segunda-feira, 9 de maio de 2011

O cuidado e o zelo...sempre seletivos...!!!

Comove o zelo e o cuidado com a pessoa jurídica CENTROCOR, que teve um dos sócios presos, por suspeita de integrar quadrilha para fraudar o INSS...

Como é bonito ver o jornalismo praticado com prudência, a enaltecer os valores éticos que deveriam dar norte a essa importante profissão...

Uma pena é constatar que esse zelo e distanciamento, dedicado a carreira do médico e seu vínculo com o referido estabelecimento de saúde, em relação aos seus supostos atos criminosos, não se observa quando os suspeitos são de outra classe social, e não pertencem a nenhum quadro societário empresarial, ou de qualquer outra natureza "nobre"...

Ou seja: direitos humanos, direito ao contraditório, preservação de imagem, etc, etc, etc, funcionam, desde que você tenha "berço"...caso contrário, se for um favelado, toda sua comunidade, familia, vizinhança e arredores são rotulados e marcados com o símbolo do crime...

Um salve para nossos jornalistas de garotinópolis, lacaios do poder econômico...

6 comentários:

Anônimo disse...

Essa classe faz muitas coisas erradas, mas como eles sempre estão envolvidos com políticas, são bem relacionados e comporativistas eles sempre dão um jeito de sair bem das maracutaias deles.

xacal disse...

Meu caro comentarista,

Não é o fato de se envolver com "políticas" que determina o caráter de nossa imprensa.

TODA atividade humana é política, o problema dos jornalistas, em geral, é mascarar interesses escusos (e de classe) sob o manto da liberdade de imprensa e do jornalismo.

Um abraço

Anônimo disse...

A classe que disse era a classe médica não os jornalistas.
Mas sei que ambos os jornais da cidade são tendenciosos. Por isso sempre leio as notícias com um pé atrás e procuro saber a verdade.

xacal disse...

entendi...mas veja que o comentário sobre política, interesses de classe e corporativimso valem assim mesmo: tanto para jornalistas de coleira, qunato para médicos & monstros...

Anônimo disse...

É verdade.

Anônimo disse...

PELO QUE EU LÍ NA IMPRENSA, ENTENDI O SEGUINTE: ELE SÓ É DESONESTO NA PESSOA FÍSICA,, MAS NA JURÍDICA TEM UMA CONDUTA ILIBADA ASSIM COMO O JORNAL DE EMBRULHAR PEIXE PODRE !!!
PS- E SÓ É DESONESTO HÁ 3 ANOS,,,,O JORNAL JÁ TEM 20.