quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Destaque da TRolHA...

Direto do FBI, festivaldebesteirasdaimprensa.wordpress.com/, essas duas postagens:

A matéria é de importante veículo das Organizações Serra, que preferiu publicá-la do que deixar que a blogosfera independente vença essa disputa contra Serra e Kassab, que preferem gastar rios de dinheiro com propaganda do que fazer manutenção na rede de drenagem da Grande São Paulo.

Clique aqui e leia a matéria, que mostra que nossa crítica é correta.

A falha em uma bomba do sistema da usina de Traição, que fica no rio Pinheiros, ajudou a agravar, nesta terça-feira (8), os alagamentos na marginal Tietê.

O equipamento que não funcionou comprometeu 25% da capacidade de bombeamento da usina e estrangulou ainda mais o poder de escoamento do rio Tietê, informou em comunicado a Secretaria Estadual de Saneamento e Energia (SSE), o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) e a Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae).

De acordo com a nota, já está em estudo a instalação de duas bombas adicionais na usina, para evitar novos incidentes como esse

A continuação da matéria vem com a lenga-lenga de que a culpa foi da chuva…

(Contribuição do leitor Everaldo Couto)

O leitor Pedro Alexandre, da Freguesia do Ó, tinha planejado lançar o modelito somente 2010.

Mas, atendendo os pedidos dos moradores do mais “submerso” dos bairros paulistanos, teve de apresentá-lo às pressas hoje.

Com vocês, em primeiríssima mão, a camiseta que será a “sensação” deste final de ano em São Paulo.

alagao.jpg

6 comentários:

Anônimo disse...

O jornal nacional abriu com uma reportagem sobre moradores de São Paulo irresponsáveis.

No lugar de morar nos Jardins ou no Morumbi preferem irresponsavelmente morar em áreas de risco.


O jornal da Band, o do SBT e o da Record mostraram o que a Globo omitiu: a falta de obras ou as obras criminosas como as novas pistas das avenidas que circundam os rios Tietê e Pinheiros.

O jornal nacional escondeu o Serra e o poste(Kassab) que ele colocou para dirigir São Paulo.

O jornal nacional deu ao alagão um tratamento de um efeito sem causa.

Ou seja, a Fox News brasileira protegeu o Serra.

Xacal disse...

Aliás, como sempre...

Anônimo disse...

PESQUISA MANIPULADA.

http://www.paulohenriqueamorim.com.br/?p=23879


GLOBOPE manipula idade e escolaridade para eleger Serra. O Globope chama sempre os universitários.

A Pesquisa CNI /IBOPE divulgada no dia 07 de Dezembro de 2009 vai na contra mão dos resultados divulgados pelas pesquisas anteriores realizadas em Novembro, do Vox Populi com com Serra com 36%, Dilma com 19% e Ciro Gomes com 13% e do CNT/Sensus com Serra com 31,8%, Dilma Roussef com 21,7% e Ciro Gomes com 17,5%.


Nessa Pesquisa CNI /IBOPE persiste a distorção em relação aos números das cotas de entrevistados. Mas por que as cotas são tão importantes no planejamento de uma amostragem de uma pesquisa séria?

IMPORTANTÍSSIMO!
http://www.paulohenriqueamorim.com.br/?p=23879

Anônimo disse...

SERRA ABAIXO!

Esse procedimento do IBOPE já aconteceu em 2006, inflando a candidatura Alckmin no 1o. turno, e foi denunciado na época.

Por volta de junho deste ano (antes da Marina se lançar candidata), houve uma reunião de setores do PIG, com IBOPE e Datafolha, onde foi planejada a interferência nos procedimentos de pesquisa de opinião.

Está aí a confirmação!

http://www.paulohenriqueamorim.com.br/?p=23879

Anônimo disse...

SERRA ABAIXO!

Esse procedimento do IBOPE já aconteceu em 2006, inflando a candidatura Alckmin no 1o. turno, e foi denunciado na época.

Por volta de junho deste ano (antes da Marina se lançar candidata), houve uma reunião de setores do PIG, com IBOPE e Datafolha, onde foi planejada a interferência nos procedimentos de pesquisa de opinião.

Está aí a confirmação!

http://www.paulohenriqueamorim.com.br/?p=23879

Anônimo disse...

Brasil é confirmado como membro permanente de comitês do BIS

(09/12/09)
O Brasil foi confirmado oficialmente na tarde desta quarta-feira (9) como membro integrante do Comitê sobre o Sistema Financeiro Global e no de Mercados do BIS (Banco de Compensações Internacionais).

Com seu sistema regulatório elogiado diante das reações à crise internacional, o País passará a colaborar com as atividades de identificar e avaliar possíveis focos de estresse nos mercados financeiros internacionais, bem como analisar instrumentos para promover a estabilidade e aperfeiçoamento do sistema.

"O Comitê sobre o Sistema Financeiro Global tem como função principal monitorar o desenvolvimento dos mercados financeiros para os principais bancos centrais. O objetivo do trabalho do Comitê é identificar e avaliar fontes potenciais de estresse nos mercados financeiros globais e, com isso, promover a estabilidade e o aperfeiçoamento dos mercados", destacou o comunicado lançado pelo Banco Central.

O Brasil já participava das discussões realizadas por estes comitês, mas como membro convidado.