domingo, 8 de novembro de 2009

Pensando bem...

Depois do caso do microvestido escarlate, o fundamentalismo tem sua academia: a Uni(tali)ban...

Mohamed al xacal, ex-líder dos velosistas fundamentais...

8 comentários:

George Gomes Coutinho disse...

Fato inaceitável. Como diriam os Perrusi (http://www.blogdosperrusi.com/) temos aqui o "Ovo da Serpente" eclodindo no seio da sociedade brasileira: uma sociedade intolerante, fascista, machista....

Afinal, as mulheres são culpadas pelo seu próprio estupro. Usam a vestimenta inadequada não é mesmo? Não devem ter o direito de fazerem de seu corpo o que bem quiserem. E aos machos esclarecidos da Uniban é facultado o direito de exibirem seus paus brancos de classe média para a menina. Eles tem o direito. Ela não.

Que venha uma nova proibição dos bikinis na praia de Copacabana. Os machos primatas da Uniban assim desejam. Sem falar do seu corpo de docentes que optaram por punir covardemente a estudante.. não aos outros filhinhos de papai.

Estou enojado. Não tenho dúvida que demos mais alguns passos atrás na escala evolutiva brasileira.

Por fim cabe pergunta: o ProUni atua nesta instituição? Está sendo formada qualquer coisa próxima de uma "massa crítica" importante para a sociedade brasileira com esse bando de trogloditas???? É desejável continuar apostando na massificação do ensino superior enquanto um sinônimo empobrecido de "democratização"?

Isto é democracia? Não. Isto é a demonstração da política dos camisas marrons renascida no interior paulista.

Xacal disse...

o pior foi a "cobertura" do "Fanático", há poucos instantes...

uma entrevista com a vítima, que disse, como eu já comentara, que ela tem uma "parte" da culpa, porque sua ropua era muito "curta"...

é o fim...é o fim...

Anônimo disse...

Com ironia cretina, eu diria que em breve essa faculdade deverá mudar de nome.
De Uniban para Univan (vândalos).
Mas o detalhe é que ninguém percebeu, que os paulistas pelo visto, não são chegados a mulher. Eles gostam mesmo é de sentar na coisa dura! Porque lá a vida é duríssima! Cheia de crac(que), etc e tal.

Anônimo disse...

Pior mesmo foi ver aqueles rapazes(??)vaiando a moça, ou se deixaram levar pelos(as) imbecis que começaram ou não gostam da fruta mesmo.

Anônimo disse...

Assistindo ao vídeo, pensei que estivesse no Afeganistão!
Mulher bonita, bem resolvida, incomoda!

Anônimo disse...

Se esse fato tivesse acontecido numa universidade pública, iam culpar o governo, no caso o Presidente, pela qualidade da educação no ensino superior. Ainda, iam fazer uma devassa na vida de todos os estudantes envolvidos na tal situação, mostrando ao mundo que o nível das Universidades Públicas seria baixo, formada por gente baixa e pobre. Seria um excelente motivo para levantar novamente a bandeira da privatização das Públicas, não que isso não esteja acontecendo indiretamente, afinal muitas, mais muitas mesmo universidades particulares estão ‘mamando’ com o dinheiro do próprio Estado, através dos financiamentos estudantis.
Tá aí o resultado!!! Essa é a resposta que muitas dessas instituições superiores particulares tão dando e irão dar para a sociedade.
Uma elite hipocrita, intolerante e falso moralista.

Anônimo disse...

É esta gente que é o “futuro do país”?
Verdadeira vergonha!
Ela deveria pedir uma indenização altíssima ou então posarnua pra alguma revista, garanto que esses mesmos falsos moralistas, iam comprar a revista!
Mulher bem resolvida assusta, se for bonita então...!

Anônimo disse...

Serra adorou o episódio, afinal 700 jovens conservadores e alienados são bem mais rentáveis para o PSDB do que uma moça libertária, que não tem medo de ser ela mesma.