quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

A escolha de Sofia ou a escolha dos sofistas...???

Caso a candidatura do prefeito de Nova Iguaçu não vingue, restará ao PT do RJ uma difícil escolha:

Subir no palanque do ex-governador, hoje instalado na base governista, através do partido-quitinete, o PR...Ou cerrar fileiras com o atual governador, o júnior cabral...

A administração do atual governador nos autoriza a dizer que a escolha será muito difícil...O PT foi maltratado no governo do júnior, os índices são péssimos, o enfrentamento dos problemas graves, como segurança, saúde e educação, se deu aos tropeções, e em alguns casos de forma violenta, física e verborragicamente, tanto com a sociedade, quanto com o funcionalismo...Não há nada nesse relação que autorize a dizer que ela foi benéfica ao PT/RJ...

Por outro lado, as cicatrizes das relações com o ex-governador ainda latejam na memória dos petistas fluminenses, principalmente, os daqui, da terra chata...

Não seria absurdo dizer que, mais uma vez, o partido marchará partido...

2 comentários:

Augusto Nóbrega (Macaé) disse...

Xacal acho que a grande questão é qual é o tamanho destas feridas? e Até onde elas vão?

Em aspectos gerais, o PT quando era aliado do ex-governador tinha mais presença no governo, havia um espaçozinho em secretarias e a vice-governadora benedita, (Benedita não pode ser considerado um espaço positivamente ocupado), mas depois que a aliança, rachou, rachou mesmo...

Por outro lado, Sérgio cabral, é igual a um sabonete, só manda sorrisos de espuma para o PT, espaço que possibilitaria o PT mostrar seus projetos, isso nada.
Só que ultimamente o cabral diminuiu tanto o espaço do PT, que ressucitou a hipótese de um apoio ao ex-governador.

Um amigo meu do PT de Niterói e amigo de Cantalice, me disse que hoje seria mais facil o PT caminhar com Cabral, mas que 2 deputados do PT-RJ, já teriam levantado a hipótese de caminhar com Garotinho, argumentam que o perfil de Garotinho é mais popular e mais povo dai a associação com a candidatura de Dilma ficaria mais facil, acham que a tendencia é Garotinho se fortalecer e ir para o páreo com grandes chances de se eleger, disse que negociar espaço hoje com Garotinho seria muito mais facil que com Cabral e que existe um receio em relação a lealdade de cabral, falam em "espirito tucano" de cabral, onde uma eventual candidatura de Aécio muito amigo de cabral, convocaria cabral para apoia-lo a presidência, ignorando qualquer acordo...

O tempo dirá...

Xacal disse...

Caro amigo macaense:

O intuito do post foi totalmente capturado por você...

Eu não tenho dúvidas: hoje é mais fácil adequar o PT para uma aliança com o napô a continuar com o júnior...

Por vários motivos:

1> o napô reposicionou seu discurso em relação ao Lula, pois parece ter aprendido a lição...sabe que não foi a frente em seu projeto por ter "traído" o acordo costurado em 1998...Se mantidas a aliança de então, tudo nos autoriza a dizer qe ele seria um dos nomes no páreo presidencial hoje...a "pressa" lhe custou 16 ou 20 anos, quem sabe...?

2. cabral júnior não extrapola os limites provincianos do leblon...não há projeto algum, e portanto, não há como estabelecer contornos de aliança com quem não sabe o que quer: quer ser governador com status de parlamentar, sem os ônus da administração...

3. junte-se tudo e temos o desastre de sua administração, que reforça os laços de solidariedade no funcionalismo e na sociedade pela "volta" do napô...A despeito de toda a ajuda do Lula ao governo estadual, que ainda assim, empacou...um governo anódino...

4. acordos com o napoleão da lapa só sçao cumpridos quando ele reconhece no interlocutor força semelhante ou igual...isso é característica dele...e hoje, ao contrário de 1998, a correlação de forças coloca o PT como "cabeça-de-casal"...em 1998 ele era o governador, e nós não éramos governo federal...hoje, a história é outra...

Mas vamos acompanhar o jogo...eu tenho cá um palpite: cada vez mais deputados e lidernaças petistas do RJ defenderão esse acordo com o napô, via Lindberg...

um abraço, e continue por aqui com suas observações argutas...