terça-feira, 28 de junho de 2011

Escola, campo de concentração ou cadeia...???

Veja o que nos envia a leitora, lá de Travessão...terra do vereador mingau de papinha....branco e mole...


Xacal,
Estou aqui para pedir uma ajuda pois não sabemos mas o que fazer. Moro em Travessão e minha filha estuda na Escola Municipal Albertina Azeredo Venâncio, na mesma localidade, mas o que esta acontecendo lá é um absurdo, uma falta de respeito com os alunos e com os pais de alunos, tem uma pessoa que fica no portão controlando a entrada dos alunos, mas lá os alunos maiores entram primeiro e os menores ficam na rua esperando a "boa vontade" da sr. que aos gritos e berros sai empurrando as crianças para dentro da escola.Ontem dia 27/06 teve vacinação, alguns dias atrás os pais foram a secretaria e assinaram a autorização, minha filha foi tomar a vacina e só na hora falaram que tinha que ser com a presença dos pais, então pq tivemos que assinar o documento? Minha filha procurou saber o horário da vacina e a porteira (ignorante) informou que seria das 15:00 às 17:00 horas, e assim como muitos pais eu fui com minha filha as 15:00 horas chegando lá o pessoal da Secretaria de saúde estavam de saída. Procurei a diretora, mas ela estava andando de trenzinho de um político local, sempre que tento falar com ela ou esta trancada em uma sala e não pode atender, ou esta organizando algum evento particular. A escola esta uma tremenda falta de organização uma falta de educação com os alunos nada funciona como deveria.
Por Favor divulgue isso!
É um apelo para que alguma providencia seja tomada.

9 comentários:

Liliana disse...

o Pior é que é verdade essa diretora é esposa de um ex policial e no ano passado ele entrou armado na escola e colocou as crianças na quadra ameaçando a todos se a sua mulher não falasse com ele. Foi um terror! mas o Vereador abafou o caso pq deve muito a essa diretora pq ela foi uma das financiadoras de sua campanha.

Anônimo disse...

Xacal ou xac ( não sei o femenino ).

Tenho certeza que todas as DIRETORAS de ESCOLAS tem seus erros e seus acertos, será que vc não tem um pouco de CIÚME por que vc é CONCURSADA e DÁ AULA e não se conforma? pelo tempo que trabalha lá e se sente no direito de ADMINISTRAR a tau ESCOLA (NÃO EXISTE SEGREDO ENTRE DUAS PESSOAS),

se prepara XACAL OU XAC.

xacal disse...

caro(a) leitor(a),

eu nem vou comentar esse tema sobre erros de diretoras...porque elas não existem...chamar as prepostas que funcionam como mão-de-obra de cabresto de diretoras é desrespeito às servidoras concursadas...

defender esse tipo de relação espúria já revela o seu ânimo...

essa foi uma das melhores da vida do xacal...confundir com professora foi ótimo...mas não deixa de ser uma bela homenagem, afinal, essas guerreiras têm que suportar um bando de imbecis... e ainda cumprir suas missões...

uiiiii...que mêêêêêdaaaa....mas eu tô preparada, mocréia...rsrsrsr

chuta que esse povo da lapa é macumba...

Anônimo disse...

Olá Xacal, minha filha também estuda na Escola Municipal Albertina Azeredo Venâncio na localidade de Travessão de Campos. Gostaria de comentar à respeito do apelo feito no dia 28 de junho, onde uma mãe relata fatos contra à escola e à diretora.
O mesmo fato aconteceu comigo, uma pessoa cujo nome eu não sei, que trabalhava no portão de entrada da escola me tratou com arrogância e impaciência ao pedir algumas informações. Da última fez após o ocorrido não perdi tempo e fui até a direção da escola para tentar resolver o problema, chegando à sala da direção encontrei várias mães resolvendo vários assuntos diferentes, aguardei por alguns minutos e logo fui atendida e bem recebida pela diretora. Contei o caso e o despeito que sempre presenciava da “porteira” para com os alunos.
Tive como resposta da diretora uma certeza de que providências seriam tomadas e o entendimento dela em relação ao caso. Resposta melhor eu tive ao saber que a “tal porteira” foi demitida e que minha conversa e o meu apelo feito diretamente à diretora obteve resultado.
A última vez que citei acima com relação à impaciência, despeito e arrogância da porteira foi em relação à vacinação ocorrida na escola, eu também tive que acompanhar minha filha até a escola para que ela recebesse a vacinação, mesmo tendo assinado a autorização, fui esclarecida que o erro foi de aviso da funcionária, recebendo pedidos de compreensão pelo erro já que a escola estava muito movimentada por conta da vacinação.
Neste mesmo dia eu conversei com a diretora por conta do mal entendido sobre o aviso da vacinação, quem estava acompanhando as crianças no trenzinho de passeio para apenas alunos da escola era a vice-diretora, para que as crianças não fossem sozinhas, pois se isso não tivesse acontecido provavelmente nós Pais, teríamos reclamado e o que é impossível que seja permitido.
Em tudo encontramos erros e nada é impossível de tentar consertar, tudo é uma questão de educação. Queria agradecer pelo excelente tratamento que recebi e que a direção está de parabéns ! O meu apelo aqui é para a COMPREENSÃO!

