sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

O mercado do samba...

Na semana de comemorações acerca do samba, uma notícia "atravessou o enredo"...

O Samba do Mercado, manifestação cultural que acontecia à margem da cooptação dirigista do poder público, começa a sucumbir ao verbo e a verba dos patetas da lapa...

É claro que o poder público pode e deve incentivar a expressão artística dos cidadãos, e promover os meios para que os produtos e bens culturais alcancem o maior público possível, da forma mais confortável...

O problema é que os patetas da lapa não têm a menor noção de como fomentar cultura, sem aprisioná-la, sem "aparelhá-la"...

Quem me relatou o que se passou, na última edição do Samba do Mercado foi uma amiga jornalista, uma das entusiastas do projeto...

De acordo com o relato fidedigno, que reproduzo aqui, teve entourage, discurso, e o oportunismo daqueles que até então(enquanto o dinheiro público estava longe)ignoravam o evento...Todos ávidos pelos contratos, que sabemos bem a que servem...Até uma Liga de Escolas de Samba apareceu, por supuesto...

Na verdade, eu disse a ela, o assédio do Samba do Mercado começou semanas antes, com a "visita" do ex-prefeito macabro, que teve direito até a jingle de campanha, entoado para uma platéia atônita...

Parece que essa semana, veio o contra-ataque...

E assim essa cidade vai...Nada escapa a sanha dos grupos rivais, que dividem a cidade, e disputam palmo a palmo cada espaço público, para a satisfação de seus projetos privados...

Toca o surdo, em cadência monocórdia e triste...Mataram o Samba do Mercado, e fizeram um mercado do samba...

Nenhum comentário: