreira quando Manera Fru Fru Manera, meu primeiro disco, se transformou em sucesso de crítica maior que o dele, Araçá Azul. Caíram de pau em cima dele e elogiaram o meu trabalho."

Anônimo disse...

Esse Caetano é simplesmente um idiota que derespeitou o nosso presidente!