Anônimo disse...

XAC !!! SEU HUMOR É DE IMPRECIONAR.

COMO PODE CHAMAR ALUNOS DE IMBECIS.
( QUEM SABE SE SEU FILHO ESTUDA ESTÁ NA CLASSE ).

EM TODOS OS PODERES TODOS EXISTEM POR LEI CARGOS INDICADOS, ATÉ MESMO A OAB. INDICA PARA CARGOS COMICIONÁRIO. SE CONCURSADO PARA TRABALHAR É UM SACRIFICIO ENORME, IMAGINA SE COLACA-SE PARA SER DIRETOR. OU MELHOR NEM PENSAR.

xacal disse...

Trata-se de um(a) analfabeto(a)funcional, que lê, mas não entende...os imbecis a que me referi são os servidores de cabresto, diretores e outros imbecis que trocam votos por um caraminguá no fim do mês...

quanto a sua percepção sobre funcionalismo, nem merece réplica...seus grunidos dizem tudo...

Só uma dúvida me assalta: por que será coincidência que as melhores escolas do brasil(claro, as daqui não estão entre elas)têm diretores eleitos e oriundos do quadro funcional estável, com um número reduzido ou nulo de contratados ou terceirizados, enquanto as piores(aí as nossas estarão)têm diretores de cabresto, terceirizados, contratados e toda sorte de penduricalho que serve para usar escola como palanque...???

estranho não...???

xacal disse...

PS:

mas para alguns leitores desavisados, vamos a construção de uma pequena lógica...

há, nos meios políticos que se favorecem dessa prática, e dos servidores que se beneficiam de laços pessoais ou qualquer outro que não seja prestar concurso, uma estranha justificativa para essa situação, calcada em um recalque antigo: servidor estável não trabalha, ou não gosta...

a maioria das pessoas, contratadas ou efetivas, não trabalham por que gostam, mas antes porque precisam...a melhor forma de exigir um bom serviço público é pagando bem aos servidores e lhes dando condições...e não aviltando seus cargos contratando diretoras(es) de cabresto, que sequer pertencem aos quadros ou são educadores...

olhemos ao redor do mundo, do país, do estado e está lá: a qualidade é diretamente proporcional ao salário...em qualquer instância, fundamental, médio ou superior...

logo, o trabalho satisfaz uma necessidade, ou deveria, de sobreviver e viver com dignidade...

o que advogamos aqui, não é que inexista maus servidores, tanto contratados ou estáveis...públicos ou privados...

mas a premissa falsa de que as diretoras devem ser indicadas porque "produzem" é uma mentira descarada, e não traz resultados que corroborem essa tese: Nossa educação, tanto no Estado como no município se arrasta por vários motivos, e entre os principais está o uso eleitoreiro das escolas e sua gestão...

mas outra constatação: servidores contratados não "rendem" porque são heróis, mas porque cumprem as ordens sem questionar, e têm vínculo precário e submetido aos humores dos chefes...e não há dúvida, entre satisfazer a ordem ou necessidade do chefe político e atender o interesse público, não há dúvidas a quem se curvará a "eficiência" das diretoras...casos e exemplos não faltam...

o estrago é imediato: Uma gestão ruim, como é o caso da nossa, obedecida sem questionamentos ou enfrentamento por diretoras eleitas e estáveis, leva a educação até onde a nossa chegou...

por outro lado, não existe como melhorar um SERVIÇO PÚBLICO ESSENCIAL "privatizando" os cargos de direção a grupos ou feudos locais...

Anônimo disse...

Me rendo aos dizeres cativantes e contudo muito sensato, pergunto eu pq. teria que ser com a diretora do albertina? pq.? deixa duvidas no seu ultimo comentario, será que deu o tiro no proprio pé. palavras bem alinhadas, dizeres consistente
mais falta algu.

XAC.

em tempo: Oque acha das atrocidades do prasidente da CBF?

xacal disse...

Comentarista,

Ainda não entendi o que queres dizer com "tiro no pé"...para saciar sua curiosidade, não sou servidor municipal, nomeado, contratado, nem efetivo, e muito menos tenho qualquer relação com quem esteja nessa situação, muito menos em cargo de direção...

Eu publiquei a crítica, a defesa, e depois a minha opinião, que permanece: sou contrário a indicação de diretoras, ainda mais quando são alheias aos quadros da educação...do Albertina, do Maria Lúcia, Wilma Tâmega, Francisco de Assis, ou qualquer outra...

Quanto a CBF e seu presidente mafioso, eu sou da opinião que ele é fruto do mesmo mal que assola a educação municipal e o caso das diretoras de cabresto: a velha confusão entre negócios privados com a coisa pública...

Resultado: atrocidades, desprezo pelo interesse coletivo e desvios de conduta...SEMPRE, tanto em esferas menores, como escolas, quando em grandes confederações de futebol...

Um abraço....