sábado, 16 de julho de 2011

A Imperatrix e a Rainha!

Campos dos G. é uma terra sui generis...

Tem coisas que tem em todo lugar, como imprensa de coleira, e dono de jornal que pratica censura e se vende como democrata...Isso é comum no Brasil e no mundo...É só olhar essa terrível história do australiano magnata da mídia, Murdoch, na Inglaterra...Ou lembrarmos da folha de são paulo e seu auxílio material e ideológico a Ditadura e seus crimes, para a qual inventou até um neologismo: a Ditabranda...Nem citemos o cidadão além do cidadão kane, o finado marinho, que o diabo o tenha...

Mas essa cidade tem uma coisa que outras não têm...Eis nosso "orgulho nacional"...

Temos a Imperatrix, a última-dama que governava, enquanto havia o "rei canecão", que apenas servia como apêndice...

E agora, temos a Rainha, que não governa, enquanto seu último-damo é que dá as cartas...cartas convite, é claro...

No entanto, o reino de fantasia com o dinheiro público continua o mesmo: Antes 1.8 milhão para escolas de samba,agora, 60 milhões para sambódromo, carros emprestados, mistura de negócios privados com o Erário, etc...

Mas uma coisa não muda jamais: Sempre, algum dinheiro para amansar e domesticar o "espírito democrático" da imprensa...

3 comentários:

Anônimo disse...

Diante do escrito, vale ressaltar algo verdadeiro: sempre o trigo será trigo, já o joio... coitado! Analogicamente, na imprensa acontece a símile - os que estão a serviço da real e democrática liberdade de expressão e os que estão a serviço do dinheiro e da coleira. A nossa imprensa precisa deixar de ser "MARROM"! Como é bom não sermos PATETAS,nem muito menos EMBOTADOS! "Nóis sofre mais pode ainda gozar" - diz o Macaco Simão!AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Anônimo disse...

Xacal, uma coisa digo, a imprensa de carater pervertido a ditadura sempre existiu, mesmo dentro de um regime dito democrático e sempre existirá enquanto existir dinheiro, riqueza, luxúria e forma de ganha-lo e conquista-lo e não importa a certo tipo de pessoas a forma de conseguir, a natureza humana é perversa e corrompível a medida que o homem tem presente as maselas da carne, não confunda isto com um discurto teológico, mas é a pura verdade da condição humana. Mudanças na natureza humana somente após acontecimentos que façam o homem chorar e sentir dor, pois a dor faz alguma mudança. Mudando um pouco o assunto campos dos goytacazes é um exemplo minúsculo do Brasil e do mundo em geral, falta caráter em algumas pessoas.

Anônimo disse...

Xacal, a turma da lapa realmente cada dia se supera. Passarinho me contou, que o motivo pelo qual a PMCG não esta honrando seus compromissos financeiros, seria porque fizeram um vultuoso investimento em papeis não muito ortodoxos no mercado de derivativos, e eles viraram pó. Pasmém R$ 200.000.000,000 evaporaram. Será que nenhum jornal vai dar essa noticia? Ou tomaram chá de arsenico? Dessa vez Cahim superou o Napo.