quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Quem vive de esmola acostuma a ser pedinte...

Assim podemos resumir a relação dos governos e da sociedade com suas forças de segurança...

Afinal, a tão sonhada polícia-cidadã, independente e capaz de resistir, tanto as tentações do dinheiro fácil, quanto às pressões e favores políticos, e da "solidariedade de classe", requer, antes de tudo, policiais-cidadãos, na completa acepção do termo, ou seja, capazes de rejeitarem a utilização de suas funções e cargos na solução de questões privadas em detrimento da legalidade e dos interesses públicos...

Repetimos aqui, para que fique bem claro: baixos salários não são justificativa para a corrupção policial, afinal, a enorme maioria dos policiais é composta por homens de bem...

Mas fica a pergunta: cinco por cento (5%) de reajuste é um "prêmio" justo a quem se manteve na linha...? Ou será um "tapa na cara", e um atestado de idiotice a quem se arrisca pela sociedade, e resiste às benesses de propinas e favores...? Até quando a sociedade, através de seus governantes, manterá essa aposta...? É algum "prazer sádico", do tipo, vamos ver até aonde os honestos agüentam ...?

Ou será algo mais cruel: policiais mal pagos sempre estarão "ao alcance" de negociações e toda a sorte de pressão...?

Não custa nada lembrar: as melhores polícias do mundo são as mais bem pagas...Será coincidência...?

Policiais mal pagos são como "mendigos armados", o "problema" é que nem sempre se contentam em só "pedir esmolas"...


Nenhum comentário: