quarta-feira, 11 de novembro de 2009

TrolHa MuraL...

Recebemos da jornalista Patrícia Bueno um e-mail, onde a AIC manifesta-se, oficialmente, sobre o encerramento das atividades do Monitor Campista...

Não nos comove a morte de um jornal...Nos comove a morte do jornalismo, agonizante por essas paragens há muito tempo...

No Monitor alguns poucos heróis, como a remetente, praticavam jornalismo de qualidade, com erros e acertos, ainda que capitaneados por um editor-chefe sofrível...

Na redação do Monitor há amigos queridos, sobre os quais recaem nossas preocupações com sua situação pessoal...

Leiam aí a nota da AIC, tímida manifestação de uma associação que parece refém de um temor reverencial e histórico aos barões da mídia...Um grande serviço que a AIC prestaria ao jornalismo, e a Democracia, seria questionar a relação promíscua da mídia com o poder, através das verbas públicas...Poderia ter salvo o Monitor, ou pelo menos, equilibrado o jogo...:

NOTA DA ASSOCIAÇÃO DE IMPRENSA CAMPISTA

Carta pública aos Diários Associados

A Associação de Imprensa Campista, entidade que neste ano de 2009 comemorou os seus 80 anos, manifesta grande preocupação em relação à nota publicada hoje (11/11/09) no jornal Monitor Campista, com convocação de assembléia de acionistas, para discutir a proposta de encerramento das atividades da publicação.

Esta entidade entende nem ser necessário dizer, para os seus próprios donos, o tamanho da perda histórica e cultural que esta decisão representaria para o Brasil e, particularmente, para o Norte Fluminense.

Acreditando ser porta voz não apenas de jornalistas neste anseio, mas de toda a comunidade campista, a Associação solicita da direção dos Diários Associados um tratamento mais cauteloso em relação ao jornal campista, com a manutenção dos esforços pela superação da sua crise econômica.

Um jornal de quase duzentos anos, com credibilidade inatacável e patrimônio de todos os campistas, não pode desaparecer.

Nos colocamos à disposição para qualquer diálogo que contribua para a manutenção do bravo Monitor Campista.

Sem mais, nos despedimos atenciosamente,

Campos dos Goytacazes, 11 de Novembro de 2009

Diretoria da Associação de Imprensa Campista


2 comentários:

Anônimo disse...

A AIC deveria assumir o jornal
essa é minha opiniao
tenham coragem e partam para cima

YFH Dominado disse...

Ainda vou mais longe a AIC deveria ser a guadiã dos arquivos do Monitor e sustentado pela prefeitura.
Nao basta guardar na biblioteca municipal.
Nao sei qm é o presidente da AIC
Xacal Proponho aqui a criaçao de um blog Chamado Monitor Campista moderado por pessoas independentes se e q tem
Temos q ter um Jornal de Terceira via independente
é acho q sou um babaca pensar nisso...
ta tudo dominado