quinta-feira, 11 de agosto de 2011

As moscas, os sapos e a sopa...

No mundo da lapa, ou o reino dos mil patetas, a realidade e a noção de princípios é sempre invertida...andar com carro de empresário contratado pela prefeitura é assunto privado...mercenários de redação se misturam na propaganda e comunicação social (que deveria ser pública), e posam de professores de ética jornalística...blogueiros de coleira sacodem a bandeira da independência...

Pois é...nesse mundo estranho, as moscas engolem sapo, e não o contrário...os blogueiros mosca mortas estão digerindo um batráquio enorme, até agora...!!!

Atingidos pela verborragia do deputado-chefe-288, foram alçados a condição de testemunhas(?) de caixa dois de um outro deputado 22...como assim testemunhas...? Ué, eles não estavam na linha de frente da campanha e da arrecadação...? testemunhas ou cúmplices...?

Como boca fechada não entra mosca, os moscas mortas resolveram adotar o discurso protocolar, também chamado de desculpa-batom-na-cueca: nada a declarar...ou: não é bem isso que vocês estão pensando...!!!

Pelo andar da carruagem, se as autoridades prestarem atenção no esgoto que exala do reino da lapa, a sopa vai acabar...


3 comentários:

Anônimo disse...

xacal inicialmente para certas pessoas ou grupos, a condição de caçador é caçador e a de caça é caça, não prevalece para eles o ditado de que um dia pode ser da caça, mas o bom que este pensamento vai ser derrota deles um dia. Agora se as autoridades tivesse interesse já tinha arromabado a casa, né.

Anônimo disse...

É isto que me entristece o estreitamento entre judiciário e executivo.

Mauro disse...

Xacal, quem não tem o que falar enfia a lingua sabe aonde né....., as moscas varejeiras são nojentas, pobres, posam em todos os lugares, tenho nojo desse tipo de insetos.