domingo, 1 de maio de 2011

Será possível...?

A engenharia foi capaz de permitir o Império Romano erguer pontes e abrir estradas que ainda servem ao tráfego...Faraós ergueram pirâmides que permanecem como momumentos a matemática...Os incas e outras sociedades andinas "penduraram" cidades-estados que resistem ao tempo nos altiplanos...A tecnologia levou o homem a órbita, e o trouxe de volta, e depois ida-e-volta à Lua...Nossa Petrobrás fura petróleo a milhares de metros de profundidade...

Onde será que engenheiros da prefeitura e algumas concessionárias, como a empresa de águas e esgoto estudam...?

Ou será que não se trata apenas de erros de cálculo, mas isso junto com qualquer falta de bom senso dos governantes que administram esses profissionais...?

Só tamanho desleixo com o dinheiro do contribuinte que poderia explicar o fato de nossa engenharia permitir que ruas afundem sob pesos dos carros, aqui em garotinópolis...

Eu olho as ruas da nossa cidade, e cada dia a empresa de água e esgoto fura um lugar, a prefeitura remenda...fura...remenda...fura...remenda...E nossas ruas ficam como um maracujá enrugado...

Será que ainda não inventaram um jeito de consertar definitivamente, ou substituir as ligações hidráulicas que estão em nosso subsolo...? Será que os engenheiros da municipalidade são inimigos mortais dos engenheiros da empresa, e vice-versa...? Não se falam nunca...?

Quem sabe a gente não descobre um jeito de mandar esse pessoal estudar engenharia pelos papiros antigos...?

2 comentários:

Anônimo disse...

Era uma vez um fazendeiro que tinha uma erizipela e quem a tratava era o único farmaceutico da pequena cidade. O filho do farmaceutico foi estudar medicina na cidade e quando se formou veio morar novamente na sua cidade, ai o fazendeiro mandou chamá-lo e em 60 dias a perna do fazendeiro estava curada.
O Médico muito feliz em ter resolvido o antigo problema do fazendeiro foi falar para o pai farmaceutico, no que ouviu a resposta: "Foi essa erizipela que pagou seus estudos de Medicina"
Dá pra responder muitos "ERROS" da nossa "Engenharia" e outras coisas!!!

xacal disse...

ahhh, sim, então tá explicado...

Pobres engenheiros e empreiteiros da antiguidade...

e olha que nem tiveram aditivo de contrato...